FUNCIONÁRIOS DA OAS DESMENTEM LÉO PINHEIRO SOBRE TRIPLEX SER DE LULA


Por Cíntia Alves, do Jornal GGN - Não é apenas a possibilidade de Léo Pinheiro, ex-OAS, ter combinado com o Ministério Público Federal o teor das acusações feitas diante do juiz Sergio Moro contra Lula, no processo do triplex, que torna o depoimento questionável. Outro ponto marginalizado pela grande mídia é o fato de que funcionários da OAS deram à Lava Jato informações que conflitam diretamente com o que Pinheiro expôs em meio a sua negociação por uma colaboração premiada.
Em setembro de 2016, o GGN mostrou [leia aqui] que pelo menos 7 testemunhas ouvidas pelos procuradores de Curitiba, no processo em que Lula é acusado de receber um triplex da OAS como pagamento de vantagem indevida, não conseguiram afirmar e tampouco apresentaram provas de que o ex-presidente seja o destinatário ou dono do imóvel. 
Três desses depoimentos foram dados por engenheiros e arquitetos da OAS Empreendimentos que acompanharam a reforma no triplex de perto. Inclusive, teriam presenciado as visitas que Marisa Letícia e Lula fizeram ao local.
O GGN traça, a seguir, um paralelo entre o que foi dito por esses funcionários e a versão de Pinheiro sobre o caso, dada após mais de um ano de prisão.
DEPOIMENTO 1

FALA ADRIANA, FALA PALOCCI, FALA CUNHA!

Mas, vão deixar vocês abrirem a boca?

Fetape se posiciona sobre posicionamento do PSB

Nota oficial

A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco (FETAPE) vem a público reconhecer como muito importante a decisão da Executiva Nacional do PSB, divulgada ontem, de ser formalmente contra as reformas da Previdência e Trabalhista que o (des) Governo Temer quer implementar. Essa postura demonstra respeito às mobilizações que vêm ocorrendo em todo o País contra essas propostas que violam direitos históricos da classe trabalhadora.
Esperamos que os quadros do PSB de Pernambuco na Câmara dos Deputados, numa atitude socialista e partidária, votem conforme orientação do seu partido e dos Movimentos Sindicais e Sociais do estado.
A nossa expectativa é que, fazendo a leitura da resistência popular e da disposição que homens e mulheres têm demonstrado para lutar por seus direitos, em todas as partes do Brasil, outros partidos assumam a mesma postura de respeito às nossas conquistas, orientando suas bancadas a votarem contra essas reformas. O nosso País sofreu recentemente um grande golpe e a sua população não suportará mais retrocessos.
Bebendo da fonte da nossa história, aproveitamos para reafirmar o nosso compromisso com a luta. Não adormeceremos um só minuto, enquanto os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, especialmente os rurais, estejam ameaçados. Mobilizaremos a nossa gente quantas vezes forem necessárias e mostraremos, mais uma vez, que é na rua que são feitas as verdadeiras transformações sociais.

Vem aí a votação da Reforma Trabalhista. Qual será o voto de Ricardo?

Limoeirenses estão na expectativa do voto de Ricardo sobre a Reforma Trabalhista.
Na próxima quarta-feira, deverá acontecer a votação da Reforma Trabalhista. A pergunta que muitos limoeirenses fazem é sobre qual será o voto do deputado federal Ricardo Teobaldo (PTN), a respeito do assunto. A Reforma Trabalhista vem a ser mais uma forma do governo Michel Temer (PMDB) de retirar direitos de trabalhadores, direitos esses que foram conquistados, muitos deles, com derramamento de sangue. Os eleitores têm cobrado muito e estão de olho. O presidente Temer tem pressionado os deputados, principalmente da base aliada, para votarem a favor da Reforma. Esperamos que o deputado federal Ricardo Teobaldo vote a favor do povo e que essa reforma não seja aprovada.

Postado por 

Wagner: Lula preso vira herói ou vetado à Presidência

O Globo - Cristiane Jungblut
O ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, disse nesta segunda-feira que o ex-presidente Lula é candidato a presidente em 2018 e que o petista virará “herói” caso seja preso ou mesmo impedido de concorrer. Durante seminário promovido pelo PT em Brasília, Jaques ainda afirmou que o empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, sofreu “tortura psicológica” para dar as declarações contra Lula no caso do tríplex do Guarujá (SP).
— O Léo está sofrendo tortura psicológica. Ele pode dizer o que quiser. Construíram um roteiro e querem a confirmação. Para mim, Lula é candidato em 2018. Se interditarem o Lula, a história não para por aí. Não quero fazer comparações, mas todos que são perseguidos, presos, como Tiradentes, viram heróis. Preso, a imagem é mais forte para virar herói. Mas interditado (em sua candidatura) também — disse Jaques Wagner.
Wagner, que também foi ministro em diversas pastas nos governos de Lula e Dilma, atualmente é secretário estadual de Desenvolvimento Econômico da Bahia, na gestão de Rui Costa (PT).

Celso Amorim - 2018!

O Presidente do Brasil precisa entender o mundo!
Celso.jpg
O melhor chanceler do mundo

O
 ansioso blogueiro ligou para o amigo Luiz Carlos Barreto:
- Luiz Carlos, tô te ligando para dizer que você não pode deixar de ver o filme "Joaquim"...
- Já me disseram ... Onde você viu?
- Num cinema ali na Avenida Paulista, no prédio da Gazeta...
- Já sei... no Reserva Cultural...
- Isso!
- Tá vendo como eu conheço São Paulo? Tava cheio?
- Sim, é um cinema pequeno mas a casa tava lotada. Outra coisa: ouvi dizer que você vai promover um evento pelos 50 anos do "Terra em Transe".
- Vou. Temos que fazer! Quero ver se faço aqui no Rio, em Brasília...
- Tem que fazer um aqui em São Paulo.
- Vamos embora. A gente chama o Cacá (Diegues)...

Moro admite que Léo Pinheiro podia mentir

Ele teria direito a dar suas versões, "verdadeiras ou não"
Léo Pinheiro 2.jpg
Moro: hoje, o interrogando tem direito de ficar calado e até mentir (Reprodução/YouTube)

Conversa Afiada reproduz do site do Presidente Lula:

O juiz Sérgio Moro, responsável por processo que tem como acusados o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o empresário Léo Pinheiro, ex-sócio do construtora OAS, afirmou que o depoimento deste último à Justiça concedido na semana passada pode ter sido sido feito em meio a uma negociação do réu com o Ministério Público Federal para a obtenção de um acordo de delação premiada, e que pode conter inverdades, mas que o depoente tem direito de dizê-las.
A afirmação foi proferida pelo juiz quando o advogado de Lula indagou, antes que tivesse início o depoimento de Pinheiro na semana passada, a respeito da condição jurídica em que o réu se encontrava na oitivia que estava para começar.  

Servidores do TCE-PE apoiam paralisação nacional

Por Magno Martins

Os servidores do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) vão apoiar a paralisação nacional geral convocada para a próxima sexta-feira contra as reformas propostas pelo presidente Michel Temer. A decisão foi tomada hoje em Assembleia Geral Extraordinária convocada pelo Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (Sindicontas-PE), que representa cerca de 700 servidores.
A sede do Sindicato, inclusive, estará fechada no dia. Também foi deliberado que o Sindicontas-PE se engaje em palestras e encontros sobre o Funafin, fundo financeiro que patrocina as aposentadorias dos servidores estaduais de Pernambuco e as pensões de seus dependentes.
Servidores da Alepe, guardas municipais, metroviários e bancários foram outras categorias que já aderiram ao movimento.

Viva Dominguinhos movimenta cultura de Garanhuns


A XI edição do Viva Dominguinhos, realizado em Garanhuns, Agreste Pernambucano, foi um sucesso. Em três dias de festa, mesmo quando os termômetros chegaram a marcar 17°C, o público do evento marcou presença e o ritmo autêntico que permeou toda a carreira artística do homenageado deu conta de abrir os festejos juninos em Pernambuco. Foram contabilizadas, segundo a Polícia Militar, mais de 155 mil pessoas no principal polo, a Praça Cultural Mestre Dominguinhos.

Partidos devem entregar prestação até 2 de maio

Por Magno Martins

Os órgãos partidários nacional, estaduais e municipais devem entregar à Justiça Eleitoral suas prestações de contas anuais, referentes ao exercício financeiro de 2016, até o dia 30 de abril próximo, consoante art. 32 da Lei n.º 9.096/95. Como a data cairá em um domingo e o dia 1º de maio é feriado nacional, as contas podem ser apresentadas tempestivamente até o dia 2 de maio, em razão do disposto no art. 224, parágrafo 1º do CPC.
Os/As diretórios/comissões provisórias nacionais devem apresentar suas contas no TSE, os/as estaduais nos respectivos TREs e os/as municipais nos juízos eleitorais competentes. A relação com os juízos eleitorais competentes em Pernambuco pode ser consultada nos Comunicados TRE-PE n.º 1/2017 (DJE n.º 048, de 02/03/2017) e n.º 3/2017 (DJE n.º 054, de 10/03/2017).

Eleitor tem até 2 de maio para regularizar título

Por Magno Martins

O eleitor que não votou e não justificou a ausência nas três últimas eleições ou não pagou as multas correspondentes deve comparecer, até o dia 2 de maio, ao cartório eleitoral do seu município para regularizar a situação com a Justiça Eleitoral. Após essa data, os eleitores que não estiverem regularizados terão o título cancelado.
Para fazer a regularização, o eleitor deverá apresentar no cartório eleitoral documento oficial com foto, comprovante de residência e, se possuir, título eleitoral e os comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação de multa.
O cidadão pode consultar sua situação com a Justiça Eleitoral por meio de pesquisa no site do TRE-PE, www.tre-pe.jus.br no menu Eleitor > Situação Eleitoral no link “Consulta por nome” ou indo ao cartório eleitoral. O cancelamento automático do título de eleitor ocorrerá de 17 a 19 de maio de 2017.
Entretanto, os eleitores com voto facultativo (analfabetos, eleitores de 16 a 18 anos incompletos e maiores de 70 anos) ou com deficiência previamente informada à Justiça Eleitoral não necessitam comparecer ao cartório para regularizar a sua situação.

Deputados querem aprovar emenda que perdoa dívidas deles mesmos, avaliadas em R$ 3 bilhões

Quase todos os deputados que assinaram a emenda têm dívidas tributárias ou foram financiados por empresas que têm


Parlamentares que devem à União R$ 3 bilhões em tributos inscritos na dívida ativa tentam se beneficiar com o perdão dos débitos em uma negociação para instituiu o PRT (Programa de Regularização Tributária), uma nova regra de parcelamento com a Receita Federal.

O projeto de conversão da MP em lei deve ser concluído até meados de maio e está sob a relatoria do deputado Newton Cardoso Júnior (PMDB-MG). O parlamentar acumula débitos de R$ 67,8 milhões em nome de suas empresas.

O deputado afirmou que seu relatório está pronto e deve ser apresentado nesta terça-feira (25). Deputados e senadores submeteram ao relator 376 emendas ao texto enviado pelo Executivo.

Senador defende renúncia de Temer e a antecipação das eleições



O senador Humberto Costa (PT-PE) defendeu nesta segunda-feira (24), em Brasília, a renúncia do presidente Michel Temer (PMDB) e a antecipação das eleições para que o Brasil volte imediatamente à normalidade democrática.
Segundo ele, “só o povo será capaz, ao escolher os seus governantes, de trazer a recuperação do crescimento do país, com legitimidade e credibilidade”.
O petista disse também a tese de novas eleições é compartilhada, inclusive, por parlamentares de partidos governistas, como o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO).
“É um movimento que vem tomando corpo a cada dia e, muito breve, teremos um manifesto nesse sentido. Não será esse governo incompetente, ilegítimo e despreparado que será capaz de construir o futuro do país. Até os políticos mais conservadores, como Caiado, reconhecem a situação e já se manifestaram publicamente. Só teremos uma luz no fim do túnel para voltarmos a ser o que fomos recentemente com a saída de Michel Temer e a realização de novas eleições”, disse o líder da oposição no Senado.

Entidades da Magistratura são contra a reforma previdenciária



Por meio de nota oficial divulgada nesta segunda-feira (24), diversas entidades vinculadas à magistratura afirmam que são contra a reforma previdenciária proposta pelo presidente Michel Temer ao Congresso Nacional.
Elas dizem que mesmo o substitutivo do relator, deputado Arthur Maia (PPS-BA), contém “graves equívocos”, sobretudo quando se refere aos servidores públicos.
Veja a íntegra da nota:

Priscila acusa Governo do Estado de suprimir dados do Portal da Transparência


A deputada Priscila Krause (DEM) acusou hoje (24) o Governo do Estado de estar suprimindo do Portal da Transparência, desde janeiro, uma seção de detalhamento de gastos que informava ao cidadão que o acessasse dados a respeito de despesas de suas unidades orçamentárias.
Segundo ela, em vez de descrever o detalhamento da ordem bancária, como fazia nos anos anteriores, o Portal da Transparência incluiu um “hashtag” em seu lugar para dificultar a leitura dos números.

Câmara do Recife fará sessão solene em homenagem ao Dia do Trabalhador



A Câmara Municipal do Recife fera uma sessão solene nesta quarta-feira (26), a partir das 18h, para homenagear o Dia do Trabalhador, a ser celebrado na próxima segunda-feira (1º de Maio).
A proposição foi do vereador Rinaldo Júnior (PRB), presidente da Força Sindical em Pernambuco.
Segundo ele, “a classe trabalhadora sempre foi protagonista de lutas e movimentos por condições dignas de trabalho e da garantia dos seus direitos”.
Foi graças a essas lutas, acrescentou, que os trabalhadores conquistaram direitos como férias, 13º salário e carteira de trabalho, muitos dos quais estão sob ameaça de extinção pela reforma trabalhista que está tramitando no Congresso.
“A sessão será um grande ato da classe trabalhadora, onde faremos uma convocatória para a greve geral do dia dia 28 de abril”, declarou Rinaldo Júnior.
Foram convidados para a sessão solene os representantes das seguintes centrais sindicais: Força Sindical, Central Única dos Trabalhadores, Nova Central Sindical de Trabalhadores, União Geral dos Trabalhadores, Central Geral dos Trabalhadores do Brasil, Central Sindical Popular e Intersindical.

PSB toma partido contra as reformas trabalhista e previdenciária



Reunida em Brasília nesta segunda-feira (24), a executiva nacional do PSB, à frente o presidente Carlos Siqueira, decidiu recomendar a bancada federal o voto contrário às reformas trabalhista e previdenciária.
Assim, o Partido Socialista Brasileiro, que tem 34 parlamentares, fechará questão contra as duas reformas, apesar de ter um representante no governo Michel Temer: o ministro pernambucano Fernando Filho (Minas e Energia).
“É uma reafirmação dos valores e princípios programáticos do PSB. É uma escolha fundamental que sinaliza para a sociedade a opção política do nosso partido e diz de que lado estamos”, disse o deputado Danilo Cabral (PE).
Segundo ele, o PSB não é uma legenda, é um partido político com 70 anos de história, que sempre defendeu os direitos dos trabalhadores.
“Há 54 anos, Arraes celebrava o ‘acordo do campo’, em Pernambuco, para garantir aos trabalhadores rurais direitos que os usineiros se negavam a reconhecer. Justamente no momento de maior fragilidade da classe trabalhadora, quando o Brasil pode chegar, este ano, a 15 milhões de desempregados, o PSB faz uma opção clara e fechada pelos trabalhadores. Esta decisão reafirma o PSB como um verdadeiro partido político, com um pensamento de esquerda, comprometido com a soberania nacional, a democracia, a organização da luta do povo e a defesa dos mais vulneráveis”, diz nota divulgada ao final da reunião pelo deputado Danilo Cabral.

Regina Sousa: governo Temer é omisso com os conflitos agrários

:

Em nota, a senadora Regina Sousa (PT) criticou o governo Michel Temer por causa dos conflitos de terra que terminaram com pelo menos nove pessoas mortas, no assentamento Taquaruçu do Norte, cidade de Colniza (MT); "Fica evidente que a omissão do atual governo federal é proposital ao propor a retirada de recursos e extinção de programas estratégicos direcionados à qualidade de vida dos trabalhadores do campo, promovendo cortes nos recursos de fiscalização para os órgãos competentes que devem acompanhar o cumprimento de demarcações determinadas pela Justiça", disse a parlamentar, presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado.

Janot pede vista sobre resolução do MP que pode afetar a Lava Jato

Foto: João Américo Mezzeth Fil: <p>18/03/2015- Brasília- DF, Brasil- Entrevista coletiva do procurador-geral, Rodrigo Janot (dir.) e com o procurador-geral da Suiça, Michael Lauber, sobre as investigações da Operação Lava Jato, em Brasília.</p>

Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu nesta segunda-feira, 24, vista na votação de uma resolução do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) que pode afetar os trabalhos da operação Lava Jato; projeto discutido pelo CNMP limita em 10% a quantidade de procuradores que uma unidade do Ministério Público pode ceder para uma investigação de outra unidade; quando Janot pediu vista da proposta, o placar estava em 7 a 1 a favor da mudança; mesmo com ampla maioria, a resolução só poderá ser considerada aprovada quando Janot devolver o projeto ao plenário. BR 247

Aeronautas entram em estado de greve e prometem parar dia 28

Dia 28 o Brasil vai parar. Os pilotos e comissários de voo de todo país decidiram hoje (24), em assembleia, decretar estado de greve para pressionar o governo e parlamentares a fazer mudanças no texto da reforma trabalhista que tramita em regime de urgência no Câmara dos Deputados.Os aeronautas reclamam principalmente do trecho da reforma que trata do trabalho intermitente, permitindo a convocação apenas para trabalhos esporádicos, sem contratação permanente.“Nos períodos de baixa nós seriamos dispensados do nosso trabalho e seríamos chamados somente quando a aeronave voasse novamente. Então isso atingiria tanto pilotos de pequenas aeronaves como de grandes empresas.” Outro ponto da reforma trabalhista criticado pelos aeronautas é a dispensa por justa causa no caso de perdas de licenças ou certificados, no caso dos pilotos e comissários isso seria um retrocesso.

Professores da rede particular  também aderem a greve de 28 de abril contra reformas

Costa Pinto: Conselheiros de Temer não escondem desânimo

:

Para o jornalista Luis Costa Pinto, "arrefeceram o ânimo, o arrivismo e a pró-atividade dos principais conselheiros de Michel Temer, incluindo até mesmo "o próprio Temer";  "Na última semana um deles mandou às favas quaisquer cerimônias e deixou aflorar os pruridos da consciência. Perguntou ao inquilino do Palácio do Jaburu se ele estava à vontade no cargo e se o caminho trilhado para chegar ao poder, via impeachment, havia sido mesmo a melhor opção para o grupo político que articulou a deposição de Dilma Rousseff"; segundo ele, a indignação e o desânimo tem como um dos eixos centrais "as concessões feitas à base governista, cada vez mais esgarçada na Câmara e totalmente dispersa no Senado", além da falta de apoio popular.

PSOL ENTRA COM AÇÃO NO STF PARA RETIRAR URGÊNCIA DE REFORMA TRABALHISTA


Débora Brito, repórter da Agência Brasil - O PSOL protocolou hoje (24) no Supremo Tribunal Federal (STF) um mandado de segurança para anular a decisão do plenário da Câmara que aprovou na última quarta-feira (19) a tramitação de urgência para o projeto da reforma trabalhista (PL 6.787/16). No dia anterior (18), outro requerimento de urgência havia sido rejeitado pelo plenário.

Para o partido de oposição, a apresentação de um novo requerimento com o mesmo teor foi uma "manobra da Presidência da Câmara" para reverter o resultado da votação de terça. A liderança do PSOL avalia que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), infringiu o regimento interno da Casa ao não considerar como prejudicada matéria que já foi deliberada pelo plenário.
A aprovação do regime de urgência garante que o substitutivo apresentado pelo relator, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), tramite sem receber pedidos de vista ou sugestões de mudanças. Sem a obrigatoriedade de realizar as sessões de apresentação de emendas, a expectativa é que o relatório seja votado na comissão especial e já siga para plenário ainda esta semana. Ao chegar hoje na Câmara, o presidente Rodrigo Maia não comentou a ação do PSOL e afirmou que é possível que o projeto seja votado na próxima quarta-feira (26).
A proposta

Jovem é vitima de racismo e tem turbante arrancado em festa de formatura

:

Revista Fórum - A representante do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial e diretora da União Estadual dos Estudantes de Minas Gerais (UEE-MG), Dandara Tonantzin Castro, foi agredida física e verbalmente na noite deste sábado (23) por um grupo de homens durante festa de formatura do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Uberlândia – UFU.
Ela teve o turbante arrancado e jogado no chão por um homem enquanto outros presentes atiravam cerveja nela. Além disso, sofreu xingamentos, ameaças e foi a última a sair da festa com medo de novas agressões.
Dandara escreveu o seguinte relato sobre o caso na sua conta do Facebook:
"A NOSSA PRESENÇA INCOMODA.
Sobre o racismo em uma festa de formatura.

Bispo do Crato convoca fiéis para greve geral do dia 28

Ceará 247 - No Cariri, a mobilização contra as reformas trabalhista e da previdência, propostas pelo governo de Michel Temer, foi assumida pela igreja católica. O bispo do Crato, Dom Gilberto Pastana, convocou, em vídeo, os fiéis para uma "caminhada pela vida", no próximo dia 28, dia da greve geral que está sendo organizada pelas centrais sindicais e movimentos populares, contra perda de direitos do trabalhador.
A iniciativa, segundo o bispo, é das paróquias de Juazeiro do Norte, Caririaçu e Barbalha. A concentração será a partir das 16 horas, na Praça Padre Cícero, de onde a caminhada seguirá até a Paróquia de São Francisco das Chagas, em Juazeiro do Norte, onde haverá uma celebração eucarística.
Antes do grande evento da tarde, os movimentos sociais e os sindicatos deverão realizar uma primeira atividade, a partir das 8 horas da manhã, na Praça do Giradouro, no Crajubar, rotatória que demarca a confluência dos municípios de Crato, Juazeiro e Barbalha e ao final do dia, partidos políticos de oposição e os trabalhadores se agregarão à caminhada que está sendo organizada pela igreja.

MST denuncia execução de militante no Vale do Rio Doce

:

MST de Minas Gerais denunciou um assassinato de um militante do movimento, no Assentamento Liberdade, município de Periquito; Silvino Nunes Gouveia, de 51 anos, foi brutalmente morto com dez tiros; de acordo com o MST, no Vale do Rio Doce os conflitos pela terra têm se intensificado por falta de medidas que agilizem o assentamento das famílias acampadas; "Nessa região são mais de 1.200 famílias em cinco acampamentos", diz a nota; depois de relatar uma série de conflitos, o movimento fez um alerta: "o clima em Minas Gerais é de muita tensão"

Vem Pra Rua e MBL desistem de protesto contra Lula

Blog do Esmael - O Movimento Brasil Livre (MBL) e Vem Pra Rua, que se notabilizaram na queda de Dilma Rousseff, não conseguiram quórum suficiente para protestar no próximo dia 3 de maio, em Curitiba, durante o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz federal Sérgio Moro.
Nas redes sociais, ambos os movimentos disseminam áudios ofegantes atribuindo o recuo às “orientações” do Exército e da Polícia Federal.
Entretanto, é sabido até mesmo pelo coxinha mais fanático que o desastre do golpe — que produz milhões de desempregados, miséria e aumento de corrupção no país — coloca o MBL e Vem Pra Rua na defensiva.
Na capital paranaense, onde será palco do “confronto do século” entre Moro e Lula, os militantes desses movimentos fascistas são hostilizados em locais públicos. Nas últimas tentativas de manifestação em apoio à Lava Jato e a Sérgio Moro não reuniram gente suficiente para segurar os cartazes.
Enfim, a desistência do protesto daqui a pouco mais de uma semana tem nome: isolamento; pois, caiu a ficha de segmentos médios da sociedade que agora, pós-golpe, veem direitos como a aposentadoria sucumbirem no governo de Michel Temer (PMDB).

Maia diz que pretende concluir votação de reforma trabalhista até quinta

JBatista/Camara dos Deputados:

Iolando Lourenço e Luciano Nascimento - Repórteres da Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira (24) que pretende votar o texto da reforma trabalhista no plenário da Casa até quinta-feira (27). Entretanto, a base aliada precisa antes ao menos discutir o texto da Medida Provisória (MP) 752/16, que está trancando a pauta. O texto trata de novas regras para a prorrogação e relicitação de contratos de concessão. O plano é votar a MP nesta segunda-feira, em sessão extraordinária.

Os parlamentares da oposição disseram que vão obstruir os trabalhos para votação da medida. Um dos principais desafios, no entanto, será atingir o quórum para a votação, já que até as 17h apenas 84 dos 513 deputados estavam presentes. Segundo Maia a estratégia será concluir a discussão da MP, o que liberaria a pauta. "A gente vai tentar votar hoje a MP que está na pauta, mas a gente sabe que não é fácil", disse.
Com a liberação da pauta, a intenção do governo é acelerar a votação do projeto de lei (PL) 6787/16 que trata da reforma trabalhista, diante das dificuldades na negociação de pontos da reforma da Previdência. O governo pretende ainda terminar a votação de emendas ao projeto de recuperação fiscal dos estados superendividados (PLP 343/17), que não foi concluída na semana passada. Segundo Maia, a votação deve ocorrer amanhã e não deve atrapalhar o cronograma de apreciação da reforma trabalhista.

LULA SE DIZ ANSIOSO PARA O ENCONTRO COM MORO

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na noite desta segunda-feira 24 em Brasília estar "ansioso" para depor ao juiz Sergio Moro, que julga os processos de primeira instância da Lava Jato.
"Eu estou ansioso para o depoimento ao Sérgio Moro. É meu direito de poder falar. Não estou preocupado com a data, isso é com o juiz Moro", afirmou, no início de sua fala no Seminário de Economia "Estratégias para a economia brasileira: desenvolvimento, soberania e inclusão", organizado pelo PT e pela Fundação Perseu Abramo.
Lula se referia à informação divulgada hoje de que o juiz teria mudado o dia do depoimento de 3 para 10 de maio. E acrescentou: "Entre todos, do Poder Judiciário, do Ministério Público e da imprensa, quem mais deseja a verdade sou eu".

LULA DECLARA GUERRA À GLOBO E PROMETE REGULAR A MÍDIA QUANDO VOLTAR

Ricardo Stuckert


247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu regulamentar o mercado da mídia se for eleito presidente da República pela terceira vez. A declaração foi feita na noite desta segunda-feira (24), durante seminário sobre economia organizado pela Fundação Perseu Abramo em Brasília.
Lula também disse que, se voltar à presidência, não vai almoçar com os Marinho, da TV Globo, nem falar com a revista Veja. "Eles vão ter que entender que estarão lidando com um cidadão diferente. Se não sabem lidar com as mentiras que eles inventarem, eu não posso fazer nada", anunciou.
O ex-presidente pontuou ainda que é vítima de uma perseguição injusta e baseada em mentiras, mantida em ação 24 horas por dia. Mas que, agora, após anos fazendo acusações que não encontram provas para serem respaldadas, os meios de comunicação enfrentam uma situação difícil.
"Está chegando a hora de parar de falatório e provar. A prova em cima do papel. Quero que mostrem uma conta, um desvio de conduta meu", afirmou.
Sobre as eleições de 2018, Lula também provocou a Globo, em alusão a Aécio Neves (PSDB), delatado pela Odebrecht e acusado de ser um dos políticos que mais recebeu propina da empreiteira, R$ 50 milhões, parte dela em uma conta em Nova York. "Eles que escolham seu candidato, porque eu já derrotei o candidato da Globo", disse Lula.

Kennedy: obsessão da Lava Jato em Lula atrapalha delação de Palocci

:

247 - O jornalista Kennedy Alencar defendeu nesta segunda-feira, 24, um acordo de delação premiada do ex-ministro Antônio Palocci. "Uma delação premiada do médico Antonio Palocci Filho teria um impacto imenso pelo potencial explosivo que envolveria a colaboração de um ex-ministro da Fazenda tão poderoso _benquisto pelo empresariado nacional e o mercado financeiro", diz Kennedy. 
Ele lembra que Palocci sinalizou claramente ao juiz Sergio Moro que poderia fazer uma delação ampla, para além de casos envolvendo o PT. "A força-tarefa da Lava Jato em Curitiba atua com foco no ex-presidente Lula. Essa obsessão da força-tarefa em relação ao ex-presidente pode ser um obstáculo a explicar por que Palocci fez uma sugestão em frente a Moro. Pode ser sinal de dificuldade para amarrar nos bastidores uma eventual delação com o Ministério Público", afirmou o colunista.
"A fala de Palocci a Moro, especialmente quando disse que discutiu linhas de crédito no BNDES no caso de empresas que poderiam entrar em situação falimentar, foi uma forma de mostrar publicamente que teria informações não apenas sobre o PT e o sistema financeiro, mas também a respeito de grandes grupos econômicos com os quais se relacionou quando foi ministro da Fazenda (2003-2006) e depois já fora desse cargo. Sem dúvida, há interesse público numa delação premiada de Palocci", afirma Kennedy.
Lia o texto na íntegra no Blog do Kennedy

Arcebispo da Paraíba convoca greve geral: vamos parar o Brasil

Pernambuco 247 - A Greve Geral que deve paralisar o Brasil próxima sexta-feira, 28, ganhou reforço de membros da igreja Católica. Na Paraíba, o arcebispo dom Manoel Delson Pedreira da Cruz, que foi anunciado pelo Vaticano no início do mês passado como novo arcebispo do estado, gravou uma mensagem convocando a população para participar das manifestações contra a reforma da Previdência.
"Sabemos que esta reforma implica em tirar direitos adquiridos dos trabalhadores e assegurados na Constituição de 1988", diz com Manoel. "Convocamos todos os trabalhadores a participarem desta grande manifestação, dizendo a palavra que o povo não aceita a reforma da Previdência nos termos que estão anunciando", afirmou o arcebispo.

Golpe continua fazendo estragos na indústria e derruba confiança


Wilson Dias/Agência Brasil: <p>Indústrias</p>

Mariana Branco, repórter da Agência Brasil - O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) ficou em 53,1 pontos em abril, caindo 0,9 ponto em relação a março deste ano informou hoje (24) a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O recuo ocorre após três meses consecutivos de alta da confiança dos empresários. O indicador permanece acima da linha divisória dos 50 pontos, o que ainda sinaliza otimismo.
Além disso, a confiança mostra melhora de 16,3 pontos na comparação com abril do ano passado, quando estava em 36,8 pontos. O índice varia de zero a 100 pontos. Quando fica acima de 50 pontos, mostra o setor industrial mais confiante. Abaixo dessa linha divisória, demonstra falta de confiança.

GOVERNADOR DA PARAÍBA ANUNCIA REAJUSTE DE 13% NO PISO DOS PROFESSORES DA REDE ESTADUAL


Os professores da Rede Estadual de Ensino da Paraíba vão receber reajuste nos salários, conforme anunciou o governador Ricardo Coutinho, nesta segunda-feira (24), durante o programa Fala Governador. Segundo o anúncio, o piso vai ter um aumento de 13,05%, passando de R$ 1.525 para R$ 1.724,10. Os novos valores entram em vigor em 1º de maio, de acordo com o governador.
O último reajuste de salário que a categoria recebeu foi em 2015, quando o piso teve um aumento de 20% em relação a 2014. O reajuste na íntegra foi implantado em outubro daquele ano.

TRT DE PERNAMBUCO ADERE AO GOLPE E MANDA CORTAR PONTO DE SERVIDORES QUE PARTICIPAREM DA PARALISAÇÃO NACIONAL

Líder do PT prevê terremoto com delação de Palocci

:

Líder do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini (SP), classificou como um "verdadeiro terremoto" a eventual delação premiada do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci. Na avaliação do líder petista, Palocci tem muito a contar sobre as relações políticas com grupos econômicos. "Não sabemos exatamente o que o Palocci tem a dizer, mas a gente tem certeza que ele tem muito para falar, inclusive sobre os grandes grupos econômicos brasileiros, o capital financeiro, os grandes bancos e as grandes redes de comunicação", afirmou; "Não sabemos exatamente o que ele pretende, mas, com certeza, se ele falar sobre o que tem conhecimento, o Brasil vai sofrer um verdadeiro terremoto no meio empresarial", disse; na semana passada, Palocci deu indicações sobre sua disposição em fazer um acordo de delação premiada, ao sugerir que tem muito a contar e que pode abrir uma nova frente de investigação por um ano. BR 247

Denúncias contra Aécio e Serra podem ir para Moro. Será?

A eventual decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de limitar o foro privilegiado a quem cometeu o crime no mandato parlamentar pode ter consequências drásticas para os investigados da Lava Jato que estão hoje sob a jurisdição da Suprema Corte. Se prevalecer a proposta, do ministro Luís Roberto Barroso, boa parte dos inquéritos descerá imediatamente para a primeira instância.  A informação é de Mônica Bergamo, na sua coluna desta terça-feira da Folha de S.Paulo

Modelos acusam donos da Playboy Brasil de assédio


:

247 - Oito modelos que fizeram um trabalho de recepção para a revista Playboy Brasil agora acusam André Luís Sanseverino e Marcos Aurélio de Abreu, dois dos donos da publicação, de assédio sexual.
As mulheres afirmam que os empresários teriam pedido fotos nuas e favores sexuais em troca de trabalhos na revista e em outras mídias. Em reportagem exibida pelo “Fantástico” da TV Globo neste domingo (24), as modelos se pronunciaram e mostraram uma série de conversas por mensagens de celular com Sanseverino.

Defesa de Lula questiona apoio de governo Temer a Dallagnol


: <p>Dallagnol PT</p>

247 -  Processado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por suposto dano moral, o procurador da República Deltan Dallagnol conta com apoio jurídico da Advocacia-Geral da União em sua defesa. Os advogados de Lula não concordam com a entrada do governo de Michel Temer na ação e se manifestaram por meio de nota nesta segunda-feira.

"O requerimento da União afronta a lei, pois o artigo 5º, da Lei nº 9.469/67 somente autoriza o ente federativo a intervir em ações judiciais em que sejam autoras ou rés “autarquias, fundações públicas, sociedades de economia mista e empresas públicas federais” e, ainda, desde que o processo “possa ter reflexos, ainda que indiretos, de natureza econômica” para a os cofres públicos", diz a nota.
Leia a nota da defesa de Lula na íntegra:

Pilotos e comissários de voo podem aderir à greve geral

:

Aeronautas de todo país decidiram em assembleia nesta segunda-feira decretar estado de greve para pressionar o governo e parlamentares a fazer mudanças no texto da reforma trabalhista que tramita em regime de urgência no Câmara; uma nova reunião da categoria está marcada para a próxima quinta, quando os profissionais decidirão se paralisam suas atividades ou encerram o movimento; paralisação ocorreria na sexta-feira 28, em adesão à greve geral contra as reformas do governo Temer, às vésperas do feriado de 1º de Maio.