Ex-ministros Raul Jungmann, Mendonça Filho, Bruno Araújo e Fernando Coelho Filho não foram visitar Temer e nem o defenderam até agora...

Imagem relacionada
Imagem Divulgação

Dos ex-ministros de Michel Temer, o único que botou a cara até agora em defesa dele foi Carlos Marun (Secretaria do Governo), que inclusive o visitou na prisão (Superintendência da PF no Rio de Janeiro). Dos quatro pernambucanos que o assessoraram (Raul Jungmann, Mendonça Filho, Bruno Araújo e Fernando Coelho Filho), nem notícia. “Temer era um perigo à ordem pública? À ordem econômica? Tentou fugir do país? Faltou a alguma convocação do Poder Judiciário? Obstruiu a Justiça? Não. Então, essa prisão preventiva decretada pelo juiz Hélio Bretas é um absurdo”, disse o ex-ministro. Coluna do Inaldo Sampaio. https://www.inaldosampaio.com.br/humberto-detona-a-reforma-mas-nao-apresenta-alternativa/