Barragem de Jucazinho se aproxima de 39% da capacidade

Foto: Compesa/Divulgação
Do CORREIO DO AGRESTE
charlesnasci@yahoo.com.br

As fortes chuvas ocorridas no final de semana passado em toda a região, fizeram com que o nível da Barragem de Jucazinho passasse de 33% para 38,93%. O nível do manancial vinha subindo durante durante os últimos dias e agora se estabilizou nesse patamar. As informações são da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), que faz a operação do reservatório. Segundo a companhia, Jucazinho acumula atualmente 79.490.263 m³. A capacidade da barragem é de 204.166.000 m³.

Outras barragens que abastecem Surubim e cidades vizinhas também aumentaram de volume. Pedra Fina, na zona rural de Bom Jardim, está com 52,68% (3.424.335 m³) de sua capacidade que é de 6.500.000 m³. Já Siriji, no município de Vicência, que tem uma adutora interligada ao sistema Pedra Fina, possui um volume de 8.546.386 m³ ou 49,52% dos 17.260.000 m³ que pode acumular.

ABASTECIMENTO SUSPENSO

O abastecimento de água de Surubim e de outras sete cidades do Agreste Setentrional pela barragem de Jucazinho, só deve ser retomado na primeira semana de julho, informou através de nota a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). O serviço foi interrompido na sexta-feira (19), por causa do rompimento de uma tubulação, na localidade de Cachoeira do Taépe, zona rural de Surubim.

A encanação passa por um riacho e foi danificada pelas águas de uma enxurrada devido às fortes chuvas que ocorreram no município naquele dia. Estão sem abastecimento as cidades do tramo norte do Sistema Jucazinho: Casinhas, Surubim, Salgadinho, Vertente do Lério, Santa Maria do Cambucá, Vertentes, Frei Miguelinho e Toritama.