FIOCRUZ ROGA POR AGENTE DA OMS EM MANAUS

Foto: Carlos Madeiro/UOL

A situação continua crítica no Amazonas, que vem registrando mais de cem mortes diárias por covid-19. No maior estado do Brasil (em extensão), o número de vítimas da doença se multiplica, sem dúvida devido à variante brasileira do vírus. Em entrevista à RFI, um epidemiologista da Fiocruz faz um apelo à OMS (Organização Mundial da Saúde).

Jesem Orellana, pesquisador e epidemiologista da Fiocruz-Amazônia, faz um verdadeiro pedido de socorro. O médico, que mora há 16 anos em Manaus, age sob o choque de uma crise sanitária sem precedentes e pede que a OMS envie urgentemente uma missão ao local.