Datafolha diz que Lula derrotou mídia e “justiça”


Pesquisa Datafolha escondida nesta sexta-feira 22 de junho de 2018 pelo jornal Folha de São Paulo revela que, agora, a maioria dos brasileiros quer que Lula seja candidato a presidente em 2018. Além disso, o maior contingente de eleitores do país acha que ele é o mais preparado para fazer o país voltar a crescer. Em resumo: Lula venceu a mídia e a “justiça”.
A segunda notícia mais importante sobre a pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira 6 de junho de 2018 é, sem sombra de dúvida, o fato de que o jornal Folha de São Paulo nem sequer mencionou em sua primeira página essa pesquisa, que mostra um dado assombroso: a popularidade de Lula deu um grande salto e, agora, a MAIORIA dos brasileiros quer que ele dispute a eleição presidencial de 2018.
O Blog da Cidadania procurou, procurou, mas não encontrou nem uma chamada discreta na primeira página da Folha anunciando pesquisa que mostra que Lula ganhou enorme força política nas últimas semanas.
Mas não é só. O índice de notícias do jornal mostra que essa  notícia bombástica é a ANTEPENÚLTIMA de dez notícias publicadas no primeiro caderno da Folha de São Paulo, conforme vídeo que você verá a seguir.
A decisão editorial desse jornal de esconder essa pesquisa ACABA com qualquer pretensão da Folha de se dizer “isenta”.
Mas o que importa mesmo são os dados, e eles mostram que Lula ESTRAÇALHOU seus adversários políticos e que os brasileiros estão a exigir, cada vez mais, que o ex-presidente possa ser candidato.
Vale rever o que diz a pesquisa.
1 – Que o maior contingente do eleitorado brasileiro, 32%, acha que Lula é o candidato mais preparado para fazer a economia brasileira crescer.
2 – Que caiu de 62% para 55% o contingente dos brasileiros que acha que Lula não será candidato e que subiu de 34% para 40% os que acham que ele disputará a eleição
3 – Que subiu a 49% o percentual de brasileiros que acha que Lula deve ser candidato, superando o percentual que acha que não deve, que é de 48%
Como se vê, continua o processo de fortalecimento político do ex-presidente, conforme o Blog da Cidadania vinha dizendo. A continuar dessa forma, em breve o país estará exigindo dos poderes constituídos que libertem o líder da oposição da prisão política que lhe foi imposta.
Quem fará essa exigência é a maioria do eleitorado brasileiro, que tem o péssimo hábito de vencer eleições. Quem viver, verá. Assista a reportagem em vídeo

MARCO AURÉLIO DIZ QUE PRISÃO DE LULA É ILEGAL

LULA MARQUES

Um dos ministros mais experientes do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso ilegalmente, durante entrevista que concedeu a uma emissora de televisão portuguesa; no entanto, ele afirmou que a ilegalidade deve ser mantida, uma vez que Cármen Lúcia, presidente da corte, decidiu não pautar essa discussão até setembro; ontem, em nova decisão polêmica, o ministro Luiz Fachin manobrou para manter Lula, que lidera todas as pesquisas, preso ilegalmente. https://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/359402/Marco-Aur%C3%A9lio-diz-que-pris%C3%A3o-de-Lula-%C3%A9-ilegal.htm

PESQUISA IPSOS: 55% JÁ REJEITAM MORO E APENAS 37% DOS BRASILEIROS O APROVAM

REUTERS/Leonardo Benassatto


A atuação do juiz Sergio Moro, que prendeu o ex-presidente Lula sob aplausos da mídia nacional, é aprovada por apenas 37% dos brasileiros, enquanto 55% rejeitam sua conduta – em março, antes da prisão de Lula, o menos rejeitado entre os presidenciáveis, 44% aprovavam Moro e 47% o rejeitavam; este é o dado mais marcante da pesquisa Ipsos, divulgada neste sábado. https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/359404/Pesquisa-Ipsos-55-j%C3%A1-rejeitam-Moro-e-apenas-37-dos-brasileiros-o-aprovam.htm

Datafolha diz que Lula derrotou mídia e “justiça”

"É preciso mostrar mais futebol", diz Lula sobre jogo contra Costa Rica


"Meus amigos e minhas amigas,
Vocês se lembram que, depois da estreia da Seleção contra a Suíça, chamei a atenção para a possibilidade do pequeno Davi vencer o gigante Golias. E quase aconteceu no jogo do Brasil contra a Costa Rica.
Se a partida tivesse terminado no tempo normal, seria um empate. Graças à cera da Costa Rica, o Brasil fez seus dois gols na prorrogação.
Certamente, os brasileiros que ficaram irritados com a cera dos adversários estão agora felizes, porque ganhamos 8 minutos a mais para decidir o jogo; e os torcedores da Costa Rica ficaram muito chateados por terem perdido nesses 8 minutos. Isso se chama futebol.
Temos de reconhecer que o Brasil outra vez não jogou bem, e o Tite sabe disso. Não jogou bem porque o adversário não deixou e será assim em todos os jogos. Ninguém quer perder para o Brasil. 
Por isso, o jogo coletivo e a criatividade dos nossos jogadores tem de prevalecer. Tivemos quase 70% de posse de bola no tempo normal, mas só marcamos na prorrogação.
Muitos comentaristas brasileiros oscilam entre a arrogância de afirmar que somos os melhores do mundo, para depois cair na depressão de dizer que não somos de nada.
Lembro da Copa de 2014. A Seleção Brasileira era o máximo no começo da Copa e terminou humilhada pela Seleção da Alemanha, que passou a ser tratada como se fosse a maior maravilha do mundo.
A verdade é que em 2014 o Brasil não foi bem desde o início, não fez nenhum jogo bom. Ganhamos ou empatamos sempre raspando.
Agora é a mesma coisa. Ainda não jogamos bem e o papel dos adversários é esse mesmo: não deixar o Brasil jogar.
Se quisermos ser campeões do mundo, temos de apresentar um futebol superior ao que mostramos nos dois primeiros jogos.
A responsabilidade é grande, e a emoção também. 
A cena do Neymar chorando é a demonstração do estado psicológico de um jogador que carrega nas costas a responsabilidade de ser o melhor do time. Não pode continuar assim. 
O Neymar não é obrigado a bater todas as faltas nem todos os escanteios. Na minha opinião, ele tem de ficar perto da área do adversário para pegar os rebotes. 
E faltas, só aquelas com possibilidade de cruzar na área. Para bater faltas temos outros. O Phelipe Coutinho é especialista.
Toque final:
Podemos até ter menos tempo de bola nos próximos jogos, mas precisamos acertar o gol. Aí, as vitórias virão.
Um abraço do Lula."

Zé Maurício: Alepe concede Título de Cidadã Pernambucana à Diretora Regional do Grupo Unifavip|Wyden…

Por iniciativa do deputado estadual Zé Maurício, a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) entregou, em Reunião Solene – realizada na noite desta quarta-feira (20) – o Título de Cidadã Pernambucana à administradora Mauricélia Bezerra Vidal Montenegro, atual Diretora regional do Centro Universitário Vale do Ipojuca-Unifavip/ Wyden(anterior DeVry), localizado em Caruaru, no Agreste Central.

Ganhadora do prêmio “Excelência em Liderança” em 2014 da Devry em Chicago, em reconhecimento aos melhores gestores do grupo no mundo, além de integrar o programa de desenvolvimento de carreira Catalyst nos EUA e fazer parte do EDGE – grupo de empoderamento feminino também nos Estados Unidos – , Mauricélia nasceu em uma família de agricultores em Santana dos Garrotes na Paraíba. Tendo ido morar em Campina Grande muito jovem, trabalhou no comércio e formou-se em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Campina Grande (PB).

Mestra em Ciência Política pela UFCG, ao se mudar para Caruaru, há 17 anos, ingressou nos quadros da então Faculdade Vale do Ipojuca (Favip), onde assumiu o cargo de coordenadora. Doutoranda em Administração, Mauricélia é atualmente Diretora Regional de 5 Instituições de Ensino Superior do Grupo Unifavip|Wyden na PB, PE e BA, sendo responsável por cerca de 23 mil estudantes e 2 mil colaboradores. No Recife, ela ainda dirige a Faculdade de História da UniFBV/Wyden.

“Obrigado, Mauricélia! Pernambuco a homenageia nesta noite e a agradece por todos os frutos que foram dados ao nosso povo nos últimos 17 anos”, ressaltou o deputado Zé Maurício, que reverenciou o fato de a homenageada, mãe de duas filhas gêmeas, ter tido uma vida sempre guiada e transformada pela educação – paixão que repassa a outras tantas pessoas.

O discurso do parlamentar foi sublinhado por outros presentes, como o deputado Tony Gel, que presidiu a Sessão Solene, e deputada Laura Gomes, que também acompanhou a homenagem, além da Coordenadora Acadêmica da Unifavip|Wyden, Dra. Emília Queiroz, entre outros participantes da ocasião. (Assessoria)

Grupo Ferreira rompe com Paulo Câmara

Nota oficial 
Há alguns meses o nosso grupo vem dialogando com vários segmentos da sociedade sobre a necessidade do Estado de Pernambuco iniciar um novo ciclo de mudança. A este Governo falta diálogo, capacidade administrativa e, principalmente, liderança.
Hoje a sociedade cobra coragem nas posições políticas. Nós temos essa coragem e fazemos política por convicção. Não concordamos com a prática do poder pelo poder e nem aceitamos um governo que seja refém da barganha.
Que se submete a trocar cargos por apoio eleitoral e ainda interfere na vida orgânica de alguns partidos.
O nosso grupo faz parte de uma geração de políticos que tem compromisso com a verdadeira mudança. Sabemos o exato tamanho que temos e como podemos contribuir para um novo Pernambuco.
Queremos um Estado em que as pessoas se sintam protegidas e amparadas. Por vezes, fomos a público alertar sobre os problemas que vêm se acumulando e que este Governo não demonstra mais qualquer capacidade para resolvê-los.
Nos últimos três anos e meio procuramos colaborar da melhor forma possível com o Governo do Estado, mas, diante do que foi exposto, o nosso grupo político optou por tomar um novo caminho nas eleições deste ano em Pernambuco.
Anderson Ferreira, prefeito de Jaboatão dos Guararapes
André Ferreira, deputado estadualiza e presidente regional do PSC

Mesmo após ataque da mídia, vem aí a CPI das Delações que vai investigar a corrupção de Moro e da Lava Jato


Numa reviravolta dupla e pressionados pela imprensa tradicional, deputados da base do golpe tentaram retirar as assinaturas de apoio à CPI da Máfia das Delações, mas o regimento da câmara impediu procedimento tão simples. Eles foram, então, obrigados a protocolar outro requerimento, para impedir a instalação da CPI, mas não conseguiram assinaturas.
“Mesmo após um esforço concentrado, deputados não conseguiram o número necessário de assinaturas para impedir a instalação da Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) com foco na Operação Lava Jato. Eles, no entanto, protocolaram um requerimento na Câmara com esse pedido. Após a repercussão negativa e da pressão de integrantes de juízes e procuradores, deputados voltaram atrás e decidiram retirar o apoio para a criação da CPI proposta pelo PT e que tem como objetivo investigar denúncias de irregularidades relacionadas a delações premiadas fechadas no âmbito da investigação.
Pelo regimento da Casa, no entanto, os deputados não poderiam simplesmente retirar as assinaturas, era necessário apresentar um novo requerimento, assinado por metade mais um dos deputados que haviam endossado o pedido anterior, o que dava 96 assinaturas. A coleta para o novo requerimento foi comandada pelo deputado Júlio Delgado (PSB-MG). Segundo a assessoria do parlamentar, até a tarde desta quarta-feira, 20, cerca de 90 deputados haviam assinado o documento, mas, mesmo assim, a peça foi protocolada para "marcar posição".

Na tribuna, Silvio comenta aliança e defende candidatura de Marília

Deputado Sílvio Costa (Avante)
Um dia após anunciar aliança com a vereadora do Recife Marília Arraes (PT) para a formação de chapa nas eleições de 2018, o deputado federal Silvio Costa (Avante), pré-candidato ao Senado, subiu à tribuna da Câmara Federal para discursar sobre o assunto. Na sua fala, o parlamentar afirmou que vai esperar o tempo político do PT, mas fez um apelo “aos companheiros do PT” para que se faça uma reflexão acerca da candidatura de Marília.

“Tive o privilégio de ser convidado para disputar o Senado Federal por Pernambuco pela neta de Miguel Arraes de Alencar Marília Arraes”, disse Silvio Costa.

“Eu sei que a vereadora Marília Arraes é pré-candidata do PT. Eu não quero, evidentemente, nem tenho o direito de interferir em assuntos internos do PT. Eu sei que existe uma corrente que nacionalmente defende uma aliança com o PSB. Outra corrente defende a candidatura própria em Pernambuco”, discursou.

O deputado federal reforça que não considera legítimo e que não vai entrar em assuntos internos do PT, mas afirma que tem o sonho de ver Marília Arraes, “que está empatada nas pesquisas”. Em seguida, pede que os petistas façam uma reflexão sobre a candidatura, declara que o PT não lhe deve nada e que, quando defendeu a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) durante o processo de impeachment, “estava defendendo ali a democracia”. Confira a íntegra do discurso de Silvio Costa: 

Teresa Leitão critica postura de Dilson Peixoto e Oscar Barreto


Teresa Leitão
Após ser acusada pelo dirigente petista Dilson Peixoto de participar de “um ato deliberado para justificar o abraço dos afogados”, ao estar presente no evento que anunciou a parceria entre Marília Arraes (PT) e Silvio Costa (Avante), a buscam a aliança com o PSB. Ressaltou que Dilson já chegou a pedir a expulsão do vice-presidente estadual do partido, Oscar Barreto, que também tem feito fortes críticas à movimentação de Marília. Além disso, lembrou que Silvio Costa nem sempre defendeu a candidatura própria petista e foi levado, inclusive, para uma plenária interna da sigla, por este mesmo grupo, para defender o adiamento da decisão.

Essas duas pessoas do PT já tiveram em lados bem opostos. Dilson Peixoto chegou a pedir a expulsão de Oscar Barreto depois da eleição, acho que de 2012, por ele ter apoiado Geraldo Julio e não Humberto Costa. Eu e Bruno Ribeiro, em comum acordo, não botamos o processo adiante. Essas duas pessoas são muito pródigas na figura de linguagem”, alfinetou Teresa Leitão.

Polêmica
Ao se referir à figura de Silvio Costa, colocou que ele é, de fato, um personagem polêmico e, neste momento, resgatou um episódio em que ele foi a uma plenária do partido, no ano passado, pedir “calma”. “Silvio é tão polêmico que já foi levado para uma reunião plenária interna do PT por esse mesmo grupo. Na época, não apoiava a pré-candidatura de Marília. Foi dada a palavra a ele, para pedir ao PT que tivesse mais calma. Que não decidisse logo (...) Ele achava que Marília não era um bom nome. Veja como as coisas mudam de acordo com a conveniência do seu olhar. Não vou dizer que ele não é polêmico”, disse. Blog da Folha/PE

Estudo aponta assédio moral e terror psicológico na PF


Relatório foi feito por psicólogas da UnB há três anos e permaneceu em sigilo até agora
Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo
O Sindipol-DF (Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal) reencaminhou um relatório alarmante à diretoria-geral da PF. Segundo pesquisa feita por psicólogas da Unb (Universidade de Brasília), 83% dos agentes entrevistados se sentem desvalorizados no trabalho, 74% se sentem indignados, 39%, inúteis, 46% têm “emoções de raiva” e 18%, de “medo”.
O trabalho mostra que “alguns sujeitos verbalizaram o desejo de ‘matar delegados’”. E conclui: “Todos os dados apontam para a existência de assédio moral e terror psicológico” na instituição.
O relatório ficou pronto há três anos. Foi encaminhado pela primeira vez às autoridades e permaneceu em sigilo até agora. De acordo com Flávio Werneck, presidente do Sindipol-DF, a entidade decidiu voltar à carga e levantar o sigilo porque a situação não se resolveu.
 “As próprias psicólogas nos orientaram a divulgar os dados, para evitar uma tragédia”, diz. Segundo Werneck, as profissionais chegam a atender 30 policiais por semana.
Questionada, a Polícia Federal não se manifestou até o fechamento desta edição.

2025: metade das estradas brasileiras intransitáveis


A partir de 2025, mais de 50% das estradas brasileiras vão estar em péssimas ou inaceitáveis condições de conforto e conveniência
É o que  afirma um estudo da Plataforma de Infraestrutura em Logística de Transportes da escola de negócios Fundação Dom Cabral. 
Segundo Paulo Resende, professor de logística da fundação, “continuaremos um país sobre rodas se não houver um plano ousado para não só ampliar as qualidades das rodovias, como o potencial das ferrovias, portos e dutos”.
O estudo será lançado nesta quinta (21).  (Mônica Bergamo - Folha de S.Paulo) Postado por Magno Martins 

Governador mantém o PP no comando de Noronha

Resultado de imagem para EDUARDO DA FONTE
Governador segue a reforma do secretariado visando fortalecer apoios para eleições, trocando o comando da ilha entre dois integrantes do mesmo partido

Do Diario de Pernambuco - Rosália Rangel
A administração de Fernando de Noronha volta a mudar de comando. Depois de passar seis meses no cargo, o atual administrador Plínio Pimentel será substituído pelo advogado Guilherme Rocha, de 28 anos. O anúncio deverá ocorrer até amanhã, data prevista para o governador Paulo Câmara (PSB) concluir a reforma no secretariado. Apesar da mudança, o comando da ilha vai continuar na cota do PP.
Guilherme Rocha  é filiado ao partido e, segundo informações de bastidores, foi indicado para o cargo pelo ex-secretário da Casa Civil Antônio Figueira, de quem foi chefe de gabinete no período de janeiro de 2015 a agosto de 2016. Atualmente, Figueira comanda a assessoria especial do governador.
Para assumir a direção do arquipélago de Fernando de Noronha, Guilherme Rocha deixará a Secretaria Executiva de Recursos Hídricos, cargo que assumiu em janeiro deste ano, por indicação do deputado federal e presidente estadual do PP, Eduardo da Fonte. A aproximação dele com o dirigente partidário ocorreu na época em que estava na Casa Civil e, a partir daí, passou a atuar como uma espécie de elo entre o PP e o PSB.

Deputado André de Paula indica seu irmão Ricardo de Paula para cargo no governo Temer


Resultado de imagem para TEMER
Resultado de imagem para ANDRÉ DE PAULAO deputado federal André de Paula (PSD), indicou o seu irmão Ricardo Moura Alves de Paula para um cargo comissionado no governo federal, revelam fontes sob reserva. Ricardo de Paula foi nomeado nesta segunda-feira, dia 18, como assistente executivo da Administração Central, na Superintendência de Trens Urbanos do Recife, ligada à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).


O PSD, no estado (PE) é presidido por André de Paula e faz parte da base de apoio ao governo de Michel Temer (MDB), e possui o Comando do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, com o Ministro Gilberto Kassab - presidente Nacional do PSD.

A legenda possui ainda o comando dos correios, ligado a pasta gerida por Kassab, licenciado da presidência do referido partido. Confira a nomeação, abaixo...

COMO VOTARAM OS DEPUTADOS FEDERAIS DE PERNAMBUCO

Resultado de imagem para André de Paula em audiencia com o presidente temer

“Marília será nossa governadora”, diz Aluísio em reunião realizada em sua casa

Na noite de ontem, o pré-candidato a deputado estadual, Aluísio Coelho (PSC), recebeu em sua casa a pré-candidata ao governo de Pernambuco, Marília Arraes (PT). Ele convidou amigos e correligionários para receber a líder petista, lideranças de Ipubi, Bodocó, Exu, Ouricuri, prefeito de Granito, João Bosco.
O médico Aluísio falou do projeto de disputar uma vaga como deputada estadual e que sente a necessidade do povo em ter alguém como representante na região do Araripe. Ao mesmo tempo em que declarou o seu apoio a pré-candidata ao governo Marília Arraes. – “Marília representa tudo aquilo que pregamos em nosso projeto de renovação na política, assim como eu ela sente que precisamos dar novos rumos no jeito de se fazer política, o povo precisa de pessoas determinadas em fazer mudanças de verdade”, disse Aluísio.
Depois da reunião na casa do médico Aluísio Coelho, Marília foi ao pátio de eventos acompanhar a abertura do São João de Araripina, onde se reunião com alguns militantes do PT em Araripina e também com o pré-candidato a deputado federal Nunes Rafael.Araipina em Foco/Damião Sousa/Política/Foto: Arthur Marrocos

MARÍLIA ARRAES PRESTIGIA O PRIMEIRO DIA DO TRADICIONAL SÃO JOÃO DE ARARIPINA

A pré-candidata ao governo de Pernambuco, Marília Arraes (PT) esteve em Araripina, Sertão do Araripe, prestigiando o primeiro dia do tradicional São João da cidade.

Na oportunidade, ela encontrou com o petista de longas datas, Belarmino Jânio, figura ilustre bastante respeitada na cidade por sua coerência política em defesa das políticas públicas e justiça social. Além disso, é sobrinho de Miguel de Belo, um dos fundadores do PT de Araripina. Ambos, fechados com Marília.
Antes de ir para a praça de eventos de Araripina, Marília ainda se reuniu com várias lideranças políticas como o presidente do PT de Araripina, Francisco Delmar, e o prefeito de Granito, João Bosco, além de Aluísio Coelho, médico e pré-candidato a Deputado Estadual, com Davi Moreira, presidente da Câmara de Vereadores de Exu, com o vereador de Ouricuri, Everaldo Valério, com Lamarth Piancó, pré-candidato a deputado estadual por Trindade, com Wilson Filho, liderança política de Ipubi, e com Nunes Rafael, pré-candidato a deputado federal.  

Depois de Araripina, a neta de Miguel Arraes, continua nesta quarta-feira cumprindo uma intensa agenda política no Sertão. DA REDAÇÃO

ESTADÃO DISSEMINA FAKE NEWS CONTRA CPI DAS DELAÇÕES


Em reportagem nesta quarta-feira, 20, o jornal O Estado de S. Paulo, um dos mais conservadores entre os que apoiaram o golpe, trata a tentativa de se investigar o submundo das delações premiadas como CPI da Lava Jato, com a intenção de associar a ideia de que o PT, autor do pedido, estaria disposto a inviabilizar a operação; a ironia é que o ponto de partida da CPI, que já recebeu mais de 180 assinaturas favoráveis, foi uma notícia do próprio Estadão, na qual o doleiro Cláudio de Souza revelou ter pago US$ 50 mil por mês ao advogado curitibano Antonio Figueiredo Basto em troca de proteção. https://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/359035/Estad%C3%A3o-dissemina-fake-news-contra-CPI-das-Dela%C3%A7%C3%B5es.htm

Internauta Repórter: operação tapa buracos na PE 275 não avançou nem cem metros



Caro amigo Nill Júnior,
É com grande revolta que venho lhe falar sobre a rodovia que liga Teixeira, na Paraíba, a Sertânia, a PE 275. Esta rodovia é importante artéria no nosso Estado na ligação econômica entre os dois estados.
Fiquei feliz em ver que estavam ontem, dia 18, iniciando a operação tapa buracos num grande trecho que está em situação deplorável, totalmente intrafegável, com carros quebrando e o nossos governantes sem fazer nada.
A prova de que não fazem nada é que a operação tapa buracos só ficou algumas horas. Não cuidou de sequer cem metros. Uma vergonha!
Esperamos que esta notícia chegue aos nossos governantes, torcendo que tenham atenção  com o nosso povo.
Fabiano Góes de Queiroz – Internauta Repórter Publicado em Notícias por Nill Júnior

Armando: é legítimo PT ter candidatura


Senador Armando Monteiro Neto (PTB), pré-candidato ao Governo de Pernambuco
O pré-candidato ao governo de Pernambuco pela frente "Pernambuco Vai Mudar", o senador Armando Monteiro (PTB-PE), disse ter ouvido de Brasília um “ruído” entre os petistas, provocado pela nota da executiva estadual de Pernambuco. Nela, o presidente da sigla no Estado, Bruno Ribeiro, questiona o fato de nunca terem sido discutidas a coligação com o Avante e a candidatura ao Senado do deputado Silvio Costa, que chegou, há algumas semanas, a ter o nome cogitado para ocupar a segunda vaga na chapa da oposição. 

"Do nosso lado, não houve ruído, porque nós não discutimos uma coligação com o Avante em nenhum momento. O Avante nunca esteve na construção da frente que formamos, tanto que não participou de nenhum ato, não subscreve nenhuma das iniciativas ou manifestações que a Frente das Oposições promoveu. Do nosso lado, portanto, não há estranheza”. Quanto à postulação do deputado Silvio Costa, adotou uma postura de reserva: “Silvio tem toda a autonomia e independência para trilhar o caminho que entender mais adequado e, nesse sentido, não me cabe fazer nenhuma apreciação”.

Questionado se uma eventual candidatura de Marília Arraes mudaria o quadro das eleições, Armando evita fazer previsões, afirma que ainda é cedo para dizer algo, mas que há um campo propício às candidaturas de oposição ao governo Paulo Câmara: “O que eu tenho dito é que o PT tem legitimidade para buscar uma candidatura própria, que tenha nesse momento mais identidade com o partido”. O fato é que a vereadora Marília Arraes sempre foi uma crítica mordaz do governo do PSB e, no caso de vir a ser confirmada como candidata do PT, haverá duas candidaturas no campo oposicionista. “A se confirmar essa hipótese, haveria, de um lado, a candidatura do PSB que, ao que parece, teria a possibilidade de contar com o apoio de partidos mais à esquerda como o PCdoB e o PDT; e, de outro lado, a candidatura do PT. Mas, de nossa parte, estamos preparados para qualquer cenário e como venho repetindo, o que se percebe hoje em Pernambuco é um sentimento de mudança, um governo que é largamente desaprovado. Nesse contexto, as candidaturas de oposição tenderão a ocupar um espaço importante”, avalia Armando. Folha/PE

Aliança: presidente do PSB não quer PT, prefere Ciro

A pessoas próximas, o presidente do PSB, Carlos Siqueira, deixou claro que não nutre simpatia por uma aliança com o PT.
Ao contrário. Sinalizou a Carlos Lupi, do PDT, que, se dependesse dele, o partido iria com Ciro Gomes.
Já o  grupo de empresários e banqueiros que recebeu Michel Temer em jantar na sexta (15) decidiu convidar candidatos à Presidência para eventos semelhantes. A iniciativa tem como principal motor o medo de que o eleito promova um cavalo de pau na economia, revertendo medidas caras à elite, como a reforma trabalhista. Eles também querem entender a proposta dos presidenciáveis para a Previdência. Os primeiros convites devem ser feitos a Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede).(Daniela Lima - Folha Painel)

Marília Arraes: Jarbas agora está elogiando o PT

Trecho de reportagem de Aline Moura, no DIARIO desta quarta-feira
[...]
A petista (Marília Arraes) ainda fez críticas ao deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB), a quem acusou de fazer alianças por conveniência desde 1994. Jarbas apoiou a eleição de Gustavo Krause (então PFL) ao governo pernambucano em 1994 contra Miguel Arraes (PSB). Em 1998, Jarbas derrotou Arraes com o apoio do então PFL e virou adversário de Eduardo Campos.
“Se você observar a trajetória de 20 anos para cá, ele tem se comportado de acordo com a conveniência. Uma pessoa que lutou contra a ditadura, se uniu com a direita simplesmente para ganhar a eleição para o governo do estado. Depois, quando estava em baixa, se aliou de volta ao PSB, o qual combatia arduamente. Agora, já está elogiando o PT”, atacou.

Em São Paulo, rejeição a Temer cresce e bate 90%



O presidente Michel Temer (MDB) deve mesmo deixar o governo com recordes de rejeição. Em São Paulo, um levantamento do Instituto Paraná mostra que o presidente é desaprovado por 90% da população. Segundona Radar Online, em fevereiro, a parcela que não chancelava sua administração era de “apenas” 81,7%.
Sua aprovação é de apenas 7,1% entre os paulistas. No começo do ano, patamar era mais que o dobro: 15,3%.
A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR- 09235/2018. blog do magno

Libelo petebista


Coube a Álvaro Porto (PTB), ontem, na Alepe, desferir o mais duro ataque de que se tem notícia até agora contra a eventual aliança de Jarbas (MDB) com Humberto Costa (PT) visando à candidatura de ambos ao Senado em aliança com o PSB. Em 2010, como prefeito de Canhotinho, Álvaro deu a vitória a Jarbas em sua cidade quando o deputado disputou o governo contra Eduardo Campos. Foi o único município em que o emedebista venceu.
Isolamento – Dava pena ontem, na sessão do Senado, o isolamento em que se encontrava o senador José Agripino (DM-RN). Depois que ele se tornou réu no STF, por corrupção, virou uma espécie de leproso. Para quem se apresentava como “paladino da ética”, é uma tortura.
Na reserva – Antes de assumir a Secretaria do Turismo, Márcio Steffani passou pelas pastas da Fazenda e do Planejamento. É um bom aprendizado para quem tem projeto eleitoral, que não seria propriamente o caso dele, servidor do BNDES. Mas, se tiver, está no caminho certo.
Fake news – É louvável a intenção do TRE-PE de instaurar uma central para receber denúncias sobre “fake news” (notícias falsas) no período eleitoral. Só não se sabe como isto será feito porque a internet é território sem dono. Bush II, como presidente dos EUA, invadiu o Iraque alegando que o país tinha armas químicas. Era mentira (fake news). E ficou tudo por isso mesmo. Por Inaldo

"Quanto mais o PT bota terra na candidatura da vereadora Marília Arraes, mais ela se fortalece junto às bases do partido"


Coluna Fogo Cruzado – 20 de junho de 2018
As direções regional e nacional do PT querem mesmo é a volta do partido à Frente Popular
Atribui-se ao deputado Sílvio Costa, craque na criação de “factóides”, a ideia de fazer uma coletiva de imprensa num hotel de Boa Viagem, na manhã de ontem, para anunciar a candidatura dele ao Senado na chapa em que Marília Arraes figuraria como candidata ao governo estadual. O deputado e a vereadora lançaram-se candidatos há cerca de seis meses, mas até então permaneciam no isolamento. Ele isolado no Avante e ela no Partido dos Trabalhadores. Esse, aliás, era um dos motivos alegados pela direção nacional do PT para não avalizar a candidatura dela. Daí a ideia de Sílvio Costa de convocar essa coletiva para que ambos anunciassem a celebração da aliança, que dificilmente prosperará porque as direções regional e nacional do PT não têm interesse na candidatura da vereadora. Querem é uma aliança com o PSB por pragmatismo eleitoral. O PT apoiaria a reeleição do governador Paulo Câmara e em troca indicaria o senador Humberto Costa para concorrer à reeleição na chapa da Frente Popular. O evento de ontem acabou não sendo bom para Marília porque logo após o anúncio da aliança o PT regional divulgou uma nota desautorizando a candidatura dela e também a aliança com o Avante. Em todo caso, quanto mais o PT bota terra na candidatura da vereadora, mais ela se fortalece junto às bases do partido.

Bom dia 247 (20/6/18) – Gleisi absolvida. Agora, falta Lula

Paulistana torturada na ditadura acredita que pai foi agente da CIA

: <p>geisel figueiredo</p>

Em mensagem enviada à Comissão da Verdade, a brasileira Karen Keilt relata o brutal sofrimento de que foi vítima em uma invasão à sua casa no ano de 1976, na cidade de São Paulo; depois de ler os relatórios recém divulgados sobre os governos Geisel e Figueiredo, Karen acredita que seu pai, Frederic Birchal Raborg, trabalhou para a CIA. https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/359008/Paulistana-torturada-na-ditadura-acredita-que-pai-foi-agente-da-CIA.htm

Delação premiada não é prova

: <p>Wadih Damous </p>

O advogado e ex-presidente da OAB Wadih Damous deixou entender em seu Tuitter que a decisão do Supremo Tribunal Federal com relação ao processo de Gleisi Hoffmann demarca uma verdade insofismável; a de que delação premiada não é prova; Damous sobe o tom para falar dos entusiastas da Lava Jato: "aprenda de uma vez por todas os lavajateiros fascistas". BR 247