sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Surubim sedia congresso da U.V.P " União dos Vereadores de Pernambuco"…

Vereador Biu Farias -pres. U.V.P e Manuel Mariano ver. Orobó.

Atos de pessoal na Gestão Pública, Transparência da Gestão Pública  e a criação dos Conselhos Municipais do Idoso e os Fundos Municipais do Idoso, serão os principais temas a serem debatidos durante o Congresso Estadual de Vereadores e Servidores de Câmaras e Prefeituras Municipais, que a União dos Vereadores de Pernambuco-UVP promove hoje e amanhã na cidade de Surubim, no Agreste Setentrional.

O evento será aberto durante solenidade a ser realizada a partir das 9 horas, no auditório da Escola Técnica Estadual Antônio Farias, sob o comando do vereador Biu Farias (PSB-Surubim), presidente da UVP, e contará com as presenças do prefeito Túlio Vieira (PT-Surubim), vice-prefeito Fábio Barbosa e lideranças políticas convidadas. O governador-eleito Paulo Câmara (PSB) está sendo esperado para prestigiar o ato de abertura do  encontro.

Para as 20 horas desta sexta-feira, está programada uma confraternização da diretoria da UVP com os participantes do congresso e autoridades. Na manhã do sábado (30) a partir das 10 horas haverá sorteio de brindes com os congressistas.

Dimas Santos

Reflexão do dia

A prefeitura de Orobó pagará o 13° aos servidores públicos, quando?

Injeção – Seguindo o exemplo do Governo do Estado e da Prefeitura do Recife, o prefeito de Ipojuca, Carlos Santana, do PSDB, vai pagar novembro, dezembro e o 13º salário do funcionalismo em pouco mais de 20 dias. As três folhas totalizam, juntas, R$ 45 milhões.

O Mercado é outra coisa

O secretário das Cidades, Evandro Avelar, nega ter descumprido compromisso com o prefeito de Camaragibe, Jorge Alexandre, que também pertence ao seu partido (PSDB). O compromisso seria a construção do Mercado Público, cujo projeto só teria chegado às suas mãos no dia 29 do mês passado. O prefeito rebate o secretário. “Não tem nada de Mercado Público nessa história. O problema são os BRTs, que ele prometeu inaugurar em novembro e a obra sequer começou”.

Pernambuco acabou com pensão vitalícia de ex-governador desde o penúltimo ano de mandato de Roberto Magalhães

A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou por unanimidade na última terça-feira o projeto que institui aposentadoria vitalícia para seus ex-governadores. Serão beneficiados o atual, Jaques Wagner, filiado ao PT e seus antecessores César Borges, João Durval Carneiro e Paulo Souto. O tema é controverso do ponto de vista da Constituição, embora a Advocacia Geral da União já tenha se posicionado contra. Ela considera essa aposentadoria um privilégio por ferir os princípios da moralidade e impessoalidade consagrados pela Carta Magna. Pernambuco, pelo menos nesse particular, está muito à frente da boa terra. Aqui, por proposição do então governador Roberto Magalhães, a Assembleia Legislativa emendou a Constituição do Estado em 1985 para extinguir pensão de ex-governador. Preservou-se o “direito adquirido” dos governadores que o antecederam. Mas ele próprio se excluiu da lista dos beneficiários.

Procurador afastado por pedir golpe militar

 O Conselho Nacional do Ministério Público instaurou Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) e decidiu afastar das atividades, por 90 dias, o procurador da República Davy Lincoln Rocha. O motivo foi um texto publicado em sua página pessoal no Facebook no qual elogiou o golpe militar de 1964 e se disse decepcionado com a “timidez” das Forças Armadas diante da “corruptocracia que dominou aquilo que outrora chamávamos de Brasil”.
O procurador já recorreu ao Supremo Tribunal Federal pedindo a anulação do ato do conselho. A decisão do CNMP se deu por maioria no último dia 17 de novembro. Os conselheiros decidiram encaminhar processo ao procurador-geral da República, que vai analisar o caso sob o aspecto penal. O CNMP acolheu proposta do conselheiro Luiz Moreira, que leu o texto “Carta aberta às forças armadas brasileiras”, publicado em setembro de 2013.

TCU manda ator devolver R$ 71,2 milhões à União

Do Portal G1
Guilherme Fontes, quando participou da novela 'Beleza Pura' (Foto: TV Globo / João Miguel Júnior)
Guilherme Fontes, quando participou da novela
'Beleza Pura' (Foto: TV Globo / João Miguel Júnior)
O Tribunal de Contas da União (TCU) negou recurso apresentado pelo ator e diretor Guilherme Fontes contra decisão que o condenou a ressarcir os cofres públicos por irregularidades no uso de dinheiro captado para a filmagem de “Chatô, o rei do Brasil”, longa-metragem dirigido por ele nos anos 1990. Fontes foi condenado a devolver R$ 66,2 milhões, além do pagamento de R$ 5 milhões em multas. Ele ainda pode recorrer na Justiça.
De acordo com o tribunal, o ator e sua empresa, a Guilherme Fontes Filmes, se valeram de leis de incentivo à cultura para captar R$ 8,6 milhões para a produção do filme, que nunca foi entregue. O ator chegou a apresentar uma versão de “Chatô” ao Ministério da Cultura, mas ela não foi considerada pelo TCU como prova de conclusão do trabalho.
A corte determinou a ele que devolva à União os R$ 8,6 milhões corrigidos, que hoje somam R$ 66,2 milhões. Além disso, por irregularidades verificadas no uso dos recursos, Fontes e sua empresa foram multados em R$ 2,5 milhões cada. Portanto, o valor total do ressarcimento é de 71,2 milhões, e o prazo para pagamento é de 15 dias após notificação. (Do Portal G1)

Dilma: prioridade é estabilidade política e econômica

 
A presidente Dilma Rousseff afirmou na noite desta quinta-feira (27) que a estabilidade política e econômica do país continuam como prioridades no seu próximo mandato. 'Vou continuar priorizando a inclusão social, emprego, acesso à educação, garantia de direitos, estabilidade política e econômica, investimento em infraestrutura, modernização do país e elevação da renda do povo brasileiro', enumerou a presidente para a plateia da 3ª conferência nacional de economia solidária.
Dilma argumentou que pretende 'continuar fazendo mudanças' no segundo mandato e disse que manterá 'de forma sistemática um diálogo construtivo e continuado' com o movimento de economia solidária. Apesar de aplausos e do apoio dos presentes, Dilma também foi alvo de crítica diante da previsão de Kátia Abreu assumir o Ministério da Agricultura.
'Reforma agrária popular! Fora Kátia!', afirmava uma das faixas exigidas por participantes da conferência. Um grupo ainda entoou 'Kátia Abreu não!' enquanto a presidente Dilma deixava o local.(Da Folha de S.Paulo - Flávia Foreque)

Romário apresenta projeto de lei contra ''carteirada''

 O deputado federal Romário Faria (PSB-RJ) apresentou nesta semana um projeto de lei que torna crime a prática da “carteirada” – prevendo de um a três anos de prisão para agentes públicos que se aproveitarem do cargo para deixar de cumprir uma obrigação ou para obterem vantagens indevidas. O projeto 8152/2014 também prevê a suspensão da função pública quando comprovado o abuso, segundo informa Mel Bleil Gallo, no blog Poder Online.
De acordo com o deputado – que foi eleito senador nestas eleições – a iniciativa busca evitar casos como o da agente de trânsito do Rio de Janeiro Luciana Silva, condenada a pagar danos morais por dizer para um magistrado que “juiz não é Deus”. Na ocasião, o juiz João Carlos de Souza Correa dirigia uma Land Rover sem placa nem documentação e deu voz de prisão à agente por desacato.
Em 2012, porém, Romário foi alvo de críticas por vizinhos de condomínio no Rio de Janeiro por ter supostamente usado a condição de parlamentar para levar adiante uma festa de ano novo fora do horário combinado entre os moradores.

Mesmo fora do Planalto Wagner será forte no governo

 O governo ainda não decidiu onde vai colocar o governador da Bahia, Jaques Wagner. Já se falou em Relações Institucionais e na presidência da Petrobras, mas as conversas caminham para manter os atuais titulares nesses dois postos – Ricardo Berzoini e Graça Foster.
A informação é de Clarissa Oliveira, no blog Poder Online, acrecentando a colunista que nos últimos dias, avançou a tese do Ministério das Comunicações. Também circulou a ideia de colocá-lo na Educação, caso entre água nas negociações para ter Cid Gomes na pasta.
De qualquer forma, é certo que, mesmo se ficar fora do Palácio do Planalto, Wagner terá espaço garantido no núcleo decisório do governo. Dilma deixou claro que quer assim.

Pelé nega estar na UTI e quer Natal com a família

'Eu não fui colocado em terapia intensiva hoje. Eu simplesmente fui realocado para um quarto especial dentro do hospital puramente por motivos de privacidade', escreveu no Twitter, em inglês, para acalmar os fãs do mundo todo.
Pelé ainda afirmou que a condição não é séria. 'Aprecio todos os visitantes que vieram me ver, mas preciso continuar meu tratamento e minha recuperação em paz. Sou abençoado por receber seu amor e apoio e graças a Deus isto não é nada sério', postou.  (Do portal Terra)

Trinca da Economia: ''Uma equipe de maior estatura

 Dilma Rousseff comemorou o resultado da entrevista coletiva conjunta do trio que vai comandar a equipe econômica. A conclusão no Planalto é que as falas de Joaquim Levy (Fazenda), Nelson Barbosa (Planejamento) e Alexandre Tombini (Banco Central) funcionaram como 'ansiolítico' para o mercado e para o PT e apontaram a nova linha na condução da economia: unidade e, principalmente, metas factíveis, ainda que modestas, como a de 1,2% de superávit para 2015.
A foto da trinca chamou a atenção porque Tombini, que tem cerca de 1,80 m, parecia 'baixinho' perto dos demais. Um auxiliar de Dilma brincou: 'Trata-se, sem dúvida, de Mercadante (Casa Civil).
A foto da trinca chamou a atenção porque Tombini, que tem cerca de 1,80 m, parecia 'baixinho' perto dos demais. Um auxiliar de Dilma brincou: 'Trata-se, sem dúvida, de uma equipe de maior estatura'.
As linhas gerais dos discursos do trio econômico foram discutidas com a presidente, em almoço com os novos auxiliares e Aloizio Mercadante (Casa Civil).  (Vera Magalhães - Folha de S.Paulo)

Grupo de Lula quer mais gente sua na equipe de Dilma

O grupo do ex-presidente Lula ainda tenta emplacar um petista no Ministério das Cidades. A nova cotada é Miriam Belchior, que pode ir ainda para Minas e Energia, BNDES ou Caixa.

Já o anúncio oficial de Kátia Abreu para a Agricultura será depois de 15 de dezembro, quando a senadora toma posse em novo mandato na CNA (Confederação Nacional da Agricultura) e, em seguida, se licencia.  As informações são de Vera Magalhães, na Folha de S.Paulo.

Tucanos ainda choram a derrota: a tristeza da solidão

Da coluna de Vera Magalhães, hoje na Folha de S.Paulo:
 Cerca de 25 deputados do PSDB se reuniram na última terça-feira, na Câmara, para discutir a estratégia de atuação da bancada. O mineiro Marcus Pestana, aliado de Aécio Neves, disse para colegas numa roda:
-- O destino escreve certo por linhas tortas. Se o Aécio ganhasse agora, ia pegar essa profunda crise econômica e política pela frente. Em 2018 o céu estará limpo.
O líder do partido, Antonio Imbassahy (BA), de forma bem humorada, cortou o exercício de otimismo:
-Desculpe, mas Antonio Carlos Magalhães dizia que é melhor ser triste no governo que feliz na oposição.

PSB: nem oposição nem situação

Josias de Souza (Blog)
 Política é a arte de aproveitar as oportunidades. Mas certos partidos não perdem a oportunidade de perder uma oportunidade. Foi o que fez nesta quinta-feira o PSB. Velho aliado de Lula e do petismo, foi à sucessão de 2014 vestido de oposição —primeiro com Eduardo Campos, depois com Marina Silva. No segundo turno, aliou-se à candidatura sobrevivente do tucano Aécio Neves.
Pois bem. Quando se imaginava que a legenda estivesse enfiada numa trincheira, preparando-se para 2018, ela ressurge no alto do muro. Reunida nesta quinta-feira (27), a Executiva do PSB decidiu: nem oposição nem situação. Adotará a linha da “independência propositiva”, seja lá o que isso signifique.
O PSB decidiu também proibir seus filiados de aceitar cargos no governo de Dilma Rousseff. Uma proibição inócua, já que não veio acompanhada da fixação de um castigo para quem desrespeitá-la. De resto, não há notícia de que Dilma tenha a intenção de convocar alguém do PSB para sua equipe.
Oposição, como se sabe, é oposição. O resto é armazém de secos & molhados. O PSB está separado por uma letra daquele PSDB que já cansou até o tucanato. O perigo para quem escala o muro é descer do lado errado.

Jarbas Vasconcelos presidente da câmara?

 O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), sondado como possível candidato à presidência da Câmara, manifesta desconforto em enfrentar Eduardo Cunha (RJ) sendo novato na bancada do PMDB da casa, segundo informa Vera Magalhães, hoje, na sua coluna da Folha de S.Paulo.
Enquanto isso, -- revela a colunista, -- o senador Armando Monteiro (PTB-PE) , futuro ministro do Desenvolvimento, chamou Alessandro Teixeira para a secretaria-executiva do Desenvolvimento, cargo que ele já ocupou. O ex-presidente da Apex, porém, mira a presidência do BNDES.
Já o anúncio oficial de Kátia Abreu para a Agricultura será depois de 15 de dezembro, quando a senadora toma posse em novo mandato na CNA (Confederação Nacional da Agricultura) e, em seguida, se licencia.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Prefeitura de Ipojuca paga 13º e aquece economia no município


O prefeito de Ipojuca, Carlos Santana (PSDB), mais uma vez irá antecipar o pagamento do salário do mês de dezembro. Para que os servidores possam realizar suas compras de final de ano, a Prefeitura do Ipojuca estará realizando o pagamento no dia 22 de dezembro. O benefício se soma à segunda parcela do décimo terceiro salário, que chega às contas dos servidores no dia 10 de dezembro. Junto com o pagamento do mês de novembro, que chegou as contas dos servidores no dia 26 deste mês.
Desta forma, os três repasses significam uma injeção de mais de R$ 45.000.000,00 (quarenta e cinco milhões de reais) na economia local e o compromisso com o funcionário público. O valor correspondente ao total do valor engloba a folha geral, que é de 4.862 servidores, entre os concursados, contratados, eletivos e cargos comissionados.
De acordo com o secretário de Finanças do município, Marcelo Barros, não existirá nenhuma dificuldade financeira para a prefeitura em realizar esses pagamentos. “Desde o começo do ano houve um planejamento financeiro para poder suportar essas despesas de fim de ano, principalmente em relação ao gasto com o décimo terceiro”, destacou.
O Prefeito Carlos Santana destacou que no começo do ano foi feito um planejamento para manter todos os pagamentos em dia. “Com o dinheiro circulando com data certa movimentamos a economia do município, pois os consumidores e comerciantes podem se planejar. Todos ganham com isso, servidores e comerciantes”, ressaltou o prefeito.

São Vicente Férrer-PE em festa…

Vereadora protesta de forma inusitada em Aracaju


A vereadora de Aracaju Lucimara Passos (PCdoB) subiu à tribuna da Câmara, na terça-feira (25), e discursou em tom de crítica ao também vereador Agamenon Sobral (PP). Em uma fala inusitada e em forma de protesto, a parlamentar tirou uma calcinha do bolso e mostrou aos colegas presentes. O discurso fez alusão ao dia 25 de novembro – Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher.

Durante o discurso, ela chegou a chamar o progressista de “criminoso” e o desafiou a lhe dar “uma surra”. Isso porque, na semana passada, ele teria chamado uma mulher que quis se casar sem a peça íntima de “vagabunda” e teria dito ainda que ela merecia “uma surra”.
Direcionada ao vereador, ela solta: “Hoje vim com um vestido mais curto. Também trouxe a minha calcinha no bolso. Alguém pode me chamar de vagabunda? Alguém pode dizer que tenho de ser surrada?”
A vereadora ainda questionou os parlamentares afirmando que eles não poderiam julgá-la ou “julgar uma mulher pela roupa que ela veste, em função da calcinha que usa ou se não usa. Isso não define o meu caráter”.
Ainda no discurso, ela pede punição ao colega e diz que ele já cometeu vários crimes na tribuna, entre os quais, afirmar que “tinha de pendurar bandido de cabeça para baixo”. “E essa Casa não fez nada para puni-lo “, afirmou.

UVP realiza mais um Congresso Estadual de Vereadores, em Surubim…

congressoUVP20143

A União dos Vereadores de Pernambuco – UVP, realizará nos dias 27, 28 e 29 de novembro de 2014, mais um Congresso Estadual de Vereadores e Servidores de Câmaras e Prefeituras Municipais, no auditório da Escola Técnica Estadual Antônio Arruda de Farias (Próxima a Exposição de Animais), em Surubim.


PROGRAMAÇÃO:

DIA 27/11- QUINTA-FEIRA                             
15h30: Início das inscrições e entrega de material
17hs: Reunião Diretoria

DIA 28/11 – SEXTA – FEIRA  
 
SOLENIDADE DE ABERTURA: 09h30min     
Vereador Severino Farias – Presidente da UVP
Vereador José Raimundo – Vice-Presidente da UVP
Vereador Fabrício Gonçalves de Brito – Presidente da Câmara Municipal de Surubim – convidado
Túlio José Vieira – Prefeito de Surubim – convidado
 Fábio Barbosa  -Vice-Prefeito de Surubim – convidado
Lideranças Estaduais e Federais

PLENÁRIAS:
10h30min – Atos de Pessoal na Gestão Pública.
11h15min – Debates
12h00 – Intervalo para almoço

PLENÁRIAS:     
14h30min – Transparência da Gestão Pública.
15h15min – Debates
15h45min – Implantação do Portal da Transparência – Parcerias: UVP, Escola do Legislativo (Alepe),  Interlegis e Ministério Público.           

16h30min – Debates
17h00 – Encerramento
20hs – Coquetel de Confraternização

DIA 29/11 – SÁBADO

PLENÁRIA:
9h30min – Criação dos Conselhos Municipais de Direitos do Idoso e os Fundos Municipais do Idoso – MPPE
10h15min – Debates.
12h00 – Sorteios de prêmios entre participantes inscritos


INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES: UVP – (81) 3228.6465



CONFIRMAR INSCRIÇÕES:

Tel / Fax (81) 3228 6465     E-mail: neliauvp@yahoo.com.br


HOSPEDAGENS:

Cristal Hotel – (81) 3634-1403 
Cristal Hotel  – (81) 3648 -2032 (João Alfredo) 
Ellos Hotel – (81) 3634- 1785  
Hotel Hawai – (81) 3634 – 3625                                                                
Pousada Boa Vista – (81) 3634-1483
Pousada Maracujá – (81) 3634-1361
Pousada Surubim – (81) 3634-1225/ 9845-4690

UVP (Divulgação)

Deputado pernambucano coloca o dedo na cara de Renan e diz que senador é a “vergonha do Congresso”…

20141126165328458475a

Conhecido pelo perfil discreto, o deputado federal de Pernambuco e líder do DEM na Câmara Federal, Mendonça Filho (DEM), perdeu o controle. O parlamentar ocupou a tribuna do plenário do Congresso, na manhã desta quarta-feira (26), e, com o dedo em riste, chamou o presidente da Casa, o senador Renan Calheiros (PMDB), de “vergonha” do Congresso Nacional.

A confusão começou quando Mendonça Filho discursava na tribuna quando Renan teria cortado sua palavra. O deputado pernambucano, mesmo com o gesto negativo, continuou falando e começou a gritar com os microfones cortados dizendo que o presidente do Senado representava a vergonha do Congresso.

Sem poder ter seu discurso projetado, Mendonça deixou a tribuna e seguiu para a Mesa Diretora, onde Renan coordenava os trabalhos. Neste momento, Mendonça cercou o presidente do Senado com o dedo em riste.

Parlamentares da oposição gritavam “você não vai calar ninguém!”. Renan respondeu ao pernambucano que aquela não era uma postura permitida pela democracia e mandou o mesmo se calar.

O cenário de troca de farpas no Congresso aconteceu durante a sessão do Congresso em que os deputados e senadores se reuniram para discutir o projeto de lei que autoriza o governo federal a descumprir a meta de economia para o pagamento da dívida pública em 2014 (superavit primário). (Diário de Pernambuco)

Roda de capoeira recebe título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade…

Capoeira

Dança, luta, símbolo de resistência e uma das manifestações culturais mais conhecidas no Brasil, a roda de capoeira recebeu ontem (26) o título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

A presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Jurema Machado, presente na sessão do comitê, explicou que as políticas de patrimônio imaterial não existem apenas para conferir títulos, mas para que os governos assumam compromissos de preservação de seus bens culturais, materiais e imateriais.

“O reconhecimento representa um tributo à capoeira como manifestação cultural importante que durante séculos foi criminalizada, além de dar visibilidade internacional. Além disso, reconhece que o Brasil tem políticas públicas para cuidar do seu patrimônio cultural”, disse Jurema em entrevista à Agência Brasil.

Segundo ela, um bem registrado como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade garante mais respaldo ao governo para apoiar, com recursos públicos, iniciativas de preservação do bem cultural, com o incentivo à transmissão do conhecimento e a formas de organização dos capoeiristas. A roda de capoeira é reconhecida como patrimônio cultural pelo Iphan desde 2008.

No dossiê de candidatura, o Iphan enumerou uma série de ações para difundir a modalidade e propõe medidas de salvaguarda orçadas em mais de R$ 2 milhões, como a produção de catálogos e encontros. O documento destacou que o registro vai favorecer a consciência sobre o legado da cultura africana no Brasil e o papel da capoeira no combate ao racismo e à discriminação. O dossiê lembra que a prática chegou a ser considerada crime e foi proibida durante um período da história. Hoje, a capoeira é praticada em muitos países.

“O reconhecimento da roda de capoeira pela Unesco é uma conquista muito importante para a cultura brasileira. A capoeira tem raízes africanas que devem ser cada vez mais valorizadas por nós. Agora, é um patrimônio a ser mais conhecido e praticado em todo o mundo”, destacou, em nota, a ministra interina da Cultura, Ana Cristina Wanzeler.

Além da presidenta do Iphan, a diretora do Departamento de Patrimônio Imaterial (DPI-Iphan), Célia Corsino, diplomatas da Delegação do Brasil junto à Unesco e capoeiristas brasileiros também acompanharam a votação, entre eles os mestres Cobra Mansa, Pirta, Peter, Paulão Kikongo, Sabiá e Mestra Janja.

Segundo o Ministério da Cultura, o Iphan deu apoio aos capoeiristas para fazer amplo inventário dos grandes grupos de capoeira e mestres no Brasil e ajudou-os a instalar comitês estaduais distribuídos pelo país. Neles, capoeiristas podem formular reivindicações e compromissos relacionados à salvaguarda e à promoção dessa manifestação cultural.

Com o título, a prática cultural afro-brasileira reúne-se agora ao Samba de Roda do Recôncavo Baiano (BA), à Arte Kusiwa- Pintura Corporal (AP), ao Frevo (PE) e ao Círio de Nazaré (PA), também reconhecidos como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. (Agência Brasil)

Interessante texto da professora Madalena França -Orobó

Se for comprar presente de final de ano, não esqueça o óleo de peroba. Tá cheio de gente precisando usá-lo.


Chega de planejar o futuro e tropeçar no presente. 
Chega de pensar demais e fazer de menos. 
Chega de ficar quebrando a cara com os velhos erros de sempre.Porque, pra viver de verdade, a gente tem que quebrar a cara. Tem que tentar e não conseguir. Achar que vai dar certo e ver que não deu.‎"Caiu finalmente a minha ficha. Não posso concertar o mundo de ninguém nem para ninguém.

Dizem que a natureza é implacável! Se o cara nasce mané,cresce mané, morre mané.Mas eu não nasci mané. nasci Madalena então vou cuidar de mim e ser feliz.

O deputado federal eleito Ricardo Teobaldo continua visitando os municípios

Gratidão – O ex-prefeito de Limoeiro e deputado federal eleito, Ricardo Teobaldo (PTB), continua visitando as lideranças que o apoiaram para agradecer os votos recebidos. Já esteve em várias cidades do Agreste e na primeira quinzena de dezembro irá ao Pajeú. Teobaldo será o primeiro representante de Limoeiro na Câmara Federal depois que Maurílio Ferreira Lima deixou a política.

Em defesa do senador

Mesmo sendo opositor político do senador Humberto Costa (PT), o prefeito de São Lourenço, Ettore Labanca (PSB), deu este depoimento em favor dele: “Conheço Humberto há mais de 20 anos e nunca o vi metido em falcatruas. Dizer que ele recebeu propina da Petrobras é uma indecência. Ele é um político decente e de vida limpa. É preciso que Pernambuco se levante em favor dele porque nossos homens públicos são diferenciados e não podem cair na vala comum”.

Renildo volta à ruas de Olinda

Renildo Calheiros promete urbanizar no médio prazo todas as 74 ruas do bairro de Jardim Brasil
Após um “mergulho” de vários meses, o prefeito Renildo Calheiros está sendo visto diariamente nas ruas de Olinda, geralmente visitando obras que a burocracia do serviço público e o caixa baixo da prefeitura não permitiram que fossem entregues à população no primeiro semestre deste ano. O prefeito tem consciência do seu desgaste, dado que os problemas do município são infinitamente maiores que sua capacidade de investimento. E assume a culpa por não ter divulgado aquilo que conseguiu fazer dentro das limitações financeiras da municipalidade. Promete, entretanto, inaugurar no médio prazo a urbanização da orla até a ponte do Janga, o novo estádio de futebol com capacidade para 16 mil pessoas, a pavimentação de 50 ruas que já estão totalmente concluídas e a urbanização de todo o bairro de Jardim Brasil (74 ruas). Se mais não fez, garante o burgomestre olindense, não foi por falta de vontade, e sim de recursos.

Governo federal injetará mais R$ 3,8 bilhões nos cofres das prefeituras nos próximos dois anos.

Os municípios brasileiros terão um aumento nos recursos transferidos a eles mensalmente pelo governo federal. A Câmara aprovou de forma definitiva nesta quarta-feira (26) a proposta de emenda à Constituição que eleva em um ponto percentual, até 2016, o repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios). O fundo é formado por recursos arrecadados com o Imposto de Renda e o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). Desse montante, hoje 23,5% são distribuídos entre as prefeituras.
Pela emenda aprovada em segundo turno por 349 votos a favor e apenas 1 contra – e que segue para promulgação –, esse percentual subirá para 24% em 2015 e 24,5% em 2016.
Segundo cálculos de governistas, o reajuste injetará mais R$ 3,8 bilhões nos cofres das prefeituras nos próximos dois anos. A distribuição dos recursos aos municípios é feita de acordo com o número de habitantes.(Da Folha de S.Paulo)

Queixam-se e gastam

Carlos Brickmann
Papel caro? Deve ser um daqueles boatos que dono de jornal gosta de espalhar, para reduzir a equipe e dizer que isso é necessário para controlar os custos. Porque, na prática, todos se comportam como se o papel pagasse à empresa para ser desperdiçado.

Uma seção nobre, numa página nobre, num jornal da maior importância, informa: "Durante as eleições, a presidenciável Marina Silva (PSB) ficou hospedada em São Paulo em um apartamento no mesmo quarteirão do prédio onde morou o doleiro Alberto Youssef, segundo endereço informado à PF".

Trata-se de uma informação da maior importância, claro; de evidente interesse público. Faltou alguma complementação. Por exemplo, que o presidente Barack Obama "mora na mesma cidade em que o presidente Lincoln foi assassinado". Pode-se passar até para outro bestialógico, o de um grande centroavante que, chegando a Belém do Pará, manifestou sua satisfação por jogar na cidade em que Jesus nasceu. Será um bestialógico maior que o outro? Não: igualzinho.

Uma imensa gleba usada para reflorestamento, gastos com plantio, adubação, combate às pragas, corte das árvores, processamento da madeira, transformação em pasta de celulose, em papel, transporte, e tudo para publicar notícias dessas? E ainda esquecendo detalhes dos mais saborosos. O (ainda) ministro Guido Mantega nasceu em Genova, no mesmo país onde Henrique Pizzolato está morando.

Uma informação como essa, convenhamos: não é nada, não é nada, não é nada mesmo.