O MORO MENTIU, FALOU LULA


:

Do blog do Esmael Morais - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cometeu um "pleonasmo" ao dizer na noite desta terça-feira (16), no Rio, durante ato com artistas e intelectuais que o juiz Sérgio Moro "mentiu" ao condená-lo no caso do tríplex do Guarujá (SP).
"A democracia é o melhor regime do mundo. Eu não quero ser candidato apenas, eu quero é provar a minha inocência. A PF mentiu, a Lava Jato mentiu. O Moro mentiu", disse o petista.
O "pleonasmo" se deu porque a denúncia da "mentira" do magistrado da lava jato é uma redundância no processo que condenou o ex-presidente a noves anos e meio de prisão, sem mesmo possuir uma prova sequer. A OAS é a proprietária do imóvel que é atribuído ao petista, segundo cartório de registro de imóvel de Guarujá.
No evento, Lula também abriu fogo contra a Globo e Veja por serem centrais de "fake news" (notícias falsas) que são espalhadas pelas redes sociais, rádios e TVs.
"Eu quero que eles saibam [Veja e Globo]. Trabalhem pra eu não voltar. Porque se eu voltar vai haver uma regulação dos meios de comunicação. A gente não pode continuar permitindo que meia dúzia de famílias sejam donas dos meios de comunicação.", prometeu.
Segundo o ex-presidente, o golpe de Estado teve início nas passeatas de 2013. "Nós ainda não conseguimos destrinchar o que foram as passeatas de 2013. A Globo interrompe a novela pra transmitir manifestação contra o governo. Na minha opinião, ali começava o golpe nesse país."
Sobre o julgamento que ocorrerá daqui a uma semana no TRF-4, em Porto Alegre, Lula é que os desembargadores do tribunal leiam os autos do processo para tomar uma decisão.

"A anestesia está acabando. O povo está percebendo que o país piorou. Não vou falar dos juízes do TRF-4. Mas eu acho estranho o presidente do tribunal dizer que não leu a sentença, mas que ela é irretocável", afirmou o ex-presidente Lula.