O deputado Ivan Valente, diz que “Comparar em pé de igualdade o golpe parlamentar de 2016 com a luta pelo impeachment de Bolsonaro é desonestidade intelectual, no mínimo”.

247 - O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) reagiu à coluna da jornalista Miriam Leitão, que pediu impeachment de Jair Bolsonaro e até começou a reconhecer injustiça no afastamento de Dilma Rousseff em 2016, porém sem fazer autocrítica por seu apoio ao golpe e fazendo uma comparação entre os dois casos.

“Comparar em pé de igualdade o golpe parlamentar de 2016 com a luta pelo impeachment de Bolsonaro é desonestidade intelectual, no mínimo. As pedaladas fiscais foram peça de ficção transformada em luta política. Bolsonaro é um criminoso contumaz. Ofensa à democracia e ao Brasil”, respondeu Ivan Valente.

Mais cedo, Dilma também rebateu o texto da jornalista. “O golpe de 2016, que levou ao meu impeachment, foi liderado por políticos sabidamente corruptos, defendido pela mídia e tolerado pelo Judiciário. Naquela época, muitos colunistas, como Miriam Leitão, escolheram o lado errado da história, e agora tentam se justificar”, escreveu. https://www.brasil247.com/poder/ivan-valente-tambem-enquadra-miriam-leitao-apos-artigo-sobre-dilma-e-bolsonaro