quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

REPÓRTERES DA GLOBO SE RECUSAM A VOAR NO GLOBOCOP

Buscando conter os gastos em 2021, a Globo alterou os modelos do Globocop em São Paulo e também no rio de Janeiro. O antigo Esquilo AS350B2 foi substituído por um Robinson R44, aeronave menor no tamanho e também com manutenção reduzida. Mas isso acabou causando insegurança em pelo menos três repórteres da emissora que pediram para não voar – e foram atendidos inicialmente, de acordo com informações do ‘Notícias da TV’.

Segundo a reportagem, Janaína Lepri, Walace Lara e César Galvão foram os repórteres que solicitaram para não serem escalados nas novas aeronaves no início de janeiro. A própria chefia de São Paulo não ficou satisfeita com a mudança do Globocop, mas teve de acatar.

Ainda de acordo com o ‘Notícias da TV’, uma equipe de reportagem da Globo passou por um momento tenso ao tentar levantar voo a partir do solo, no pátio da emissora em São Paulo, o que deixou os profissionais dentro do Globocop apavorados. Por Magno Martins