Prefeito de orobó pode ficar inelegível e com contas reprovadas

O Tribunal de Contas de Pernambuco, julgou neste último dia 14, as 219 (duzentas e dezenove) contratações de pessoal da Prefeitura de Orobó, realizadas em 2014.
Das 219, apenas duas foram julgadas legais.
Este procedimento pode implicar na REJEIÇÃO das Contas do 2014 do Prefeito de Orobó, e inclusive torná-lo "ficha-suja".
Veja o inteiro teor do procedimento em um clique:
http://sistemas.tce.pe.gov.br/…/PesquisaJurisprudencia!baix…
Prefeito de orobó pode ficar inelegível e com contas reprovadas

Katia discute com Caiado durante sessão no Senado

Durante reunião da comissão do impeachment no Senado, hoje, a ministra Kátia Abreu (Agricultura) discutiu com o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que a questionou sua presença no governo.
Abreu, única ministra do PMDB ainda no governo Dilma Rousseff, disse que não tinha dado a "ousadia" e que a questão era pessoal. Em sua fala, Caiado disse à ministra que sua presença no governo "causa constrangimento". Tanto Caiado quanto Abreu são ligados ao agronegócio.
"É algo difícil de poder continuar atendendo um governo que neste momento fomenta cada vez mais a invasão, a destruição do setor produtivo, aí manipulado pelo MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra] e muito bem financiado pelo atual governo", afirmou Caiado.
A ministra disse que não responderia "questões pessoais", e que não tinha dado a "ousadia" ao senador, citando o apoio de Caiado ao ex-presidente Fernando Collor de Mello, que sofreu impeachment em 1992.
"Eu me recuso a responder questões pessoais, de foro íntimo, se fico ou não fico no governo. Mesmo porque quando vossa excelência foi um dos únicos 33 votos que apoiou o Collor e ficou contra o impeachment, eu jamais o questionei, lhe respeitei e não lhe dei essa ousadia", disse Abreu.
Quando retomou a palavra, Caiado respondeu: "Tenho que dizer à minha nobre colega, senadora Kátia Abreu, que eu evolui". Ainda assim, Kátia Abreu não deixou de elogiar o senador Caiado e o classificou como "um companheiro nas lutas do setor agropecuário."

Comissões da Câmara pedem cassação de Bolsonaro

:
Representação feita em nome da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos e da Comissão de Anistia pediu nesta sexta-feira, 29, à Mesa Diretora da Câmara a cassação do mandato do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), por quebra de decoro parlamentar, por ele ter elogiado o torturador Brilhante Ustra na votação da admissibilidade do impeachment na Câmara; segundo o documento, imunidade parlamentar não pode garantir impunidade; “Tal imunidade não é absoluta. Ainda que seja aceita como justificativa para certos abusos não serem punidos no âmbito da Justiça civil e penal, ela não abarca sanções políticas por ato contrário ao decoro parlamentar”

CGE de Minas: governo Anastasia superfaturou obra de R$ 230 milhões

:
Investigação da Controladoria­-Geral de Minas Gerais aponta corrupção, desvios e mau uso de dinheiro público na construção de um centro internacional de meio ambiente no governo de Antonio Anastasia (PSDB), atual senador e relator da comissão especial do impeachment de Dilma; CGE auditou uma amostra de R$ 37,7 milhões em recursos gastos na obra, 16% dos R$ 230 milhões do total do projeto, no município de Frutal (MG);s prejuízos aos cofres públicos chegaram a R$ 18 milhões; segundo o órgão, parte das irregularidades beneficiou a Construtora Waldemar Polizzi (CWP), que pertenceu a parentes de Anastasia até quatro meses antes de ele assumir o governo mineiro em 2010

Cunha persegue irmão de Zico no Detran do Rio

:
Examinador de trânsito Antônio Antunes Coimbra, irmão do ex-jogador Zico, despertou uma indignação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), após reprovar a filha do parlamentar, Camilla Ditz Cunha, na prova da baliza, em junho de 2008, na Ilha do Fundão; Coimbra ou Tunico, como é conhecido no Detran-RJ, ele nunca mais foi chamado para a banca de examinadores, depois que Cunha o acusou de tentar extorquir a filha; na época, o governador Sergio Cabral (PMDB) enviou email a órgão elogiando a família de Tonico e criticando Cunha: “Esse senhor que acusa um membro da família (de Zico) é sinônimo do que há de pior na vida pública brasileira”

Ciro: Michel Temer é um “conspirador FPD”

:
Durante palestra para estudantes da PUC de São Paulo, o ex-ministro Ciro Gomes, presidenciável pelo PDT, chamou o vice-presidente Michel Temer de "conspirador filho da puta"; "E quem está preocupado com a decência do Brasil, durma com um barulho desses, que o vice-presidente da República que assume em junho é Eduardo Cunha. E o Michel Temer, na sua vaidade de safado..."; quando Ciro cita a palavra "safado", a plateia ri. E o pré-candidato do PDT à presidência acaba elevando ainda mais o tom das críticas, chegando aos palavrões: "Não deviam rir. Esse (Temer) é um salafrário dos grandes. Conspirador filho da p..."

DILMA RENOVA MAIS MÉDICOS, ATACA GOLPE E CRITICA O PLANO TEMER NA SAÚDE

: <p>Brasília - DF, 29/04/2016. Presidenta Dilma Rousseff durante cerimônia de anúncio da prorrogação da permanência dos médicos brasileiros formados no exterior e estrangeiros no Programa Mais Médicos. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR</p>
Nesta manhã, a presidente Dilma Rousseff assinou Medida Provisória, em que renovou o programa Mais Médicos, garantindo a permanência de 7 mil profissionais no programa neste ano; na cerimônia, ela voltou a atacar o golpe parlamentar de que é vítima; "O processo que está em curso no Brasil tem nome e seu nome é golpe", disse ela; "Trata-se de uma eleição indireta, coberta pelo manto do impeachment, daqueles que não tiveram votos nas urnas"; ela afirmou que não luta apenas para preservar seu mandato, mas também para garantir conquistas sociais, como o Mais Médicos; "Hoje, atendemos 63 milhões de pessoas, muitas das quais jamais haviam tido atendimento médico"; ela também criticou proposta do vice Michel Temer na área de saúde; “Qualquer um que propõe fazer ajuste fiscal diminuindo as despesas com saúde da população está propondo um grande retrocesso. Muito pior ainda se ousar eliminar a vinculação obrigatória e constitucional dos gastos com a área de saúde, prevista emenda 29 da Constituição”, afirmou

PSDB PAGOU R$ 45 MIL A JANAINA PASCHOAL POR PARECER DO GOLPE

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agênci: <p>Brasília - Miguel Reale Junior (E) e Janaina Paschoal, autores do pedido de afastamento da presidenta Dilma, e o relator da comissão, Antonio Anastasia (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)</p>
"Os juristas Miguel Reale Júnior e Janaina Paschoal foram pagos com R$ 45 mil do PSDB para elaborar impeachment golpista. A advogada confessou no Senado ter recebido o montante", diz a deputada Jandira Feghali, sobre a sessão de ontem, no Senado Federal, em que os advogados tucanos defenderam o golpe parlamentar contra a presidente Dilma Rousseff; O líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT-CE), ressaltou que o pedido de impeachment nasceu de um parecer encomendado pelo PSDB, pelo qual Janaína Paschoal teria recebido R$ 45 mil; assista o vídeo em que ela diz ter sido contratada e paga pelo PSDB

BINGO BENEFICENTE DO SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS DE OROBÓ, NO DIA 1º DE MAIO

Atenção!!! 

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Orobó, realizará no dia 01/05/2016, um grandioso bingo beneficente, na quadra de eventos no centro da cidade de Orobó, a partir das 14:00 horas.


Prêmios: 

01 - um celular
02 - um fogão
03 - uma televisão LCD
04 - um fusca. 

Ponto de vendas nas comunidades. Procurar os delegados sindicais e na sede do sindicato. Valor da cartela apenas R$ 10,00 reais.



VEREADOR MANUEL MARIANO DESEJA FELIZ ANIVERSÁRIO A SUA QUERIDA MÃE CELINA MARIA DE JESUS

Feliz aniversário, minha mãe querida Celina Maria de Jesus! Hoje o dia é seu, mas o presente é todo nosso que temos o privilégio de conviver contigo!
Agradeço por você ser essa mulher maravilhosa, exemplo de força e perseverança para nossa família. Quero aproveitar o seu dia para dizer que Deus não poderia ter me dado uma mãe melhor, você é cuidadosa, amorosa e extremamente importante em nossas vidas. Contigo, tenho aprendido a ser uma pessoa melhor!
Que Deus lhe conceda muitos anos de vida, já que a eternidade não é possível. Amo e admiro muito você. 
Parabéns! Feliz Aniversário! 
Um grande e afetuoso Abraço do seu filho Manuel Mariano, nora Socorro Aguiar e netos Matheus Igor e Marianne Laís. 

Ministério Público de SP manda mulher de deputado do DEM devolver R$ 30 milhões

Na Câmara, Eli Corrêa Filho, votou  a favor do impeachment e ainda argumentou que estava votando contra a corrupção
A Justiça paulista determinou nesta quarta-feira (27) que uma empresa de propriedade da mulher do deputado federal Eli Corrêa Filho (DEM-SP) devolva, em 48 horas, R$ 30 milhões que havia obtido em um processo de desapropriação relativo a obras do trecho norte do Rodoanel.

A Dersa e o DER (Departamento de Estradas de Rodagem), órgãos do governo do Estado, questionam os valores de perícia judicial de um terreno de propriedade da Empreendimentos Imobiliários Quadra de Ás, que tem entre seus sócios Francislene Assis de Almeida Corrêa.

Inicialmente, o Estado fizera uma oferta inicial de R$ 5 milhões pela área, que a empresa questionou em juízo. A 1ª Vara da Fazenda Pública de Guarulhos determinou que nova perícia fosse feita por perito judicial da região; dessa vez, chegou-se ao preço total de R$ 37 milhões.

TJ dá mais prazo para tucano Azeredo recorrer de condenação no mensalão tucano

Será o primeiro recurso de Azeredo em segunda instância desde que foi condenado na primeira instância em dezembro do ano passado, 17 anos após ocorrerem os crimes a ele atribuídos
E o Estadão mostra como a justiça funciona com os políticos do PSDB que cometeram corrupção...O desembargador Alexandre Victor de Carvalho, da 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, deu prazo de até 9 de maio para a defesa do ex-governador do Estado e ex-presidente do PSDB Eduardo Azeredo apelar da sentença que o condenou a 20 anos e 10 meses de prisão por peculato e lavagem de dinheiro no escândalo do mensalão tucano. O prazo de 8 dias úteis para a defesa se manifestar começa a ser contado a partir do dia 2 de maio.

Com isso, será o primeiro recurso de Azeredo em segunda instância desde que foi condenado na primeira instância em dezembro do ano passado, 17 anos após ocorrerem os crimes a ele atribuídos. Azeredo é o único filiado ao PSDB condenado por envolvimento no esquema que desviou ao menos R$ 3,5 milhões de estatais mineiras por meio das empresas de publicidade de Marcos Valério -
Com o novo entendimento do Supremo sobre prisões após condenação em segunda instância, antes de esgotar recursos em todas as instâncias, caso o Tribunal de Justiça de Minas decida manter a condenação, o ex-governador poderá ser preso.

Em primeira instância, a juíza Melissa Costa Lage, que condenou Azeredo, rejeitou em fevereiro os embargos de declaração da defesa do tucano. Em dura sentença de 125 páginas, Melissa Costa Lage apontou que o tucano teria mentido várias vezes, inclusive em depoimentos à Justiça, ao tentar se desvincular das atividades de seu comitê eleitoral.

Azeredo teria utilizado contratos de publicidade de fachada para os eventos esportivos Enduro da Independência, Mundial de Supercross e Iron Biker patrocinados pelas estatais mineiras Comig (Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais, atualmente Codemig), Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) e o extinto Bemge (Banco do Estado de Minas Gerais, privatizado em 1998) por meio da SMP&B Comunicação e da DNA propaganda, usadas por Marcos Valério para abastecer os esquemas petista e tucano.

Esse dinheiro, segundo a juíza, abasteceu o caixa 2 da campanha de Azeredo em 1998. "Criou-se uma organização criminosa complexa, com divisão de tarefas aprofundada, de forma metódica e duradoura", assinalou Melissa Costa Lage na sentença.

Por que paralisaram a Lava Jato, pergunta o vereador Osmar Ricardo?

O líder da oposição na Câmara Municipal do Recife, vereador Osmar Ricardo (PT), cobrou nesta quinta-feira, 28 o prosseguimento das investigações pela Operação Lava Jato, que, segundo ele, “anda muito esquecida.
Segundo ele, desde a aprovação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff por parte da Câmara Federal a “Operação” sumiu do noticiário.
“Isso é muito estranho e já dá clara demonstração do que poderá ser o governo Michel Temer. Os jornais do Sul do país já não divulgam quase nada sobre a Lava Jato”, declarou.
Para o petista, a intenção de estampar todos os dias no noticiário informações sobre o andamento da Lava Jato tinha como principal intenção enfraquecer o governo da presidente Dilma Rousseff.
“Cadê Mendonça Filho (DEM) que todos os dias ia à imprensa para falar da Operação? Ele agora não fala porque fez parte desse golpe e pode virar ministro de Michel Temer”, disse o vereador.

Felicitação por aniversário é propaganda eleitoral antecipada…

Propaganda eleitoral antecipada...
                             Propaganda eleitoral antecipada…

Minirreforma eleitoral, propaganda antecipada e outdoor

Antonio Carlos Barreto Campello
Procurador Regional Eleitoral em Pernambuco

A Lei 13.165/2015 (minirreforma eleitoral), trouxe uma mudança significativa em relação à exposição dos pré-candidatos, inserindo no ordenamento jurídico a admissão de atos de pré-campanha, antes proibidos. Esse fato demandou a revisão da jurisprudência então formada sobre o tema, que ficou obsoleta em face da inovação legislativa. E foi isso que o TRE-PE fez na sessão do dia 8 de abril, ao julgar o Recurso Eleitoral 3-96.2016.6.17.0135, da Relatoria do Des. Eleitoral Paulo Victor V. Almeida, estabelecendo balizas para a realização de atos de pré-campanha.

Conforme entendimento da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), as novas regras, embora mais permissivas do que as anteriores, não se traduzem em larga avenida pela qual podem os pré-candidatos transitar livremente, tendo como única restrição, como pensam alguns, o pedido explícito de votos. Ao contrário, existem outras proibições advindas da interpretação sistemática da legislação eleitoral e da Constituição.

Sabe-se que somente a partir do registro da candidatura os candidatos poderão realizar despesas ou receber doações de campanha, inclusive aquelas estimáveis em dinheiro. Portanto, não é possível que eles efetuem, de forma lícita, gastos com atos de pré-campanha. Aliás, de forma coerente, quando verificada a necessidade de realização de despesas nesses atos, a minirreforma eleitoral atribuiu o ônus expressamente ao partido político. Ressalte-se ainda que a legislação eleitoral proíbe abuso de poder econômico e político ou uso indevido dos meios de comunicação social.

TCE entrega lista de políticos com contas rejeitadas até julho…

1617

A lista de gestores públicos de Pernambuco com contas rejeitadas nos últimos anos deve ser encaminhada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) à Justiça Eleitoral até 5 de julho. A previsão foi dada esta semana pelo presidente do TCE, Carlos Porto, a um programa de rádio de Carpina, na Zona da Mata do Estado. O repasse da informação está previsto na Lei Federal 9504/1997, que estabelece as normas para as eleições. O Ministério Público Federal tem alertado os Tribunais de Justiça e de Contas que alimentem o sistema eletrônico Sisconta Eleitoral para que seja possível, em tempo hábil, a análise dos candidatos às próximas eleições majoritária e proporcional, evitando assim que participem do pleito aqueles com a ficha suja ou que seriam inelegíveis por improbidades administrativas anteriores.

O registro de candidatura para as eleições municipais deste ano pode ser feito até às 19h do dia 15 de agosto. Conforme a representação regional do MPF, em Pernambuco, o ideal é que as informações sobre as contas dos políticos estejam atualizadas antes dessa data. Só devem ser relatados os casos em que a rejeição das contas se deu por “irregularidade insanável e por decisão irrecorrível do órgão competente”, como está previsto no artigo 11 da Lei das Eleições. (Jornal do Commercio)

Aécio, o falso esperto, foi derrotado pelos espertos de fato: Temer e Cunha

:
"Um falso esperto é facilmente desbancado por um esperto de verdade. Foi onde Aécio se deu mal ao aproximar seu rancor de derrotado de Eduardo Cunha e Michel Temer. Ao associar sua birrenta e irresponsável estratégia de terceiro turno com os próceres do PMDB, que lhe pareceram no momento o melhor caminho, o ex-governador de Minas, como péssimo mineiro, entregou a faca e o queijo", diz o jornalista João Paulo Cunha, no Brasil de Fato; "Depois de tanta histeria e ranger de dentes, Aécio ficou com a broxa na mão"

Temer: “as tarefas difíceis eu entrego à fé de Cunha”

:
Um vídeo publicado nesta quinta-feira (28) pelo senador Lindbergh Farias (PT-RJ), em seu Facebook, aponta a estreita relação entre o vice-presidente da República, Michel Temer, e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (RJ), ambos do PMDB e citados na Operação Lava Jato; "Eu tenho do Eduardo Cunha um auxílio extraordinário na Câmara Federal. Se você quiser dar uma tarefa das mais complicadas para o deputado Eduardo Cunha, ele simplifica porque trabalha muito", disse Temer; segundo ele, quando Cunha se manifesta "está presente a sua fé"; "E a fé é que mobiliza as pessoas. Então as tarefas difíceis eu entrego à fé do Eduardo Cunha";

MP tentou induzir depoimento contra Lula

:
Áudio divulgado pelo Conjur mostra quatro procuradores do Ministério Público Federal pressionando um homem para depor contra o ex-presidente Lula; ameaças veladas, como “se o senhor disser isso, eu apresento documentos, e aí vai ficar ruim pro senhor” foram feitas em plena operação Lava Jato; a conversa foi gravada pelo filho do interrogado, um trabalhador da região de Atibaia, chamado Edivaldo Pereira Vieira; os autores da pressão foram os procuradores do Ministério Público Federal Athayde Ribeiro Costa, Roberson Henrique Pozzobon, Januário Paludo e Júlio Noronha, que tentam forçar o homem a dizer que conhece Jonas Suassuna, um dos proprietários do sítio frequentado por Lula; ouça o áudio.

El País: Temer é o presidente que ninguém quer no Brasil

:
Reportagem do jornal espanhol El Pais destaca pesquisa Ibope sobre o impeachment no Brasil, que aponta que apenas 8% dos entrevistados apoia um eventual governo Temer; texto ressalta que o vice, “que agora negocia seu futuro governo na sombra, foi chamado pela própria presidente Dilma Rousseff de conspirador e golpista”, e que é suspeito de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras 

Dilma estuda reajustar o Bolsa Família

:
Em reunião com CUT, MST e MTST de apoio ao governo, PT indicou que a presidente Dilma Rousseff pode reajustar o Bolsa Família antes de deixar o gabinete presidencial, segundo a colunista Natuza Nery; ‘para líderes dessas entidades, o aumento agradaria à base do PT e tiraria “o doce da boca de Michel Temer”, que promete elevar o valor do benefício ao assumir’, diz

Prefeito do Recife defende novas eleições presidenciais

Foto: Andréa Rêgo Barros/PSB:
Prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), defendeu  que a legenda socialista não faça parte da gestão de um eventual governo do vice-presidente Michel Temer (PMDB), e assim como o correligionário e governador de Pernambuco, Paulo Câmara, se mostrou favorável à realização de novas eleições; "A gente acha que o País precisa ter um presidente para fazer as mudanças que precisamos e para recolocar o governo nos trilhos. Então, a gente acha que um presidente eleito pela população pode conseguir essa força política e fazer essas transformações", disse o socialista; nesta reça-feira o governador já hava defendido a realização de novas eleições presidenciais caso o impeachhment da presidente Dilma Rousseff seja aceito pelo Senado

Dez ministros do STJ possuem parentes atuando na Corte

:
Nada menos que dez ministros possuem filhos ou cônjuges atuando como advogados em processos que tramitam no STJ; apesar do Código de Processo Civil vetar explicitamente a votação em processos de interesse de cônjuge e filhos, a legislação não coíbe a prática envolvendo advogados parentes de outros ministros do tribunal, o que abre possibilidade para tráfico de influência e troca de favores; "Tudo o que a sociedade reclama é que a condição de parente de julgador não implique privilégio de tratamento no tribunal em relação a outros advogados", diz o ministro corregedor da Justiça Federal, Og Fernandes

Com Temer, aposentadoria só aos 65 anos

:
Em caso de impeachment, o vice Michel Temer pretende enviar ainda em maio propostas de duas reformas ao Congresso: da Previdência e trabalhista; segundo o ex-ministro Roberto Brant, que comandou o Ministério da Previdência de FHC e formula a agenda de Temer para o setor, a principal mudança é a fixação de idade mínima para aposentadoria de 65 anos para homens e mulheres; também está prevista a desvinculação dos benefícios previdenciários e assistenciais do salário-mínimo – que passariam a ser corrigidos apenas pela inflação; as propostas são rejeitadas por sindicalistas como a CUT; nas relações trabalhistas, ideia é flexibilizar a CLT e permitir às empresas fechar acordos livremente; ‘Temer tem condições de fazer as reformas. Se deixar para depois, já era. Vão tentar jogar a sociedade contra ele’, disse Brant 

Programação do Congresso dos Vereadores promovido pela UVP em Salgueiro

Programação do Congresso em Salgueiro
A União dos Vereadores de Pernambuco - UVP realiza o próximo Congresso Estadual de Vereadores e Servidores de Câmaras e Prefeituras Municipais entre 28 de abril a 1º de maio, no auditório do Salgueiro Plaza Hotel, em Salgueiro, sertão de Pernambuco.

Confira a programação completa: 

A PALAVRA DE DEUS

Anastasia recebeu doações de 5 empreiteiras e 1 banco citados na Lava Jato

Escolhido para ser o relator do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG) recebeu, na eleição de 2014, doações de empreiteiras e de um banco citados na Operação Lava Jato. Anastasia teve a campanha mais cara do país entre todos os candidatos ao Senado

 Governador de Minas Gerais entre 2010 e 2014, Anastasia foi o dono da campanha mais cara do país entre todos os candidatos ao Senado no ano retrasado.

Ele recebeu R$ 18,1 milhões em doações, contra R$ 15,2 milhões do segundo colocado, o ex-ministro Gilberto Kassab (PSD-SP), de acordo com informações do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Em Minas, Anastasia arrecadou mais que o dobro do que a soma recebida por todos os outros sete candidatos a senador.

Com as empreiteiras Andrade Gutierrez, UTC, OAS, Odebrecht e Queiroz Galvão e o banco BTG Pactual, todos citados na Lava Jato, a campanha do tucano arrecadou R$ 2 milhões, o que representa 11,1% do total recebido pelo então candidato. Dirigentes das seis empresas foram presos na operação --alguns já foram condenados. A Lava Jato investiga um grande esquema de corrupção na Petrobras envolvendo políticos e empreiteiras, como o pagamento de propinas por meio de doações ilegais para campanhas eleitorais.

A maior parte das contribuições das construtoras foi repassada à campanha de Anastasia pelo PSDB e por outras candidaturas do partido. O banco doou R$ 1 milhão diretamente ao seu comitê.

Quatro das empreiteiras citadas acima participaram de consórcios que construíram a Cidade Administrativa do governo de Minas Gerais. Ao custo de mais de R$ 1 bilhão, o conjunto foi inaugurado em 2010.

Em novembro de 2014, logo após as eleições, a Lava Jato avançou na investigação de empreiteiras suspeitas de participar de desvios na Petrobras. Um ano depois, veio à tona a investigação de André Esteves, que controlava o BTG Pactual e foi preso por suspeita de tentar obstruir as investigações da operação -- sua prisão domiciliar foi revogada na segunda-feira (25).

Em novembro de 2014, logo após as eleições, a Lava Jato avançou na investigação de empreiteiras suspeitas de participar de desvios na Petrobras. Um ano depois, veio à tona a investigação de André Esteves, que controlava o BTG Pactual e foi preso por suspeita de tentar obstruir as investigações da operação -- sua prisão domiciliar foi revogada na segunda-feira (25).

Investigação arquivada
Por suspeita de lavagem de dinheiro, Anastasia chegou a ser incluído em um dos inquéritos da operação. A investigação foi aberta em março de 2015 porque o policial federal Jayme Alves de Oliveira Filho havia dito em depoimento que entregara, em 2010, a mando do doleiro Alberto Youssef, R$ 1 milhão a uma pessoa que parecia ser o senador.

Sete meses depois, o inquérito foi arquivado pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki. O magistrado acolheu pedido da Procuradoria Geral da República, que avaliou não haver elementos suficientes para manter a investigação.

Dois meses atrás, Zavascki manteve o arquivamento do inquérito, acolhendo novamente um pedido da Procuradoria. A Polícia Federal pedia a reabertura da investigação com base em documentos que poderiam envolver Anastasia em supostos pagamentos feitos pelo governo de Minas Gerais às construtoras OAS e UTC.

"Dilmasia"
Advogado, o atual senador elegeu-se vice-governador de Minas em 2006, com Aécio Neves na cabeça de chapa. Assumiu a administração estadual em março de 2010, quando Aécio renunciou para disputar uma vaga no Senado. Cinco meses depois, Anastasia foi eleito governador para um novo mandato.

Curiosamente, na época, ganhou força em Minas o voto "Dilmasia", ou seja, a combinação de votos em Dilma para presidente e Anastasia para governador, deixando em segundo plano o então candidato do PSDB à Presidência, José Serra. Da Uol

E Aécio Neves posa, todo sorridente, ao lado de Anastia, o relator do golpe, que pode afastar Dilma da presidência

Governador Alckmin nomeia para seu governo envolvido na Alba Branca por propina na merenda

 Seria um premio pela corrupção praticada no governo tucano?


Mesmo tirando foto com o dinheiro da propina da Merenda, ele não foi para a cadeia
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), nomeou para o cargo de coordenador do Arquivo Público de São Paulo Fernando Padula Novaes, ex-chefe de gabinete da Secretaria da Educação do Estado que está sob investigação da Operação Alba Branca - ação integrada da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual para combate à máfia da merenda escolar.
 Grampos da Alba Branca indicam que Padula era chamado de "nosso homem" por um operador da organização que fraudava licitações da merenda - Luiz Roberto dos Santos, o "Moita", ex-chefe da Casa Civil de Alckmin.O decreto de nomeação de Padula para o Arquivo Público, em comissão, foi publicado no Diário Oficial edição de quinta-feira, 21. Ele assume a vaga deixada por Izaias José de Santana.
O Arquivo é responsável pela formulação de políticas públicas de gestão documental para o Governo Geraldo Alckmin (PSDB) e possui um rico acervo formado por quase 35 mil metros quadrados lineares de documentação sobre a história de São Paulo e mais de 400 mil imagens digitalizadas.

Quadro do PSDB, Fernando Padula é alvo da Alba Branca, investigação sobre organização que se infiltrou em pelo menos 22 prefeituras paulistas para fraudar licitações da merenda escolar. O grupo também mirava em contratos da Secretaria da Educação de Alckmin.

VEREADOR MANUEL MARIANO AGRADECE AO DEP. ZÉ MAURÍCIO

Obrigado ao deputado estadual Zé Maurício por esta importante grande obra em Espinho Preto de Baixo - Orobó. Inúmeras famílias serão beneficiadas com este açude comunitário, que já está na metade da sua construção, na propriedade do casal Jorge e Cilene. A emenda parlamentar foi uma solicitação do vice-prefeito Dui do Bujão e do vereador Manuel Mariano.

OBRIGADO A TODOS QUE PARTICIPARAM DA CANTORIA DE VIOLA NA RESIDÊNCIA DO CASAL ELIANE E MATEUS, EM ESPINHO PRETO DE BAIXO - OROBÓ.

Excelente cantoria de viola na comunidade de Espinho Preto de Baixo - Orobó, na residência do casal Mateus e Eliane, com os poetas cancioneiros Ramos da Saudade e Manuel Mariano. 

Participação especial dos poetas repentistas Biu Moura (Orobó) e Biu Caboclo (Lagoa de Itaenga). Os nossos agradecimentos ao casal, aos seus familiares e a todos os amigos e amigas que se fizeram presentes. 

Que Deus abençoe a todos. 26/04/2016.

TSE determinou que PSDB devolva R$ 1,1 milhão

:
Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou com ressalvas as contas do PSDB e do PMDB, referentes ao ano de 2010, devido à aplicação irregular dos recursos do Fundo Partidário; determinou que o PSDB devolva ao erário cerca de R$ 1,1 milhão; na época, o partido era presidido pelo senador Sérgio Guerra, falecido em 2014; também aprovou com ressalvas as contas do PMDB em 2010, então presidido pelo vice-presidente da República, Michel Temer; o partido aplicou 6,37% dos recursos recebidos do Fundo Partidário irregularmente

Ministro da Justiça de Temer critica delações

:
Cotado para ser ministro da Justiça de um eventual governo de Michel Temer (PMDB), o advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira faz uma dura crítica ao sistema de delações premiadas da Lava Jato: "Quem está detido não tem vontade, a vontade é sair da cadeia"; diz também que a Polícia Federal deve ter outros focos além do combate à corrupção; afirma, porém, que é uma “irracionalidade acreditar que o presidente da República ou o ministro da Justiça possam interferir no andamento da operação”; "O que eu, ministro, posso fazer com a Lava Jato? Ligar para [o juiz] Sergio Moro e dizer: 'Olha, não faça isso, não faça aquilo'? Ele me dá voz de prisão em flagrante", disse; advogado do vice, afirma que “não há indícios de crime” nas citações a ele na Lava Jato

RELATOR DO IMPEACHMENT TAMBÉM FEZ PEDALADAS QUANDO ERA GOVERNADOR DE MG

Marcos Oliveira:
Site "O Cafezinho" destaca que Antonio Anastasia — e seu antecessor Aécio Neves — respondem no Ministério Público Federal por uma ação civil pública contra o Estado de Minas Gerais, devido ao descumprimento da Emenda Constitucional 29/2000, que fixa a obrigatoriedade de aplicação do percentual mínimo de 12% do orçamento em ações e serviços de saúde pública; por dez anos “R$ 9.571.062.581,53 deixaram de ser aplicados no Sistema Único de Saúde (SUS) pelo Estado de Minas Gerais”

Lava Jato faz primeira crítica a Temer

:
Investigadores da Lava Jato afirmam que a possível nomeação do criminalista Antonio Claudio Mariz de Oliveira no Ministério da Justiça de Michel Temer é sinal de "descompromisso" do PMDB contra a corrupção; "O dr. Mariz é um advogado competente, mas ele tem posições complicadas. Se ele vier a ser nomeado, isso sinalizaria claramente que o eventual novo governo não tem compromisso com a luta anticorrupção", disse o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos coordenadores da Lava Jato, em Curitiba

BOMBA! Áudio de senador do PMDB desmascara o golpe


“Vão chorar lágrimas de sangue, e pedir para o PT voltar se esse impeachment passar no senado” — diz o senador do PMDB de Brasília, Hélio José, em conversa telefônica com deputado. Ouçam até o fim e compartilhem!

Dilma ataca o golpe: quem me julga é corrupto

:
Ao entregar as chaves de 2,8 mil residências na Bahia, nesta terça-feira, a presidente Dilma Rousseff fez mais um discurso contra o golpe parlamentar que enfrenta e bateu duro no parlamentar que conduz o processo; "Quem me julga é corrupto. Esta pessoa que preside a Câmara dos Deputados todo mundo sabe que tem contas no exterior", disse ela, referindo-se ao deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ); Dilma afirmou ainda que está sendo julgada por ter feito uma opção pelos mais pobres; "Meu governo fez uma opção pelo Minha Casa, Minha Vida, pelo Bolsa Família, pelo Mais Médicos, pela Lei de Cotas", afirmou, pontuando ainda que Michel Temer tem a intenção de reduzir o alcance de programas sociais; em sua fala, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou que pesquisas feitas no estado revelam grande desaprovação popular ao impeachment; “Estamos com o seu governo, com muito orgulho”, disse Rui; “A senhora lidera o maior programa habitacional que a Bahia já viu”

A luta pela democracia humaniza

:
"O golpe é masculino. O golpe é do Cunha, do Temer, do Aécio, do Serra, do FHC, do Bolsonaro, do Maluf, do Pastor Feliciano, da Globo, da FIESP. O golpe é, enfim, da canalha da Casa Grande contra o povo", diz o colunista Jeferson Miola; "A luta democrática é feminina. A democracia reside no mandato legítimo de uma mulher inocente e íntegra, eleita por 54.501.118 brasileiros e brasileiras, que é vítima de uma farsa"; Miola afirma, ainda, que "a esquerda sairá desta guerra menos misógina, menos sexista e menos machista", enquanto "a direita será ainda mais podre e torpe"

Contra “chantagens políticas“, governo liberará toda a verba do ano para PF

:
O governo da presidente Dilma Rousseff vai liberar 160 milhões de reais, o equivalente à verba orçamentária restante para a Polícia Federal até o final deste ano, antes da data prevista para a votação do pedido de abertura de impeachment no Senado, que pode levar ao afastamento temporário da presidente, disse nesta terça-feira o ministro da Justiça, Eugênio Aragão; ele disse que a medida visa garantir que a PF não fique "a mercê de chantagens políticas" após o dia 11 de maio, data em que o Senado deve votar em plenário a admissibilidade do pedido de impeachment de Dilma