domingo, 21 de dezembro de 2014

Com resultado negativo, SDS deixa de publicar resultado do Pacto pela Vida

Foto: reprodução do site da SDS
Foto: reprodução do site da SDS
A promessa da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) é de publicar até o dia 15 do mês seguinte, na seção de estatísticas do seu site, o informe sobre crimes violentos letais intencionais referentes ao mês anterior. Assim, o documento com dados de novembro deveriam estar no ar até a última segunda-feira (15). No entanto, seis dias depois, o último resultado que está na página é o de outubro.
Blog de Jamildo entrou em contato com a assessoria de imprensa da secretaria pela primeira vez na quarta-feira (17) e informou que os números não estavam no ar. Desde então, foram mais de 10 ligações e o problema, no setor de estatística, não foi resolvido. Os dados do Pacto pela Vida são públicos e podem ser acessados por qualquer cidadão.
O que se sabe é que, pela primeira vez desde que o Pacto Pela Vida foi implantado, em 2007, o primeiro ano do governo de Eduardo Campos (PSB), o número de homicídios vai crescer no comparativo em relação ao ano anterior. A meta de reduzir o número de assassinatos em 12% só foi atingida em 2009 e em 2010, porém, mesmo assim, o índice não era negativo há oito anos. Durante a campanha eleitoral deste ano, o programa foi usado como uma conquista da gestão socialista em Pernambuco.

Vice-presidente dos EUA comparecerá à posse de Dilma

Da Agência Brasil
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou que o seu vice-presidente, Joe Biden, vai liderar a delegação norte-americana à cerimônia de posse da presidente Dilma Rousseff.
Além de Joe Biden, integrarão a comitiva norte-americana a secretária de Estado adjunta para a América Latina, Roberta Jacobson, a embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Liliana Ayalde, e Ricardo Zúñiga, assessor principal do presidente norte-americano para a América-Latina no Conselho de Segurança Nacional, segundo informou a Casa Branca em comunicado.
A cerimônia de investidura de Dilma Rousseff, reeleita em outubro para um novo mandato de quatro anos, está marcada para 1º de janeiro.

Roseana terá pensão vitalícia de R$ 25 mil

(Foto: Foto: Handson Chagas/ Governo do Maranhão)
A ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB), que renunciou ao mandato há 10 dias, receberá uma aposentadoria vitalícia de R$ 25 mil por mês. Ela somará esse valor aos R$ 23 8 mil que já recebe por ser aposentada do Senado desde 2013. A ex-governadora também terá à sua disposição de forma vitalícia cinco funcionários e um carro, bancados com recursos estaduais. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
(Fonte: Estadão Conteúdo)

Wagner é cotado para Comunicações

(Foto: Foto: Mateus Pereira/ GOVBA)
O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), é o nome preferido pela presidente Dilma Rousseff para dirigir o Ministério das Comunicações. Wagner terá uma conversa com Dilma na segunda-feira e espera definir o seu destino. Aos amigos, ele tem dito que gostaria de comandar a Defesa, que cuida das Forças Armadas, e já tratou do assunto com Dilma e com o ex-presidente Lula.
Dilma e Lula, porém, querem Wagner em uma pasta com perfil mais político. O Ministério das Comunicações terá papel estratégico em 2015. Dilma pretende ampliar o Plano Nacional de Banda Larga, seu xodó, e o PT vai brigar pela regulamentação da mídia. Além disso, o ministério terá nova configuração e será fortalecido porque vai absorver toda a publicidade do governo, hoje nas mãos da Secretaria de Comunicação (Secom).
Para o Ministério do Desenvolvimento Agrário Dilma escolheu o deputado Patrus Ananias (PT-MG), ex-prefeito de Belo Horizonte. Patrus foi ministro do Desenvolvimento Social do governo Lula, de 2004 a 2010, e é considerado o “pai” do programa Bolsa Família.
A presidente reservou para o governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), o Ministério da Educação, pasta controlada pelo PT desde o governo Lula. Até agora, Cid disse que prefere ocupar a vice-presidência do Banco Interamericano de Desenvolvimento (Bid), em Washington, e renovar sua indicação para o Ministério da Integração, responsável pelas obras de transposição do Rio São Francisco.
Em conversas reservadas, ministros do PT alegam que o problema de Cid é a falta de apoio no PROS, partido ao qual ele se filiou no ano passado, quando saiu do PSB do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos – morto num acidente aéreo em agosto – para apoiar a campanha de Dilma pelo segundo mandato. Dos 11 deputados eleitos pelo PROS, apenas quatro são próximos de Cid. No xadrez que vem sendo montado por Dilma, o mais importante para compor o ministério é a aproximação com as bancadas da Câmara e do Senado e a interlocução com setores da sociedade.
O PT tem hoje 17 dos 39 ministérios, mas perderá espaço no primeiro escalão. O partido quer retomar Trabalho, há tempos com o PDT, e tenta emplacar nessa cadeira o ex-presidente da CUT, Artur Henrique Santos. Uma das alternativas em estudo é oferecer ao PDT a pasta de Ciência e Tecnologia, mas os próprios petistas avaliam que não será uma troca fácil.
O ministro do Esporte, Aldo Rabelo, permanecerá no cargo, da mesma forma que José Eduardo Cardozo (Justiça), Tereza Campelo (Desenvolvimento Social) e Ricardo Berzoini (Relações Institucionais), além do poderoso “capitão” do time, Aloizio Mercadante, chefe da Casa Civil. Para Transportes, o mais cotado é o vereador Antônio Carlos Rodrigues (PP) e, para Cidades, o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
(Fonte: Estadão Conteúdo

Lyra: “Vamos ter que construir um novo líder do PSB”

Governador disse que Paulo Câmara não pode ser taxado como líder do partido (Foto: Leo Motta/ Folha de Pernambuco)
O governador João Lyra (PSB) ingressou na gestão do Estado com um prazo de validade. O socialista substituiu o ex-governador Eduardo Campos (PSB) em abril deste ano, mas não foi escolhido para sucedê-lo. O gestor sempre afirma que não guardou mágoas do neto de Miguel Arraes – apesar de não ter sido consultado sobre a sucessão – e também não tem nenhum problema com Paulo Câmara (PSB), que assumirá o seu lugar no próximo ano. No entanto, em entrevista à Folha de Pernambuco e ao Blog da Folha, ele afirma que ainda é cedo tachar o futuro governador como a principal liderança do PSB. Segundo Lyra, “é preciso construir um novo líder para o partido”.
“Eu não acho que não cabe o nome de tutela de Eduardo sobre Paulo Câmara. Acho que cabe que ele era liderado por Eduardo Campos. Agora, nós estamos sem o líder estadual do PSB. E essa liderança não se transfere e não é identificada pelo cargo. Ela tem que ser construída. Nós não temos uma liderança estadual do PSB. Temos pessoas que ocupam cargos importantes”, disse João Lyra.
De acordo com o socialista, uma nova liderança no partido pode surgir no mandato de Paulo Câmara. Para ele, mesmo com a falta de um líder, não há risco de haver uma disputa interna na sigla.
“Acho que isso faz parte da atividade política. Disputas, divergências, convergências. Uma disputa não é racha. Nacionalmente, há um novo governador em Brasília, Rodrigo Rollemberg (governador eleito do Distrito Federal). Vai se tornar ou não uma liderança nacional? Não sei. Ele foi um bom senador, tem uma responsabilidade imensa. Márcio França, em São Paulo, vai ser vice-governador do maior estado do País, qual vai ser o papel dele no PSB? Ele é uma liderança forte em São Paulo. Tem Renato Casagrande, que perdeu a eleição no Espírito Santo, mas teve a gestão aprovada e é presidente da Fundação Mangabeira. Que papel ele vai ter? Pernambuco é um Estado importante? É. Mas o PSB não tem uma liderança nacional”, explicou.
Governador disse que não participaria de uma possível disputa de egos dentro da legenda (Foto: Leo Motta/ Folha de Pernambuco)
Questionado se poderá haver uma disputa de egos no Estado, ele disse que, se houvesse, “não participaria”. “O que se percebe é um vazio político e aí cabe tudo de especulação. Mas eu não vou entrar nesse tipo de especulações que apequenam as discussões políticas. Até porque eu quero ter relação com outros partidos, com as lideranças políticas para que possamos construir um novo líder da Frente Popular. Pode ser um político existente, pode ser uma liderança consolidada, pode ser um novo político”, relatou o governador.
Marca
Com apenas nove meses à frente da administração do Estado, João Lyra acredita que sua administração fez parte de um planejamento estratégico. Segundo ele, apesar da criação da Secretaria de Micro e Pequenas Empresas, o seu mandato não teve marca alguma, pois fez parte de do projeto Eduardo Campos.
“Não tem o governo João Lyra. Porque eu fazia parte de um planejamento estratégico que nós construímos, sob a liderança de Eduardo Campos em 2006, consolidada em 2010. Então era concluir esse mandato. Para que eu fizesse ações materiais em nove meses, eu teria que suspender as ações que estavam planejadas desde 2011. O planejamento foi feito em 2011, ajustado a cada ano. Nós tínhamos uma previsão de investimentos de cerca de R$ 3 bilhões e eu não consegui investir isso. Acho que vai chegar a pouca mais de R$ 2 bilhões”, disse João Lyra.
“Eu me sinto muito honrado de estar aqui. Mas eu fiz parte de uma programação, de um planejamento. Eu ia quebrar aquilo que eu ajudei a construir? Não podia. Eu tinha o compromisso com o povo de Pernambuco de concluir um mandato que foi construído junto com o povo. Talvez a minha marca seja do compromisso político de concluir o trabalho”, completou.
Confira a entrevista completa na edição deste domingo (21) da Folha de Pernambuco

Um tucano de memória fraca

Ilimar Franco - O Globo
 Perplexidade na oposição com o relatório paralelo do deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) na CPI da Petrobras. Para aparentar tratamento igual, ele pede para investigar o ex-presidente do PSDB, o falecido Sérgio Guerra.
O nome do tucano é arrolado nas listas de envolvidos publicadas na mídia. Mas Sampaio não fez o mesmo com outro morto que vem sendo citado em todas as listas de envolvidos, o ex-governador e ex-candidato do PSB ao Palácio do Planalto Eduardo Campos.
O presidente do DEM, senador José Agripino (RN), avalia que Guerra foi incluído “para demonstrar isenção”, mas, para a exclusão de Campos, ele diz: “Não tenho explicação”.

Pago com nosso dinheiro

 O Senado paga R$ 10 milhões por um contrato de telefonia celular de 30 meses, que inclui aparelhos de última geração para todas as Excelências, com troca pelos modelos mais modernos sempre que houver novidades no mercado.

OK?
 Não!
Há parlamentares que não se sentem à vontade usando aparelhos que não sejam de sua propriedade. Para eles, o Senado decidiu comprar novos celulares, todos também de primeira linha. E, para que os outros não se sintam diminuídos, comprou os novos celulares para todos. Já que o dinheiro é nosso, não deles, foram generosos: para 81 senadores, 84 aparelhos. Nada de regular micharia. E, claro, a conta destes telefones é o Senado que paga com nosso dinheiro.(Carlos Brickmann)

Parabéns Saloá pelos seus 51 anos de emancipação política

SALOÁ COMPLETA 51 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA


Neste 20 de Dezembro o município de Saloá está comemorando seus 51 anos de emancipação política. Saloá foi elevada à categoria de cidade em 20 de Dezembro de 1963, pela lei estadual Nº 4946.

Um pouco de História – Elpídio José da Silva, como vereador por Bom Conselho, elaborou um projeto de lei encaminhando para a câmara de vereadores de Bom Conselho, estado de Pernambuco neste seguinte termo: Desmembrando Saloá de Bom Conselho e elevando Saloá a categoria de cidade, cuja resolução revolucionou a câmara municipal... vereadores achavam que o município de Bom Conselho não estava em condições de ser desmembrado... seria diminuir os cofres públicos e isso seria quase impossível.

Elpídio José da Silva levou o projeto a votação e por seis (06) votos favoráveis e três (03) votos contra, teve seu projeto aprovado e sancionado por lei municipal. Cheio de alegria preparou a documentação e encaminhou ao deputado estadual, Gervásio Vieira Pires e ao deputado federal, Dr. Luiz Antonio da Silva, que deram entrada na Assembleia Legislativa do estado para que a matéria fosse estudada.

Saloá foi inscrito sob o nº 4946 da lei orgânica dos municípios novos. Projeto aprovado em data de 20 de Dezembro de 1960. Porém só oficializado como município em 20 de Dezembro de 1963, pelo então governador Miguel Arraes, recebendo o título de cidade passou a figurar como município.


Fonte: A História de Saloá; José de Freitas Sobrinho (In memoriam)

BANCO DO BRASIL ABRE CONCURSO PARA 2.499 VAGAS HÁ VAGAS PARA SALOÁ


O Banco do Brasil divulgou, nesta sexta-feira, dia 19, o edital de Concurso para 2.499 vagas em cadastro de reserva para o cargo de escriturário. O salário é de R$ 2.227,26. Do total das oportunidades, 5 % são reservadas para candidatos com deficiência e 20% para pretos e pardos. Os candidatos devem ter nível médio. A jornada de trabalho será de 30 horas semanais.

Entre as atividades do cargo estão: atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários, redação de correspondências em geral, conferência de relatórios e documentos, controles estatísticos, atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados, entre outras.

As vagas são para Pernambuco, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.


As inscrições devem ser feitas de 22 de dezembro a 19 de janeiro de 2015 pelo site www.cesgranrio.org.br. A taxa é de R$ 40.A Seleção terá 3 etapas: prova objetiva, prova de redação e perícias médicas e procedimentos operacionais. As provas objetiva e de redação serão aplicadas na data provável de 15 de março de 2015, em diversas cidades, entre elas, Garanhuns e Caruaru. A seleção terá validade de um ano e poderá ser prorrogada, uma vez, por igual período.

Edital AQUI
Publicação Diário Oficial AQUI

Fonte: Blog do Carlos Eugênio

Liturgia Católica

Vela-virtual-11

Dia 21 de dezembro - Domingo

IV SEMANA DO ADVENTO 
(ROXO, CREIO, PREFÁCIO DO ADVENTO IIA – IV SEMANA DO SALTÉRIO)

Antífona de entrada:

Céus, deixai cair o orvalho, nuvens, chovei o justo; abra-se a terra, e brote o Salvador! (Is 45,8)

Oração do dia

Derramai, ó Deus, a vossa graça em nossos corações para que, conhecendo pela mensagem do anjo a encarnação do vosso Filho, cheguemos, por sua paixão e cruz, à glória da ressurreição. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (2 Samuel 7,1-5.8-12.14.16)

Leitura do segundo livro de Samuel.
7 1 Ora, tendo o rei Davi acabado de instalar-se em sua residência, e tendo-lhe o Senhor dado paz, livrando-o de todos os inimigos que o cercavam,
2 disse ele ao profeta Natã: “Vê: eu moro num palácio de cedro, e a arca de Deus está alojada numa tenda!”
3 Natã respondeu-lhe: “Pois bem: faze o que desejas fazer, porque o Senhor está contigo!”
4 Mas a palavra do Senhor foi dirigida a Natã naquela mesma noite, e dizia:
5 “Vai e dize ao meu servo Davi: ´eis o que diz o Senhor: Não és tu quem me edificará uma casa para eu habitar.
8 Dirás, pois, ao meu servo Davi: eis o que diz o Senhor dos exércitos: eu te tirei das pastagens onde guardavas tuas ovelhas para fazer de ti o chefe de meu povo de Israel.
9 Estive contigo em toda parte por onde andaste; exterminei diante de ti todos os teus inimigos, e fiz o teu nome comparável ao dos grandes da terra.
10 Designei um lugar para o meu povo de Israel: plantei-o nele, e ali ele mora, sem ser inquietado, e os maus não o oprimirão mais como outrora,
11 no tempo em que eu estabelecia juízes sobre o meu povo. Concedo-te uma vida tranqüila, livrando-te de todos os teus inimigos. O Senhor anuncia-te que quer fazer-te uma casa.
12 Quando chegar o fim de teus dias e repousares com os teus pais, então suscitarei depois de ti a tua posteridade, aquele que sairá de tuas entranhas, e firmarei o seu reino.
14 Eu serei para ele um pai e ele será para mim um filho. Se ele cometer alguma falta, castigá-lo-ei com vara de homens, e com açoites de homens.
16 Tua casa e teu reino estão estabelecidos para sempre diante de mim, e o teu trono está firme para sempre.
Palavra do Senhor.

Salmo responsorial 88/89

Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor!
Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor,
de geração em geração eu cantarei vossa verdade!
Porque dissestes: “O amor é garantido para sempre!”
E a vossa lealdade é tão firme como os céus.
“Eu firmei uma aliança com meu servo, meu eleito,
e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor.
Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem,
de geração em geração garantirei o teu reinado!
Ele, então, me invocará: 
‘Ó Senhor, vós sois meu Pai, sois meu Deus,
sois meu rochedo onde encontro a salvação!’
Guardarei eternamente para ele a minha graça
E com ele firmarei minha aliança indissolúvel!”

Leitura (Romanos 16,25-27)

Leitura da carta de são Paulo aos Romanos.
Irmãos, 16 25 Àquele que é poderoso para vos confirmar, segundo o meu Evangelho, na pregação de Jesus Cristo – conforme a revelação do mistério, guardado em segredo durante séculos,
26 mas agora manifestado por ordem do eterno Deus e, por meio das Escrituras proféticas, dado a conhecer a todas as nações, a fim de levá-las à obediência da fé – ,
27 a Deus, único, sábio, por Jesus Cristo, glória por toda a eternidade! Amém.
Palavra do Senhor.

Evangelho (Lucas 1,26-38)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Eis a serva do Senhor; cumpra-se em mim a tua palavra! (Lc 1,38)
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
1 26 No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, 
27 a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi e o nome da virgem era Maria. 
28 Entrando, o anjo disse-lhe: “Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo”. 
29 Perturbou-se ela com estas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação. 
30 O anjo disse-lhe: “Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. 
31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. 
32 Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, 
33 e o seu reino não terá fim”. 
34 Maria perguntou ao anjo: “Como se fará isso, pois não conheço homem?” 
35 Respondeu-lhe o anjo: “O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus. 
36 Também Isabel, tua parenta, até ela concebeu um filho na sua velhice; e já está no sexto mês aquela que é tida por estéril, 
37 porque a Deus nenhuma coisa é impossível”. 
38 Então disse Maria: “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra”. E o anjo afastou-se dela.
Palavra da Salvação. (Dom Total)

Choro de perdedor…

aecio_carlos_sampaio_aloysio01

O PSDB pediu à Justiça Eleitoral que anule os votos de Dilma Rousseff e entregue a faixa de presidente ao candidato derrotado Aécio Neves. A ação tem 54 páginas e um início espantoso. Afirma que a petista teve uma ‘pífia vitória nas urnas’ e que sua legitimidade é ‘extremamente tênue’, apesar da vantagem de 3,4 milhões de votos. Por dever de ofício, continuei a leitura.

O primeiro argumento tucano é que Dilma abusou do poder político ao convocar cadeias de rádio e TV para se promover. É verdade, mas ela já foi condenada e multada por isso.

Os exemplos citados são de março, no Dia da Mulher, e maio, no Dia do Trabalho. A campanha só começou em julho, e depois Marina Silva e o próprio Aécio chegaram a ultrapassar a petista nas pesquisas. Atribuir sua reeleição a dois pronunciamentos no primeiro semestre é uma ofensa ao eleitor, que já foi punido com a overdose de exposição dos três candidatos na propaganda obrigatória.

Algumas páginas adiante, o PSDB afirma que sindicatos apoiaram a candidata do PT. É uma acusação tão ociosa quanto dizer que bancos cerraram fileiras com o tucano.

Como provas, o texto enumera outdoors espalhados por professores mineiros em endereços como a rua 33, em Ituiutaba, e a avenida Pau Furado, em Uberlândia. Se Aécio pensa ter encontrado aí a razão do fracasso em seu próprio Estado, o PT já pode gelar o champanhe para 2018.

A ação ainda enfileira irrelevâncias como a publicação de notícias simpáticas à presidente em um site oficial e o transporte gratuito de eleitores para um comício em Petrolina.

Por fim, o PSDB cita Paulo Roberto Costa, o ex-diretor da Petrobras, para sustentar que Dilma foi bancada por empreiteiras corruptas. Muitas também financiaram Aécio, mas isso é o de menos. Se as denúncias forem confirmadas ao fim do processo, a oposição poderá até defender o impeachment da presidente. Tentar impedir sua posse agora, no tapetão, parece apenas choro de perdedor. (Folha de S. Paulo)

MP pede cassação do governador reeleito do Pará

 Ministério Público Eleitoral do Pará pediu nesta sexta-feira (19) a cassação do governador reeleito do Pará, Simão Jatene(PSDB), por suposto abuso de poder econômico na campanha. Segundo os procuradores, o abuso teria ocorrido por meio do programa Cheque Moradia, do governo Jatene, que distribui recursos para custear habitação de famílias mais pobres.
Até o período da campanha eleitoral, o mês com maior investimento do Cheque Moradia havia sido janeiro, com um gasto total de R$ 9,2 milhões. Em setembro, mês anterior às eleições, esse gasto foi R$ 31 milhões.
A ação pede a cassação do diploma e inelegibilidade de Jatene e do vice-governador eleito Zequinha Marinho (PSC). Também foi pedida a punição de três servidores da Cohab (Companhia de Habitação do Estado do Pará), estatal responsável pelo programa. (Da Folha de S.Paulo).

Ninguém lhe quer: bancada do PMDB dá recado a Renan

Gerson Camarotti - (Blog) 
 A bancada do PMDB no Senado vai dar um ultimato ao presidente da Casa, senador Renan Calheiros (AL), que deseja disputar a reeleição em fevereiro. Há uma mobilização entre os peemedebistas para que ele desista de concorrer ao cargo. O motivo é a reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo” que revelou que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa citou no acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal o nome de Renan entre os políticos supostamente beneficiados pelo esquema de corrupção na Petrobras.

Oficialmente, Renan nega sua candidatura à reeleição. Mas, nos bastidores, tem trabalhado intensamente para ficar no cargo. Em conversas reservadas com senadores peemedebistas, ele afirmou que não tem envolvimento com Paulo Roberto Costa e que não há nada contra ele no escândalo de corrupção na estatal. Essas conversas funcionaram como uma tentativa de tranquilizar aliados que demonstraram insegurança com a situação de Renan. O temor de peemedebistas é que a reeleição do senador alagoano possa criar uma crise política no Senado com o aprofundamento das investigações da Operação Lava Jato.

Lula entrega casas do MTST e critica empreiteiras

 O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, neste sábado (20), que sua sucessora, a presidente Dilma Rousseff, deve melhorar a qualidade do programa Minha Casa, Minha Vida. Ao participar da inauguração de um conjunto habitacional inaugurado em parceria com o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto), Lula chegou a defender que as pequenas construtoras se organizem para erguer apartamentos maiores e de melhor qualidade do que os empreendimentos de grandes empreiteiras.
'Nunca vou me esquecer de uma casa que eu fui visitar em Governador Valadares [MG]. Quando eu entrei, se eu não fosse o presidente da República e tivesse de respeitar uma certa liturgia, eu teria me pegado de cacete com os caras que cuidaram daquela casa', disse Lula ao recordar sobre as primeiras visitas que fez a residências entregues pelo programa.
Defensor da reaproximação do PT com os movimentos socais, Lula afirmou que pretende 'convencer' a presidente a participar da inauguração de projetos habitacionais do MTST, a exemplo do que visitou hoje em Taboão da Serra.(Da Folha de S.Paulo)

Ramos da Saudade, Heleno da viola e Manuel Mariano em mais um show de viola

Aconteceu neste sábado (20) no Bar do amigo Inácio na cidade de João Alfredo um belo  Show de viola com Ramos da Saudade, Heleno da viola e Manuel Mariano.

Os nossos agradecimentos ao senhor Inácio e a todos que compareceram ao nosso evento. 

sábado, 20 de dezembro de 2014

O desafio do ano - Estado contra estado no Sindprev em Recife com excelentes duplas de cantadores de viola - 19 -12-2014.

Em 1° lugar Hipólito Moura e Edmilson Ferreira(Piauí)
Em 2° lugar Antônio Lisboa e Raulino Silva (Rio Grande do Norte)
Em 3° lugar Ivanildo Vila Nova e Luciano Leonel (Pernambuco)
Em 4° lugar Sebastião da Silva e Raimundo Caetano (Paraíba)
Em 5° lugar Geraldo Pereira e Paulo Pereira (Ceará).

Parabéns aos organizadores do evento Rogério Menezes e ao seu irmão Rivaldo Menezes e também a comissão julgadora.

O evento aconteceu no auditório do Sindprev em Recife com a presença de muitos amantes da cantoria de viola.

De Orobó, estavam presentes os cancioneiros Ramos da Saudade e Manuel Mariano.
Rogério Menezes apresentando.
Duplas sendo apresentadas.

Sebastião da Silva e Raimundo Caetano
Luciano Leonel e Ivanildo Vila Nova
Geraldo Pereira e Paulo Pereira
Edmilson Ferreira e Hipólito Moura
Antônio Lisboa e Raulino Silva
Platéia.

Comissão julgadora.
Mariana Teles declamando

Vereador Manuel Mariano presente na cerimônia de entrega dos diplomas dos deputados, governador e senador eleitos em PE

Eu, Manuel Mariano, além de ter gostado bastante da cerimônia de entrega dos diplomas ao governador,  vice-governador, senador e aos deputados federais e estaduais de Pernambuco, no centro de convenções em Olinda, na tarde desta sexta-feira (19).

Quero aqui esternar os meus sinceros Parabéns a todos os eleitos e agora diplomados e de modo especial aos nossos deputados Zé Maurício e Ricardo Teobaldo que receberam uma brilhante e expressiva votação no município de Orobó alcançando a segunda maior votação nas eleições de outubro de 2014. Que Deus os abençoem e que ambos tragam ações e mais ações em benefício da população oroboense.
Votação esta dada pelos líderes comunitários, jovens, professores, donas de casa, comerciantes, líderes sindicais e o povo em geral tendo à frente a importante coordenação e total empenho do vice-prefeito Dui do Bujão e do vereador Manuel Mariano e dos companheiros Amilton do SINTRAF,  João Cipriano - ex-vereador, Luciene e Zé Lindolfo - Feira Nova, Zé Brasil, Thiago, Zelito, Zé Raposa, Paulo Brito, professora Madalena França, João Lucas, Glória de Tanques, Tina, João Aleixo, Leó Bicheiro,  Pé no chão,  Nam,  Cristiane, Cacho,  Abel Antônio Mônica, Eliane, Teresa, Helena de Biu de Acilo, Eraldo de Dedé Loia, Didi, Patinha, Pedrinho, Inácio do CD, Capota, Josimar, irmão Luciano, Anselmo e tantos outros amigos (as).
A todos que citei e aos esqueci de mencionar os meus mais sinceros agradecimentos e reconhecimento. Pois sabemos que a união faz a força e que ninguém consegue dar votos sozinho ou sozinha.


Escrito por Manuel Mariano.

Humberto Costa consegue liberação de mais R$ 4 milhões para aliados do PT em Pernambuco

Após reuniões realizadas em alguns ministérios em Brasília com a presença de ministros e técnicos das pastas nas últimas semanas, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), conseguiu a liberação de mais R$ 4 milhões dos recursos do Orçamento Geral da União (OGU) de 2014 para ações e obras estruturadoras em Pernambuco.
Pelo menos cinco municípios do Estado serão contemplados com a verba, ainda este ano, nas áreas de saúde, infraestrutura urbana e reforma agrária.
“Trata-se de um montante relevante que irá contemplar consideravelmente o nosso Estado. É verba federal que será aplicada diretamente até o dia 31 de dezembro. Temos que comemorar a liberação desses recursos nesse momento de rigor fiscal e aplicá-los em obras que sejam fundamentais para os pernambucanos”, afirma Humberto.
Ao longo do segundo semestre, o líder do PT marcou audiências com ministros e técnicos de diversos órgãos em Brasília.

Com nome na lista, Alves deve perder ministério

 O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deve ficar sem ministério no próximo governo da presidente Dilma Rousseff. Seu nome já havia sido acordado entre os peemedebistas para assumir uma pasta no próximo mandato, uma vez que o parlamentar se despede da Câmara no ano que vem, e ficaria sem cargo público.

Reparando erro grave da ditadura contra chineses

 Cinquenta anos depois da prisão, tortura e expulsão de nove chineses acusados de espionagem e subversão, o governo brasileiro reconheceu formalmente o erro cometido pela ditadura militar. Numa portaria publicada no Diário Oficial de anteontem, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, anulou decreto de expulsão dos chineses assinado pelo ex-presidente Castelo Branco em 1965. Na portaria, Cardozo explica que anulou o decreto de Castelo Branco com base em decisão da Comissão Nacional da Verdade.

Brasileiro passa mais tempo na internet que vendo TV

A televisão ainda é o principal meio de comunicação no Brasil, mas os brasileiros já passam mais tempo navegando na  que na frente da TV. A informação está na Pesquisa de Mídia Brasileira 2015, divulgada nesta sexta pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.
De acordo com a pesquisa, os brasileiros passam, em média, 4 horas e 59 minutos por dia usando a internet nos dias de semana e 4 horas e 24 minutos/dia nos fins de semana. Já a média de tempo assistindo a TV é de 4 horas e 31 minutos/dia nos dias de semana e 4 horas e 14 minutos aos sábados e domingos.

Treze faculdades reprovadas em Pernambuco…

Universidade de Pernambuco (UPE) tirou nota 3 no IGC, considerado satisfatório pelo MEC. Foto: Assessoria de Imprensa da UPE
Universidade de Pernambuco (UPE) tirou nota 3 no IGC, considerado satisfatório pelo MEC. Foto: Assessoria de Imprensa da UPE

Treze faculdades pernambucanas tiveram desempenho insatisfatório no Índice Geral de Cursos (IGC), indicador de qualidade calculado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação. Tiraram nota 1 ou 2, as mais baixas. A nota mais alta, 5, não foi alcançada por nenhuma instituição do Estado. Os dados foram divulgados ontem e estão disponíveis no Diário Oficial da União.

O IGC é calculado anualmente. Para chegar a ele, o Inep considera, entre outros fatores, a nota dos alunos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), a infraestrutura da faculdade e a avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado). Faz parte ainda do indicador a média do CPC do ano observado e dos dois anos anteriores.

A lista do delator do “Petrolão”…

Oposição pra valer na Alepe a partir de 2015

Oposição – A oposição ao governo de Paulo Câmara na Assembleia Legislativa será feita pelo PTB (seis deputados), o PT (três deputados), o PSOL (Edilson Silva), o PSL (Socorro Pimentel) e o DEM (Priscila Krause). Nesse cenário de heterogeneidade, Edilson e Priscila têm tudo para brilhar porque, diferentemente de petistas e petebistas, nunca foram aliados do governo Eduardo Campos.

A despedida dos senadores

Pela ordem, despediram-se do Senado nos últimos 15 dias os senadores Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Pedro Simon (PMDB-RS), Eduardo Suplicy (PT-SP) e José Sarney (PMDB-AP). Jarbas vai se transferir para a Câmara e Suplicy retomará sua militância no PT de SP, podendo inclusive ser candidato a vereador nas eleições de 2016. Simon e Sarney é que deram adeus à vida pública. Estão na política há mais de 50 anos e decidiram parar para cuidar dos netos.
Equação – Sendo ainda novato na política, Paulo Câmara (PSB) enfrentou muitas dificuldades para montar o secretariado porque não é fácil administrar o apetite de uma Frente que tem 21 partidos. Hoje, bem mais aliviado pelo arrefecimento das pressões, o governador eleito está montando o segundo e espera encerrar todas as escolhas antes das festas do Natal.
Missão – Como já havia dito lá atrás que não haveria “governo João Lyra” e sim a continuidade do de Eduardo Campos, o atual governador está aliviado por estar concluindo bem a sua missão.
Tucano – Já se diz na cúpula do PSDB que o deputado Daniel Coelho não está no partido por convicção, e sim por “conveniência” e isso o desobriga de apoiá-lo para a prefeitura do Recife.
Cobrança – O deputado Augusto César (PTB) disse em discurso na Alepe que o Hotel Santa Maria (Araripina) deixou de atender aos usuários do Sassepe porque o Estado não está pagando.

Inaldo Sampaio