Maílson Da Nóbrega, Ex-Ministro Do Governo Sarney, Afirmou Que O Mercado Financeiro Irá Preferir Um Governo Do Ex-Presidente Lula No Cenário De Polarização Com Bolsonaro.

247 - O economista Maílson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda do Governo José Sarney, afirmou nesta segunda-feira (27) que o mercado financeiro irá preferir um governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no cenário de polarização com Jair Bolsonaro. 

Em entrevista ao E-Investidor, do jornal O Estado de S. Paulo, Maílson da Nóbrega disse que uma eventual reeleição de Bolsonaro seria mais prejudicial ao mercado do que o retorno de Lula.  "O mercado já aprendeu que o presidente é um causador de instabilidade. Os mais antigos do mercado conhecem o Lula e sabem que ele é um político pragmático", afirmou. 

De viés liberal, Nóbrega classificou como "discurso ruim" as declarações de Lula contra o teto de gastos. "Ainda assim, acredito que o Lula daria muitos sinais para mercado, porque tem experiência de governo e sabe que não pode iniciar uma gestão com a crise de confiança no mercado financeiro. Ele aprendeu isso em 2002, quando apoiou a proposta do Fernando Henrique de fazer um acordo com o FMI. Eu não tenho bola de cristal, mas aposto que o mercado vai preferir Lula a Bolsonaro se houver só essas duas opções", afirmou.  Leia a netrevista na íntegra