MÉDICO QUE DEFENDIA A CLOROQUINA MORRE EM SÃO PAULO

Por Ivan Longo, na Fórum – Morreu nesta sexta-feira (15) em São Paulo o médico pediatra e toxicologista Anthony Wong. Ele estava internado desde dezembro no hospital Santa Maggiori.

Usado como referência por bolsonaristas, Wong era crítico das medidas de isolamento social e defendia o uso da hidroxicloroquina para tratar a Covid-19. Especialistas e a Organização Mundial da Saúde (OMS), no entanto, afirmam que a substância não tem eficácia comprovada contra a doença do coronavírus e que seu uso não é recomendado para este fim. Leia a íntegra na Fórum