segunda-feira, 20 de outubro de 2014

CNT/MDA: Dilma tem 50,5%; Aécio, 49,5%

PUBLICADO POR BRANCA ALVES, EM 20.10.2014


(Fotos: Divulgação)
A primeira pesquisa encomendada pela CNT junto ao Instituto MDA neste segundo turno mostra empate técnico entre os presidenciáveis, como foi diagnosticado nas mostras do Datafolha e Ibope da última semana, mas com a presidente Dilma Rousseff (PT) numericamente à frente do candidato do PSDB, Aécio Neves. Dilma registrou 50,5% dos votos válidos, contra 49,5% do tucano.
Se contabilizados os votos gerais, com brancos e nulos, Dilma tem 45,5% das intenções de voto, ante 44,5% a Aécio Neves.
O instituto realizou 2.002 entrevistas em 137 municípios de 25 Estados nos dias 18 e 19 de outubro. A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos percentuais.

domingo, 19 de outubro de 2014

Força da militância do PT

blog do Magno Martins

Coordenador da campanha de Dilma em Pernambuco, o senador Humberto Costa (PT) aposta no ato que o partido fará, amanhã, no Recife, pela reeleição da presidenta. “A nossa militância vai às ruas numa grande mobilização. O Brasil não pode retroceder”, diz ele, sobre a possibilidade de Aécio ganhar a eleição.

Imagens da Festa tradicional de Nossa Senhora do Rosário - padroeira de Feira-Nova -Orobó - 18-10-2014.








Lula à The Economist: ''Revista de exploradores''


Edição 247/Fotos: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula/ Reprodução/Orlando Brito Coligação Muda Brasil:
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva bateu firme na revista britânica 'The Economist' por ter publicado, na edição desta semana, uma matéria apoiando a candidatura presidencial de Aécio Neves (PSDB), adversário da presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff. 'Se não me bastasse a imprensa brasileira, vem a The Economist nesta semana. É um nome chique, não? Essa revista é a mais importante do sistema financeiro internacional, dos bancos, dos achacadores que dizem que são de investidores, mas que são exploradores. Pois bem. Qual é a resposta que temos que dar? Que o Aécio é candidato dos banqueiros, ótimo. A Dilma é candidata do povo brasileiro', disparou durante um ato de campanha em Belo Horizonte (MG), neste sábado (18).
Lula também afirmou que a conta da crise não 'será jogada por Dilma no bolso do trabalhador' e que 'não vai ter banqueiro brasileiro ou estrangeiro dizendo em quem a gente vai votar. 'A Dilma não vai jogar essa crise no bolso do trabalhador. Se os banqueiros criaram a crise, eles que resolvam. Não vai ter banqueiro brasileiro ou estrangeiro dizendo em quem a gente vai votar. Brasileiro não é gado que anda perdido, nós pensamos e tomamos decisão. Porque tanto ódio da Dilma, do militante do PT?', questionou. Segundo ele, 'tá cheio de gente com preconceito contra a Bolsa Família'.
Lula relembrou as conquistas econômicas e sociais dos últimos anos e voltou a destacar o acesso da população mais pobre aos bens de consumo. 'Pobre não quer mais churrasquinho de gato, quer filé. Tudo bem que precisa de mais vaca, mas boi, para a carne chegar ao brasileiro e ao exterior. A gente não quer mais pé de frango, queremos peito de frango, coxa de frango', assegurou.

Dilma e Aécio: cara a cara pela terceira vez

Dilma e Aécio sobem tom de acusações no segundo debate do 2º turno | Foto: Nelson Almeida/AFP/CP
Na noite deste domingo, os brasileiros terão mais uma oportunidade de comparar as propostas dos candidatos à Presidência, Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), que disputa a reeleição. A partir das 21h15 (horário de Pernambuco), a TV Clube/Record transmite o terceiro debate entre os presidenciáveis neste segundo turno. O formato do programa foi planejado de forma que os dois tenham o maior tempo possível para expor suas ideias.

O formato do programa terá quatro blocos, todos com confronto direto. Não haverá sorteio de perguntas ou perguntas realizadas por jornalistas. Ao todo, cada candidato fará sete perguntas para o adversário, sendo quatro no primeiro bloco, dois no segundo e uma no terceiro. O quarto bloco será reservado para as considerações finais de cada um.

Os postulantes terão 45 segundos para fazer os questionamentos. A resposta deve ser dada em até dois minutos. O tempo máximo para a réplica e a tréplica será de um minuto. Já nas considerações finais, Dilma e Aécio terão dois minutos para passarem suas mensagens aos eleitores. No estúdio, estarão presentes, além dos candidatos, os jornalistas da TV Clube/Record, Adriana Araújo e Celso Freitas, que mediarão o confronto. Cada equipe de campanha poderá levar 40 representantes.

Diante de um cenário eleitoral apertado, segundo as últimas pesquisas divulgadas, os debates são oportunidades para os adversários conquistarem os eleitores que ainda estão indecisos. De acordo com o cientista político da Universidade de Brasília (UNB), Leonardo Barreto, o eleitorado que pode mudar de voto pode ser muito maior que os levantamentos apresentam.(Do Correio Braziliense)

Bolívia: resultado final confirma vitória de Morales

 
O presidente da Bolívia, Evo Morales, conseguiu a vitória com 61% dos votos (apuração oficial) nas eleições presidenciais do último domingo na Bolívia, segundo a apuração oficial, entregue neste sábado (18), pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Morales, que teve uma vantagem de 37 pontos sobre o segundo colocado, garantiu um novo mandato de cinco anos, entre 2015 e 2020.
O candidato opositor centrista, o empresário Samuel Doria Medina, obteve 24% dos votos. (Do Portal Terra)

“O professor está sempre errado”…

48566

Quando…
É jovem, não tem experiência.
É velho, está superado.
Não tem automóvel, é um coitado.
Tem automóvel, chora de “barriga cheia”.
Fala em voz alta, vive gritando.
Fala em tom normal, ninguém escuta.

Não falta às aulas, é um “Caxias”.
Precisa faltar, é “turista”
Conversa com outros professores, está “malhando” os alunos.
Não conversa, é um desligado.
Dá muita matéria, não tem dó dos alunos.
Dá pouca matéria, não prepara os alunos.

Brinca com a turma, é metido a engraçado.
Não brinca com a turma, é um chato.
Chama à atenção, é um grosso.
Não chama à atenção, não sabe se impor.

A prova é longa, não dá tempo.
A prova é curta, tira as chances dos alunos.
Escreve muito, não explica.
Explica muito, o caderno não tem nada.

Fala corretamente, ninguém entende.
Fala a “língua” do aluno, não tem vocabulário.
Exige, é rude.
Elogia, é debochado.

O aluno é reprovado, é perseguição.
O aluno é aprovado, “deu mole”.

É, o professor está sempre errado mas,
se você conseguiu ler até aqui, agradeça a ele!

Liturgia Católica

Vela-virtual-11

DIA 19 DE OUTUBRO – DOMINGO

XXIX DOMINGO DO TEMPO COMUM 
(VERDE, GLÓRIA, CREIO – I SEMANA DO SALTÉRIO)

Antífona da entrada: Clamo por vós, meu Deus, porque me atendestes; inclinai vosso ouvido e escutai-me. Guardai-me como a pupila dos olhos, à sombra das vossas asas abrigai-me (Sl 16,6.8).

Oração do dia

Deus eterno e todo-poderoso, dai-nos a graça de estar sempre ao vosso dispor e vos servir de todo o coração. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Isaías 45,1.4-6)

Leitura do livro do profeta Isaías.
45 1 Eis o que diz o Senhor a Ciro, seu ungido, que ele levou pela mão para derrubar as nações diante dele, para desatar o cinto dos reis, para abrir-lhe as portas, a fim de que nenhuma lhe fique fechada:
4 “É por amor de meu servo, Jacó, e de Israel que escolhi, que te chamei pelo teu nome, com títulos de honra, se bem que não me conhecesses.
5 Eu sou o Senhor, sem rival, não existe outro Deus além de mim. Eu te cingi, quando ainda não me conhecias,
6 a fim de que se saiba, do levante ao poente, que nada há fora de mim. Eu sou o Senhor, sem rival”;
Palavra do Senhor.

Salmo responsorial 95/96

Ó família das nações, daí ao Senhor poder e glória!
Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira!
Manifestai a sua glória entre as nações
e, entre os povos do universo, seus prodígios!
Pois Deus é grande e muito digno de louvor,
é mais terrível e maior que os outros deuses,
porque um nada são os deuses dos pagãos.
Foi o Senhor e nosso Deus quem fez os céus.
Ó família das nações, ai ao Senhor,
ó nações, daí ao Senhor poder e glória,
dai-lhe a glória que é devida ao seu nome!
Oferecei um sacrifício nos seus átrios.
Adorai-o no esplendor da santidade,
terra inteira, estremecei diante dele!
Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!”,
pois os povos ele julga com justiça.

Leitura (1 Tessalonicenses 1,1-5)

Leitura da carta de são Paulo aos Tessalonicenses.
1 1 Paulo, Silvano e Timóteo à igreja dos tessalonicenses, reunida em Deus Pai e no Senhor Jesus Cristo. A vós, graça e paz! 
2 Não cessamos de dar graças a Deus por todos vós, e de lembrar-vos em nossas orações.
3 Com efeito, diante de Deus, nosso Pai, pensamos continuamente nas obras da vossa fé, nos sacrifícios da vossa caridade e na firmeza da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, sob o olhar de Deus, nosso Pai.
4 Sabemos, irmãos amados de Deus, que sois eleitos.
5 O nosso Evangelho vos foi pregado não somente por palavra, mas também com poder, com o Espírito Santo e com plena convicção. Sabeis o que temos sido entre vós para a vossa salvação.
Palavra do Senhor.

Evangelho (Mateus 22,15-21)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Como astros no mundo, vós resplandeçais, mensagem de vida ao mundo anunciando; da vida a palavra, com fé, proclameis, quais astros luzentes no mundo brilheis (Fl 2,15s)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
Naquele tempo, 22 15 reuniram-se então os fariseus para deliberar entre si sobre a maneira de surpreender Jesus nas suas próprias palavras.
16 Enviaram seus discípulos com os herodianos, que lhe disseram: “Mestre, sabemos que és verdadeiro e ensinas o caminho de Deus em toda a verdade, sem te preocupares com ninguém, porque não olhas para a aparência dos homens.
17 Dize-nos, pois, o que te parece: É permitido ou não pagar o imposto a César?”
18 Jesus, percebendo a sua malícia, respondeu: “Por que me tentais, hipócritas?
19 Mostrai-me a moeda com que se paga o imposto!” Apresentaram-lhe um denário.
20 Perguntou Jesus: ´De quem é esta imagem e esta inscrição?”
21 “De César”, responderam-lhe. Disse-lhes então Jesus: “Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”.
Palavra da Salvação.

Dom Total

sábado, 18 de outubro de 2014

Lula dispara críticas a Aécio Neves e FHC

PUBLICADO POR ALEX RIBEIRO


Neste sábado, 18, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começou seu discurso em um evento no bairro de Santa Tereza, Belo Horizonte, com milhares de visitantes agradecendo aos mineiros que elegeram em primeiro turno o candidato petista ao governo do Estado. A escolha de Fernando Pimentel representou a estreia do partido à frente do Palácio Tiradentes. Lula agradeceu também pelo fato de a presidente da República e candidata à reeleição, Dilma Rousseff, ter sido a mais votada no Estado, reduto tucano, no primeiro turno, à frente do candidato do PSDB, Aécio Neves.
Em seguida, o ex-presidente, muito aplaudido e interrompido várias vezes por gritos como “olê, olê, olá, Lula, Lula” e “Lula guerreiro, do povo brasileiro”, citou os ex-presidentes Itamar Franco (PMDB) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB). “O Itamar Franco, quando presidente, fez de FHC, até então senador, Ministro das Relações Exteriores, depois da Fazenda e depois presidente. E Itamar voltou para Minas para ser governador do Estado. O FHC fez Itamar terminar seu mandato a pão de água no Estado. Não tinha nem recurso para pagar salário. É só um lembrete”, disse.
Ele comentou que enquanto foi presidente e também na gestão Dilma, “nunca faltou recursos para Minas Gerais”. “Então temos quase obrigação de eleger a Dilma no segundo turno”, ressaltou, emendando que teria que ter cuidado com as palavras, porque o “moço (Aécio) é vingativo”. “Mas vou dizer: não conheço em uma vez na história, momento no qual os professores foram tão perseguidos em Minas como foram no governo dele”.
O petista questionou também – e em tom de brincadeira se dirigiu a Pimentel, dizendo que como ele já foi ‘aliado’ de Aécio, poderia responder – “se alguém lembrava” de Aécio fazendo reunião com catadores de papel. “Se alguém tiver uma foto, me mostre. Pimentel, precisamos de duas cosias para governar uma cidade, Estado e Brasil: de um pouco de dinheiro e muita relação com o povo. Nesse último caso, tudo será mais fácil, compreendido, e menos sofrível”, disse.
(fonte: Estadão Conteudo)

Professores de Moreno denunciam más condições de escolas

Do Portal Folha PE
Na semana em que se comemora o Dia Nacional do Professor, que ocorreu na última quarta-feira (15), os servidores da rede de ensino da cidade do Moreno, na Região Metropolitana do Recife (RMR), continuam de braços cruzados e cobrando a garantia de seus direito no grito.
Foi desta forma que a categoria, por intermédio do Sindicato dos Profissionais em Educação do Moreno (Sinpremo), realizou neste sábado (18) mais uma manifestação em prol de suas reivindicações, que incluem melhores condições de trabalho e a garantia de que gratificações retiradas do salário da classe sejam restabelecidas.
Ao contrário da noite da última sexta-feira (17), quando um protesto dos profissionais deixou o clima de tensão na sede da gestão municipal, o clima foi tranquilo às 9h deste sábado, quando um grupo de 120 manifestantes se reuniu na Praça da Bandeira, no Centro de Moreno, e saíram em caminhada pelas ruas da região com o intuito de conscientizar a população sobre a greve. O ato terminou por volta das 12h30.
A categoria terá um encontro na próxima segunda-feira (20), em frente ao imóvel denominado de “Casarão”, onde serão realizadas as negociações entre as partes. “Estamos com uma boa expectativa em busca dos nossos direitos, mas, salientando que não queremos prejudicar os alunos da rede municipal, e sim, queremos de volta o que a prefeitura quer nos tomar”, destacou a vice-presidente do Sinpremo, Josineide Oliveira.
Reivindicações
As principais reclamações da categoria são em relação a decreto publicado no Diário Oficial do município na última quinta (16), que corta benefícios dos profissionais. No documento, a Prefeitura determina a retirada do quinquênio, benefícios para os cargos de supervisão e coordenação, além do valor acrescido ao salário para quem trabalha em regiões de difícil acesso. Também foi cortado o benefício do vale-transporte dos professores, que equivale a 25% do piso salarial da categoria, que atualmente gira em torno de R$ 1,6 mil.

PT intensifica campanha de Dilma em Pernambuco a uma semana do segundo turno

 POR  
Lula e Dilma em Pernambuco no primeiro turno da campanha presidencial. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC ImagemA uma semana do segundo turno das eleições presidenciais, o PT está intensificando a campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) em Pernambuco neste final de semana; às vésperas da vinda da petista e do ex-presidente Lula (PT) ao Estado, marcada para a terça-feira (21).
Neste sábado (18), a militância realiza diversos atos no Recife e em Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Garanhuns, Caruaru e Igarassu. A principal atividade é um ato com movimentos culturais na Praça do Derby, no final da manhã.
No domingo (19), Recife, Olinda e Igarassu voltam a ser foco da militância petista. O grande destaque será uma passeata de apoio a Dilma no Marco Zero, no bairro do Recife.
No primeiro turno, a presidente teve 44,22% dos votos em Pernambuco; menos que os 48,05% da ex-senadora Marina Silva (PSB). Aécio Neves (PSDB) teve apenas 5,92%, mas, no segundo turno, ele ganhou o apoio do PSB local.
Dilma Rousseff venceu no Sertão e no Agreste pernambucano. Marina liderou na Região Metropolitana do Recife (RMR) e da Zona da Mata.
Na terça, ela visita a fábrica da Fiat em Goiana, na Mata Norte, e realiza uma caminhada no Centro do Recife.

Dilma: ''Brasil não se ajoelhará mais diante do FMI''

 A Presidenta Dilma Rousseff participou de evento nesta sexta-feira (17), em Curitiba (PR), ao lado de seu vice, Michel Temer, e do senador Roberto Requião, ambos do PMDB. A Presidenta criticou as propostas do seu adversário na corrida presidencial, o tucano Aécio Neves.Dilma relembrou o período em que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, guru de Aécio, precisou recorrer ao Fundo Monetário Internacional. “Vamos mostrar que o Brasil não quer mais ficar de joelhos diante do FMI”.
A Presidenta confrontou as propostas relacionadas aos bancos públicos (BNDES, Caixa e Banco do Brasil) e questionou a continuidade dos programas sociais, como o Bolsa Família. “Eles (tucanos) dizem que vão continuar o Bolsa Família, mas não fizeram quando puderam”.
Dilma advertiu o povo brasileiro sobre o perigo de uma possível volta do Governo do PSDB. “Nós temos que mostrar pra todo mundo as consequências de o Brasil voltar pra trás. Temos que mostrar o que aconteceu nesse país, com os trabalhadores e estudantes, quando eles (PSDB) governaram”.

O vereador Manuel Mariano: Parabéns para a mais nova professora Fernanda França filha da professora Madalena França

Para o Dia Nascer Feliz! Parabéns Professora Maria Fernanda !

Hoje é um dia muito especial para você. Eu diria para nós.
Deus me deu você e seu irmão para meu dia nascer feliz. A gente canta, a gente dança, a gente "briga", para ter de novo a alegria de sorrir...
Eu sonhei para você o título de doutora e Jesus na sua sabedoria, lhe fez professora. A mestra de todas as profissões. Talvez ele tenha com isso, enviado-me um recado. Teria que ter alguém com o meu DNA para continuar minha Missão.
Hoje eu lhe digo: Parabéns Professora!
"Nós somos os espelhos na vida das crianças". Um dia você ouvirá também, a frase que muito orgulhosa eu escutei ontem: " Quando me olho no espelho, vejo o quanto ela me fez cidadão". E era de mim que eles estavam falando! Isso apaga qualquer dor que a profissão possa trazer.
Você já teve a experiência de um ano de ensino e na sua simplicidade se fez brilhar, tendo um projeto aprovado pela UPE.
Aqui em Orobó por enquanto, não tem um espaço para o seu talento. Mas professor educador encontra espaço em muitos lugares. Sendo um bom mestre, ensina até com o olhar apaixonado pelo saber, pelo fazer, e pela vida. Não demora muito e você estará exercendo a missão que Deus lhe confiou.
Seja um boa transmissora de conhecimentos, uma orientadora na concretização de ideias, uma construtora de pontes que abrem caminhos  para o sucesso, mas seja sobretudo uma formadora de competências e consciência cidadã. Esse é o manual para o sucesso do bom mestre." Não se ensina nada de bom, sem amor. Mas também, não se ama sem os valores humanos e morais que produzem dignidade e cidadania" . As letrar e os números sem moral é nada.  Educar é muito mais que isso.
" Na arte de educar está o amor , o aprender a aprender, o valorizar o outro ser"( Sonho Meu, de Madalena França).

Parabéns minha princesa!
Que as alegrias de hoje, as lágrimas da vitória, da saudade dos amigos, sejam levadas para a luz do amanhã, transformando-as todos os dias, em gotas de Felicidades.


Bjs da sua primeira Professora da escola da vida.

Madalena França.

Hoje (18) tem festa de Nossa Senhora do Rosário em Feira Nova -Orobó


Conheça melhor o irmão de Dilma Rousseff

Conheça Melhor o Irmão da Dilma: Jornal o Globo dia 15/ 2011

BRASÍLIA. À primeira conversa, pelo jeitão sossegado e sotaque carregado, Igor Rousseff, único irmão vivo da presidente Dilma Rousseff, pode parecer um sujeito simplório, um caipira. Nada disso. Meio ácido, meio engraçado, meio desligado das delícias que o poder pode oferecer, o filho mais velho de dona Dilma Jane e do búlgaro Pedro Rousseff tomou rumo diferente e caiu no mundo quando a irmã dava os primeiros passos na clandestinidade e na luta contra a ditadura no Brasil.
Esteve na posse da irmã em Brasília, mas só quem o conhece sabia que ele era irmão da presidente. Não se deixa ser fotografado pela imprensa e não se tem notícia de foto recente dele.
Aos 18 anos, Igor foi "olhar" as coisas no Canadá. Aos 19, estava frente a frente com líderes do movimento beatnik e hippie nos Estados Unidos. De volta ao Brasil, o hoje advogado Igor Rousseff continuou no mundo, longe da família. Em conversa de quase uma hora com O GLOBO, por telefone, disse que não vai ficar "rabeando" e criando constrangimentos para Dilma em Brasília.
Colecionou cursos que começaram com Direito na UnB, depois jornalismo, história, se embrenhou pela aviação, trabalhou em hotelaria e no escritório do recém-eleito deputado Gabriel Guimarães (PT-MG), em Belo Horizonte, fazendo serviços de assessoria jurídica para pequenas empresas.
- Quem não conhece o Igor não fica sabendo nunca por ele que é irmão da presidente da República. Morre de medo de pensarem que ele quer tirar proveito disso - conta o ex-empregador Gabriel Guimarães.
Por um tempo, Igor trabalhou na Prefeitura de Belo Horizonte, levado pelo amigo da família, Fernando Pimentel. No final do governo, foi exonerado juntamente com outras 160 pessoas.
- Ele foi exonerado dentro de uma medida genérica de fim de governo. A maioria dessas pessoas foi recontratada. O Igor nunca pediu para voltar - conta o atual prefeito, Márcio Lacerda.
E agora, com a irmã presidente, Igor afirma que não quer nem saber de trabalhar em seu governo. Ele e Dilma nasceram no mesmo ano, 1947: ele no dia 1 de janeiro, e ela, no dia 14 de dezembro. No ano que vem, ele completa 65 anos e conta os dias para requerer sua aposentadoria do INSS.
- No dia 1 de janeiro do ano que vem sou o primeiro da fila. Dizem que não demora mais de 15 minutos para sair a aposentadoria. Quero ver! Aí vou sumir. Tem 8.500 quilômetros de praia para eu explorar. Quem é rico tem tempo. Tempo não se compra. Ninguém chega no armazém e pede um quilo de tempo. Portanto, eu quero aproveitar o que me resta - planeja Igor Rousseff.
Leia a íntegra na edição digital do GLOBO



Ministério Público aciona MG por fraude no governo Aécio Neves

O Ministério Público de Minas Gerais ajuizou nesta sexta-feira (17) uma ação contra o governo do Estado por suposta fraudes orçamentária nos gastos com saúde durante a gestão do presidenciável tucano Aécio Neves (2003-2010). Assinada por três promotores, a peça pede o ressarcimento aos cofres públicos de cerca de R$ 1,3 bilhão que, segundo a Promotoria, foi 'maquiado' pelo governo Aécio e a estatal de saneamento Copasa para que o Estado atingisse o mínimo constitucional (12% da receita) dos gastos em saúde.
A Promotoria pede o 'ressarcimento ao Fundo Estadual de Saúde do montante computado e não investido'. Ou seja, o Ministério Público afirma que o governo mineiro contabilizou os gastos sem efetivamente realizá-los. É a segunda ação contra o governo mineiro pelo mesmo motivo. O assunto tem sido explorado na campanha presidencial pela rival de Aécio, Dilma Rousseff (PT). Em outra ação que já tramita na Justiça, o Estado é réu por 'maquiar', segundo a ação, cerca de R$ 4,3 bilhões que deveriam ter sido investidos na saúde entre 2003 e 2008. Dilma, na campanha, tem usado o valor de cerca de R$ 7,7 bilhões – montante que inclui os anos de 2010 e 2011

blog do magno Martins

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

LULA CITA CASO DO BAFÔMETRO PARA MOSTRAR CARÁTER DE AÉCIO

14288993

Em discurso na noite desta quarta-feira (15) em Ananindeua, na região metropolitana de Belém, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva partiu para o ataque contra o presidenciável Aécio Neves (PSDB), rival de Dilma Rousseff na corrida ao Planalto. O petista citou a recusa do tucano a um teste do bafômetro, há três anos, para colocar em xeque seu caráter.

‘Vi esses dias no debate da TV um candidato dizendo que seu governo era da decência e da competência. Mas eu pergunto que decência e da competência se, às 3 horas da manhã, ele foi parado em uma rua no Rio de Janeiro e se recusou a soprar um bafômetro para dizer se tinha bebido ou não?. Como uma pessoa se recusa a fazer um teste do bafômetro e diz que vai governar com decência e competência? Palavras são fáceis de dizer. Difícil é ter caráter. E poucas pessoas tem caráter nesse país como a Dilma Rousseff”, afirmou.

Em 2011, ao se recusar a fazer um teste do bafômetro e dirigir com a carteira de habilitação vencida numa madrugada do Rio de Janeiro, Aécio teve o documento apreendido em blitz da Operação Lei Seca.(Da Folha de S.Paulo – André Uzêda)

Para Lula, projeto do PSDB ‘perpetua desigualdades’

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o projeto de governo do PSDB “perpetua as desigualdades sociais e regionais” e frisou que o partido adversário não tem “autoridade” para “apontar o dedo em matéria de combate à corrupção”. Em entrevista ao jornal A Crítica, de Manaus (AM), Lula destacou que a eleição colocou em confronto dois projetos opostos para o País.
“O nosso projeto representa o desenvolvimento com inclusão social. Em nossos governos, nós garantimos a estabilidade econômica em sintonia com o objetivo de melhorar a vida das pessoas”, disse. “O projeto do PSDB significa uma volta ao passado, em que o Brasil era governado por uma pequena elite que só conseguia ver os interesses de uma pequena parcela da população. É um modelo que perpetua as desigualdades sociais e regionais”, comparou.
O ex-presidente admitiu que, no primeiro turno, candidatos adversários tiveram mais votos em algumas cidades governadas pelo PT, mas frisou que o partido e seus aliados venceram em alguns Estados governados pelo PSDB.
Sobre as denúncias de corrupção envolvendo a Petrobras, Lula afirmou que a credibilidade do PT está relacionada à “coragem” de enfrentar a corrupção. “Eu duvido que denúncias como estas que vemos hoje seriam investigadas e expostas na imprensa em um governo do PSDB. Quem viveu aquele tempo se recorda: o procurador-geral da República era conhecido como engavetador-geral. Que autoridade tem essa gente para nos apontar o dedo em matéria de combate à corrupção?”, questionou.
Ao ser indagado sobre o peso do Norte do Brasil na estratégia de reeleição do PT, Lula disse que o PT pensa no País como um todo e que essa é uma “atitude inovadora” do governo federal. “Nossos adversários não pensam assim, mas nós acreditamos que um País só é forte e desenvolvido quando todas as suas regiões são fortes e desenvolvidas”, disse, alfinetando os adversários. Lula chegou ontem (16) a Manaus para fazer campanha pela presidente Dilma Rousseff (PT) e pelo candidato ao governo do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB).
Lula também negou que o PT use uma “tática do medo” e disse ser contra a “tática do ódio que eles estão alimentando hoje”. “Quando eu vejo tantas mentiras que eles contam, as vezes com a ajuda da imprensa, e de preferência às vésperas da eleição… Cada vez me dá mais vontade de militar por esse partido para continuar as mudanças que o Brasil precisa para construirmos um País mais próspero e justo para todos”, afirmou.
(Fonte: Estadão Conteúdo)

Inocêncio pagou para ver e viu

Coluna Fogo Cruzado – 17 de outubro
Por ter-se recusado a apoiar o senador Armando Monteiro para o governo estadual, o prefeito de Caruaru, José Queiroz, foi sumariamente afastado da presidência do PDT pernambucano
Por ter divergido da orientação do PR, que apoia Dilma Rousseff à reeleição, o deputado Inocêncio Oliveira perdeu o comando da legenda em Pernambuco. Ele já havia sido advertido, publicamente, por meio de nota na Folha de São Paulo, de que corria o risco de perder o cargo se declarasse apoio a Aécio Neves. Pagou para ver. E viu. O senador Alfredo Nascimento, presidente nacional do partido, seguindo orientação do Palácio do Planalto, decretou intervenção no diretório estadual e nomeou para comandá-lo o deputado reeleito Anderson Ferreira. Inocêncio não foi a primeira vítima deste jogo bruto por insubordinação partidária. Pelas mesmas razões, ou seja, por ter-se negado a apoiar Armando Monteiro para o governo estadual, o prefeito José Queiroz (Caruaru) foi destituído da direção regional do PDT pelo presidente Carlos Lupi porque PR e o PDT nunca tiveram presidentes, e sim “proprietários”.
À memória do ex-governador
Projeto de autoria de João Fernando Coutinho (PSB) denominando “Complexo Turístico Portuário Eduardo Campos” o conjunto formado pelo Porto do Recife, Terminal de Passageiros, Museu Cais do Sertão e Central de Artesanato já passou na CCJ da Assembleia Legislativa e deve virar lei ainda este ano. Coutinho, deputado federal eleito, era um dos parlamentares mais próximos do ex-governador desde que seu pai, Eduardo Coutinho, elegeu-se prefeito de Água Preta.
Carestia – O ex-deputado Hélio Urquisa (PMDB) pediu a tucanos de Pernambuco que levem esta sugestão para o candidato Aécio Neves (PSDB): usar nos debates e programas de rádio e televisão a palavra “carestia” em vez de inflação. “Carestia”, disse ele, o homem do povo sabe o que é. Ao passo que “inflação” cabe melhor na boca de gente como FHC e Armínio Fraga.
Venda – Do prefeito de São Lourenço, Ettore Labanca (PSB), sobre o apoio de Roberto Amaral a Dilma Rousseff: “Ele queria vender o apoio do nosso partido ao PT, mas nós não deixamos”.
Abraço – Políticos de vários partidos e tendências estiveram ontem no ex-comitê de Gonzaga Patriota (PSB) para cumprimentar Adilson Gomes, 1º secretário do PSB, pelos seus 70 anos.
Crise – Pelo cenário que o secretário Décio Padilha (fazenda) traçou anteontem na Comissão de Finanças da Alepe, não terá mais FEM este ano para as prefeituras, e muito menos em 2015.
Defesa – No acordo de “delação premiada” com o Ministério Público, Paulo Roberto Costa (Petrobras), fez acusações a dois pernambucanos que não estão mais vivos para defender-se: Eduardo Campos e Sérgio Guerra (foto). Se as provas não aparecerem, vai pagar caro por isto.
Agressão – Orientado por marqueteiros, Aécio Neves arquivou a elegância que o caracteriza e tratou Dilma Rousseff, ontem, no debate do SBT, com extrema agressividade, chamando-a várias vezes de “mentirosa”. Deve ter perdido milhares de votos no eleitorado feminino.
Derrota – À frente nas pesquisas, o candidato do PSD ao governo do RN, Robinson Faria, está a um passo de derrotar de uma só vez as duas maiores oligarquias do Estado, “Alves” e “Maia”, que se revezam no poder há 50 anos. O adversário de Faria é o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB), que tem o apoio de 18 partidos e impediu que o PT fizesse parte de sua coligação.
Ipespe – O pernambucano Ipespe fez pesquisa na PB sobre o 2º turno da eleição de governador e, de acordo com seu levantamento, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) está cinco pontos porcentuais à frente do governador Ricardo Coutinho (PSB). No 1º turno, a Justiça Eleitoral chegou a proibir a divulgação de uma pesquisa desse instituto a pedido de um candidato a deputado.

Pimentel rebate Aécio: 'Irmão de Dilma trabalhou'

:
O governador eleito de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), postou um vídeo na internet para defender o irmão da presidente Dilma Rousseff (PT), o advogado Igor Rousseff, que trabalhou na prefeitura de Belo Horizonte, durante a gestão do petista. No debate exibido pelo SBT nesta quinta-feira (16), o tucano Aécio Neves acusou o irmão de Dilma de ser contratado pela prefeitura e não trabalha.
"Informação foi dada hoje de forma leviana e distorcida pelo candidato do PSDB. O advogado Igor Rousseff trabalhou com regularidade e eficiência cumprindo funções junto ao gabinete do prefeito", afirmou Pimentel.  (Portal Minas 247)

DataLupi para Dilma: diferença de 5 milhões de votos

 O dia 27 de agosto, Carlos Lupi tornou-se chacota em uma reunião de presidentes de partido no Alvorada por ser o único a dizer para Dilma Rousseff que o PT enfrentaria Aécio Neves e não Marina Silva no segundo turno. Ninguém levou a sério – a verdade é que, na ocasião, as pesquisas mostravam uma diferença de quase vinte pontos percentuais do tucano para a então segunda colocada.
Agora, diante do palpite correto, Lupi se arvorou o direito de dar mais um palpite:
- Anota aí o DataLupi. Dilma ganhará com 5 milhões de votos de diferença.
Ontem, a propósito, Lupi conversou com Dilma no telefone e repetiu o prognóstico.  (Lauro Jardim - Veja Online)