terça-feira, 24 de novembro de 2020

Trump autoriza transição de governo nos EUA

247 - Após 16 dias desde o resultado da eleição presidencial norte-americana, que elegeu Joe Biden (Partido Democrata) novo presidente dos Estados Unidos, o republicano Donald Trump deu um passo para autorizar a transição do governo.

Mesmo sem reconhecer oficialmente o resultado, que ele diz ter sido fraudado a favor de Biden, Trump escreveu no Twitter, nesta segunda-feira, 23, que autorizou a Administração de Serviços Gerais (GSA) a iniciar os protocolos para a transição governamental.

"Quero agradecer a Emily Murphy da GSA por sua dedicação e lealdade a nosso país. Ela foi assediada, ameaçada e abusada - e eu não quero ver isso acontecer com ela, com a família dela ou com funcionários da GSA", disse ele. 

"Nosso caso continua fortemente, manteremos a boa luta, e acredito que venceremos. De todo jeito, pelo melhor do nosso país, estou recomendando que Emily e sua equipe façam o que precisa ser feito com relação aos protocolos iniciais, e disse à minha equipe para fazer o mesmo".

A GSA realiza a transição formal de um governo para outro nos EUA. Murphy estava sendo pressionada e criticada por estar demorando em autorizar a transferência de poder.

Segundo a equipe de Biden, o atraso estava atrapalhando a segurança nacional e dificultando ações do novo governo, como medidas contra a pandemia do novo coronavírus.